Os maiores mistérios de Roberto Bolaños, o Chaves

Os maiores mistérios de Roberto Bolaños, o Chaves

 http://2.bp.blogspot.com/-77rEXgtavuw/UJFPsNU-D7I/AAAAAAAABGI/wC4N4V2c-DA/s1600/Chaves.jpg
 
El Chavo Del Ocho (literamente “O garoto do Oito”) foi ao ar pela primeira vez em 1971 na TV TIM ainda como um quadro do programa Chespirito, assim como o Chapolin. Porém o quadro do garoto Chaves começou a fazer um grande sucesso e ganhou horário próprio, seguindo os passos do Chapolin.
 
 

O grande sucesso das atrações da TV TIM atraiu a atenção das grandes emissoras e, no ano de 1973, a maior emissora do país, a Televisa, comprou a TV TIM. Com a mudança de emissora, o programa sofreu uma grande melhora na qualidade técnica.

 
Neste período podemos notar mudanças no cenário, como a nova portaria da vila – que ficara quadrada e bem maior, e também no figurino, como a roupa da Chiquinha – que ficara verde, ao invés de listrada. Também há melhorias técnicas, como melhor iluminação e qualidade de imagem.
 
 
1 – Roberto Bolaños conviveu pouco com seu pai, Francisco Gomez Linares, que morreu quando o seu filho tinha apenas 6 anos. Quando soube que o pai havia morrido, o menino Bolaños não acreditou, e foi para a janela da casa esperar que o pai voltasse. Nunca voltou.
 
2 – Em um documentário exibido pelo Biography Channel , o ator revela que a característica que sempre o marcou foi o medo de tudo.
 
3 – O parente mais conhecido de Roberto Bolaños foi o seu tio, Gustavo Díaz Ordaz Bolaños, ex-presidente do México.
 
4 -Durante anos, quando jovem, Bolaños treinou boxe escondido da mãe. Como boxeador, ele não fez feio, entrou até para o Luvas de Ouro, o campeonato mais importante do boxe amador no seu país.
 
5 – Bolaños chegou a estudar Engenharia, mas viu que não era a dele e se tornou redator publicitário. O trabalho na agência de propaganda fascinou Bolaños e foi lá que ele aprendeu como impactar as pessoas. E assim, ele começou a escrever, primeiro na agência, depois para o rádio e depois para a TV. De redator publicitário, se tornou roteirista.
 
6 – Isso mesmo, Roberto Gómez Bolaños atuou como ator, pela primeira vez, aos 29 anos, isso por que um ator havia faltado e o programa era ao vivo, alguém tinha que fazer o personagem. A partir dali, Bolaños começou a atuar, mas sem nunca deixar de escrever.
 
7- Augustin Delgado, um diretor de cinema que trabalhou com Bolaños, começou a dizer que Bolaños era o “nosso pequeno Shakespeare”, e assim, passou a chama-lo de “Shakespearito”. Bolaños então resolveu adotar o nome, mas o “latinizou” e em vez de ser chamado de Shakespearito, passou a se chamar Chespirito.
 
8 – Durante a sua carreira, Bolaños fez sucesso no rádio, no cinema, na TV, mas faltava um grande sucesso no teatro, e ele veio, com a peça “11 y 12”, escrita e interpretada por Bolaños. O espetáculo ficou em cartaz de 1992 a 2000. Foi o maior sucesso de toda a história do teatro no México, chegando a mais de 3.200 apresentações, inclusive com turnês fora do México.
 
9  – Roberto G. Bolaños morreu, várias vezes, só que nas redes sociais. O ator tem sido uma das maiores vítimas do Twitter, sempre estão matando ele por lá. Sua morte mais recente foi em 2012. Talvez por isso, ele tenha criado a sua própria conta no site. O perfil de Bolaños no Twitter já se aproxima dos 5 milhões de seguidores.
 
10  – Roberto Bolaños enrolou Florinda Meza por quase 3 décadas. Isso mesmo, foram 27 anos de relacionamento sem a contração de matrimônio. Bolaños e Florinda só se casaram oficialmente em 2004, quando o ator já estava com 75 anos. O casal não teve nenhum filho, ele havia feito uma vasectomia. Todos os 6 filhos de Bolaños são do primeiro casamento do ator. (Fonte: Yahoo – 22/01/13)

1 pensamento em “Os maiores mistérios de Roberto Bolaños, o Chaves”

  1. Muito bom o texto caro amigo! Obrigado por compartilhar estas informações tão preciosas para mim! Especialmente a parte sobre o medo… achei que eu fosse o único, e que eu fosse fraco por isso… E, se alguem grande como Bolaños era assim também, me sinto grandemente aliviado! Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *