Globo é acusada de crime eleitoral por edição do JN

http://www.ocioso.com.br/imagens/conteudo2/2012/10/25/173_20121025200212.jpg
 http://1.bp.blogspot.com/-edUKMTzI4_Y/UIgCLJSlhEI/AAAAAAAA-So/_bZOCqK-1Ao/s640/images_cms-image-000290728.jpg

“Movimento dos Sem-Mídia, presidido por Eduardo Guimarães, protocola ação contra a Rede Globo em razão dos 18 minutos dedicados ao especial sobre o mensalão, após o horário eleitoral gratuito; emissora comandada por Ali Kamel (dir.), que nunca se recuperou da edição do debate entre Lula e Collor em 1989, é acusada de partidarismo

Brasil 247
A edição de ontem do Jornal Nacional, que dedicou 18 minutos a um especial sobre o mensalão, logo após o horário eleitoral gratuito, pode ter infringido a Lei Geral das Eleições. Comandada por Eduardo Guimarães, a ONG Movimento dos Sem-Mídia, decidiu entrar com representação contra a Globo junto à Procuradoria Geral Eleitoral e ao Ministério das Comunicações, acusando a emissora da família Marinho, comandada pelo jornalista Ali Kamel, de agir de forma partidária, assim como ocorreu em 1989, na edição do debate entre Lula e Fernando Collor.”
Matéria Completa, ::AQUI::

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)