Sonhos de avô ajuda família a descobrir que criança foi molestada pelo padrasto

Premonição: Sonhos de avô ajudam família a descobrir que criança estava sendo molestada pelo padrasto em Jataí

http://1.bp.blogspot.com/-x6jFIrXs_1E/UIBYvOxszcI/AAAAAAAAJOU/fc5iEatdyqE/s1600/abuso.jpg

O avô de uma garota de 12 anos a algum tempo começou a ter pesadelos, que sua neta estava sendo molestada, e após estes sonhos se intensificarem, ele pediu a sua esposa, a avó da garota, para que a mesma conversasse com a criança e tentasse descobrir se estava acontecendo algo de errado.
Após varias indagações da avó, a garota para a supressa de todos, relatou  que desde os 8 anos de idade, vinha sofrendo abusos sexuais de seu padrasto, um homem de 32 anos de idade.
Há cerca de três semanas atrás, após a família da criança, descobrir que a menina estava sendo molestada, eles  procuraram a delegacia para registrar a ocorrência dos abusos.
A equipe da  Delegada Paula Meotti, titular da DEAM e DEPAI de Jataí, após uma oitiva com a criança, passou a trabalhar intensamente a fim de conseguir instrumentos probatórios  para poder comprovar o abuso, visto que após a criança ser ouvida pela delegada, já sentiam uma veracidade no relato da criança; e os policiais trabalharam para ter diversas provas para pedir o decreto da prisão preventiva do acusado.
Decreto este que foi emitido pelo Juiz Dr. Inácio Pereira de Siqueira.
E na tarde desta terça-feira foi cumprido o decreto de prisão preventiva contra Sebastião Santos Silva  acusado de molestar a sua enteada, ele foi ouvido e confessou o crime e foi encaminhado a cadeia pública de Jataí.

 

 A delegada Paula Meotti em entrevista ao PLANTÃO DE POLICIA JTI, disse que o acusado ameaçava a sua enteada, dizendo que iria matá-la e também a sua mãe se ela contasse os abusos a alguém, o acusado era casado com a mãe da garota que sofreu os abusos, o casal criava seis crianças sendo quatro filhos legítimos do casal e os outros dois enteados do acusado.
A delegada disse também; que a forma com que ele tratava a garota, levantava certas suspeitas, já que ele a presenteava com presentes que não dava as outras crianças, e também tinha um ciúme excessivo pela garota; ao interrogá-lo   o mesmo confessou para delegada de cometido os atos libidinosos contra a garota, e que já tinha receio que alguém descobrisse.
Questionado qual seria a sua reação se alguém fizesse o mesmo com uma de suas filhas legitimas; Sebastião não titubeou disse que mataria quem cometesse tal barbaridade, o que deixa claro que o acusado tem consciência da gravidade do crime que ele cometeu com esta garota.
A delegada Paula Meotti ressaltou que é importante que as famílias fiquem atentas, pois casos como este é mais comum do que se imagina, em jataí só este ano foram mais de dez casos registrados.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)