Jornal inglês diz que chacina em SP pode ter sido armação

O jornal britânico “Daly Mail” continuou repercutindo, nesta quinta-feira, os assassinatos na casa do menino Marcelo Pesseghini, de 13 anos, ocorrido em Brasilândia (SP) na madrugada de segunda-feira. A publicação diz que o garoto pode ter sido vítima de um ato de vingança de policiais que teriam sido denunciados pela mãe dele. A Polícia Militar negou que a cabo Andreia Regina Pesseghini tenha feito alguma denúncia contra colegas.

“A polícia no Brasil está investigando se o menino de 13 anos suspeito de matar os pais policiais, a avó e a tia-avó teria sido, na verdade, vítima de um massacre realizado por policiais que queriam matar a mãe dele”, diz o jornal.

A reportagem ressalta ainda que, até então, o menino é o único suspeito de ter realizado a chacina e que ele passou um dia normal na escola antes de supostamente se matar. “A polícia de São Paulo é amplamente vista como uma das mais corruptas do mundo e nos anos recentes policiais se envolveram em vários escândalos”, acrescenta o “Daily”.

Foto: Reprodução

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)