Formas de Otimizar a Queima de Gordura

Perder gordura não é lá uma das tarefas mais fáceis de serem feitas, mas utilizando algumas informações corretas e aplicando-as no cotidiano, a obtenção dos resultados esperados ficam cada vez mais próximas.
No post de hoje, que convenhamos, demorou muito para sair, separamos dez dicas essenciais para quem deseja melhorar a forma com que seu corpo queimará sua massa gorda, ou seja, dez dicas para aumentar a queima de gordura pelo seu corpo. Sem mais delongas, vamos à elas:

  1. Alimente-se de 5 à 6 vezes ao dia de maneira regrada! Faça isso de 3 em 3 horas, seu corpo entenderá que não precisa estocar energia (gordura) pois, sempre que sentir fome receberá dosagens de nutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras) e perceberá que está sendo bem alimentado. Lembrando que quanto mais refeições diárias você realizar, mais seu metabolismo estará acelerado, portanto esqueça aquela estória de café da manhã, almoço e janta. Faça café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, janta e ceia. Mas coma alimentos, não porcarias!
  2. Corte ou Diminua o sal (sódio) de suas refeições! O problema do sal (sódio) é que ele retém muito líquido e deixa seu corpo inchado, portanto, se você quer perder peso, certifique-se de que a quantidade de sódio dos alimentos que ingere não seja elevada ou corte-o de vez da sua dieta.
  3. Beba água! Quanto mais vezes durante o dia você beber água (de preferência gelada), mais você está garantindo que seu metabolismo esteja acelerado, nosso corpo é constituído basicamente por água, logo, regrar o consumo dela não poderia fazer bem a ele, certo? Certo! Você com certeza já ouviu dizerem que o ser humano precisa ingerir pelo menos dois litros de água por dia. Assim sendo, porque não ingerir o dobro? Água não é suco, não refrigerante, cerveja ou Gatorade, água é água e só te fará bem, pense nisso!
  4. Tenha em suas refeições carboidratos de baixo índice glicêmico! Para quem não sabe, o índice glicêmico mede a velocidade com que o carboidrato é digerido pelo nosso organismo, ou seja, define a velocidade com que o carboidrato é convertido em glucose pelo nosso corpo e entrará na corrente sanguínea. Pra se ter uma ideia, quanto mais esse índice, mas rápido o carboidrato entrará na corrente sanguínea. Portanto, quando ingerimos carboidratos de baixo índice glicêmico, temos uma sensação maior de satisfação enquanto lentamente eles são processados e jogados em nossa corrente sanguínea mantendo os nossos níveis de energia corporais estáveis. Um bom exemplo de carboidrato de baixo índice glicêmico é a batata doce, o pão integral, a aveia, a soja, o espinafre, a couve, entre outros. Procure se informar sobre as inúmeras variedades de alimentos com baixo índice glicêmico e encaixe-os na sua dieta.
  5. Certifique-se de que em todas as refeições diárias existam proteínas! Proteína atua diretamente na construção e manutenção de nossos músculos e deixar ela de fora da nossa dieta significa perder massa muscular. Muita gente faz dieta e esquece de ingerir proteínas, outras fazem dietas restritivas de proteínas (o que é um absurdo) e dizem que estão obtendo sucesso com os resultados, que estão perdendo peso. Mas é aí que se enganam, não estão perdendo gordura, estão perdendo massa muscular. E todo mundo sabe o quando é difícil construir músculo, principalmente atletas e frequentadores de academias…
  6. Aumente a intensidade de seus treinos! Isso não quer dizer que você deva sair por aí fazendo tudo o que der na telha, não. Os fatores que podem e determinam a intensidade do seu treino são: o peso que você puxa, o número de execuções realizadas e o tempo de descanso entre uma série e outra. Portanto, dando o seu máximo durante o treino, com certeza você conseguirá aumentar o gasto de energia realizado pelo seu corpo não só durante o treino, como também no período de recuperação (pós treino).
  7. Corra! Não deixe de realizar o exercício aeróbico depois do final de cada treino. Aliás, não é necessário fazê-lo todos os dias, intercale dia sim, dia não. Desta maneira seu organismo terá um período para se recuperar de cada treino. Não gosta de correr? Ande, pule, pedale, use sua criatividade, apenas não deixe de realizar o exercício aeróbico se realmente quer queimar gordura.
  8. Use termogênicos! Estes tipos de suplementos ajudam a aumentar nosso metabolismo e consequentemente a queimar muito mais calorias ininterruptamente. Mas cuidado, esses tipos de suplementos contém em sua formula uma mistura de ingredientes que como a efedrina e cafeína podem proporcionar efeitos colaterais em algumas pessoas. Leia um pouco mais sobre os termogênicos em Termogênicos e TOP 10 Suplementos para Queima de Gordura.
  9. Corte o consumo de carboidratos nas 2 últimas refeições do dia! O carboidrato como dito logo acima, é responsável por proporcionar energia ao nosso corpo e evitar a perda de tecido muscular. Mas se você pretende perder peso, ao chegar o fim do dia e seu corpo entende que não precisa continuar a trabalhar de maneira alucinada e começa a ficar mais lento, ou seja, ele começa a processar esse carboidrato de maneira mais devagar, portanto, o recomendável é que você exclua os carboidratos nesta hora do dia e substitua-os por proteínas como atum, clada de ovo, etc. Nada de presunto, mortadela e queijo mussarela, esqueça que existe presunto e mortadela (faça esse favor ao seu organismo), queijo só se for branco.
  10. Durma bem! Uma boa noite de sono é primordial para aqueles que desejam obter os resultados esperados para seu corpo. É durante o sono que nosso corpo libera o hormônio do crescimento, portanto, uma noite mal dormida pode arruinar esse processo. O recomendável é que uma pessoa durma bem de 8 a 10 horas por dia.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)