Máquina automática vende maconha na Nova Zelândia

Máquina automática vende maconha


Máquina automática vende maconha

Normalmente você insere moedas ou nota e retira chocolate, biscoito, balas, café… Mas não de uma máquina automática em Auckland (Nova Zelândia)!

Por 20 dólares neozelandeses (cerca de 30 reais), o cliente do Daktory, primeiro clube de maconha do país da Oceania, pode retirar um saquinho com um grama da erva.

O dono do Daktory, Julian Crawford, é ativista pela reforma das leis sobre o consumo da maconha na Nova Zelândia. Segundo ele, o clube é um “exemplo de como as coisas seriam se a maconha fosse legalizada”, de acordo com reportagem da TVNZ.

“Queremos aumentar o número de ativistas”, disse.

A polícia monitora com cuidado o Daktory. Para evitar problemas, Julian adverte os clientes a não deixarem o clube com maconha, pois o cheiro pode atrair policiais.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)