No Paraná, técnico faz fiasco e pede para ser algemado

Terceira divisão do Campeonato Paranaense: o Cambé empatou sem gols com o PSTC, para um público de 13 pagantes. Até aí, nada muito diferente do amadorismo das divisões inferiores estaduais. Quem resolveu se destacar foi o técnico Walter Knário, do Cambé, que reclamou de um lance e foi expulso. Após o árbitro pedir para que o treinador fosse retirado de campo pelos policiais, Knário se ajoelhou para que o policial lhe algemasse – mas não deixou ser algemado. Veja e tente entender:

“Só sei que nós somos a várzea da várzea nessa terceira divisão. Quando eu vi ele colocando a algema, eu falei ‘fui para o saco de novo’. Aí ajoelhei pra ir porque eu não sabia mais o que fazer. Eu só falei que eu tinha falado para o árbitro sobre a mão. Eu falei que eu não ia sair, isso eu falei. E acabou ele tentando me algemar pra me tirar do campo”, explicou o fanfarrão depois do episódio.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)