FiFa 2013 terá como comentáristas Tiago Leifert e Caio Ribeiro

http://i.imgur.com/IElS7.jpg

 

Divulgação


Em evento realizado pela Warner Bros. Games na noite de  (19/06) em São Paulo, a companhia – também responsável pelos games da EA no Brasil – anunciou que o jornalista global Tiago Leifert e o comentarista e ex-jogador profissional Caio Ribeiro serão a dupla de comentaristas de “FIFA 13”. Os jornalistas serão os primeiros a trazer comentários em português às versões de console da série, ação que também marca um avanço contra o rival “Pro Evolution Soccer”, que já conta há duas edições com a participação de Mauro Beting e Silvio Luiz.

Leifert, que é um gamer assumido e um responsável por levar videogames à televisão brasileira através do programa vespertino “Globo Esporte”, diz estar animado com a possibilidade de gravar sua voz no jogo. “Nunca escondi de ninguém que FIFA é minha preferência, falo no Twitter desde sempre”, comenta, “sempre amei videogame; nunca me imaginei narrando um”. Leifert conta que a equipe da EA e da Warner iniciou o processo de gravação no fim do ano, e o trabalho de localização tomou três meses e envolveu centenas de horas de estúdio, além de um código de silêncio barra-pesada “Eu saia do Globo Esporte, almoçava correndo e ia direto pra gravação. Às vezes a produção me abordava: `vamos gravar uma matéria na quarta”; e eu falava: `então… na quarta eu não posso` e eu não podia nem falar o porquê”.

Caio Ribeiro comemora a acessibilidade que o videogame permite ao esporte. “Quando o Tiago me ligou – o convite veio dele – e a gente conversou um pouquinho sobre o projeto eu falei: `cara, a gente vai falar com várias gerações!` Inclusive meu filho (de um ano e meio de idade), que nem bola ele fala direito, um dia ele vai ouvir o pai dele narrando jogos na hora em que ele quiser, não apenas quando ligar a TV”. Leifert também explica um pouco do impacto da narração brasileira em jogos de videogame: “eu comecei no SportTV em 2006, e eu ia fazer jogo com o Milton Leite, que para mim era um ídolo. Eu o ouvia desde pequeno, e eu o ouvia narrando videogame; quando eu chegava no estádio eu via uma molecada gritando: `Milton, grita um que beleza!` justamente por causa do game”.

A dupla relatou que foi necessário mudar a abordagem de comentário entre partidas single-player e as disputadas entre jogadores online – haverá um enfoque em reconhecer que dois gamers de carne-e-osso estão jogando um contra o outro. É uma necessidade, uma vez que “FIFA 13” será o primeiro da série a incorporar uma rede social interna nos moldes do Autolog de “Need for Speed Hot Pursuit”, inaugurando um agressivo enfoque no componente multiplayer. Vale ainda uma pequena ressalva: a versão para PlayStation 3 e Xbox 360, o comentário virá no disco; jogadores de PC deverão baixar um arquivo separado depois de realizado a compra.

A dupla de comentaristas não foi a única razão de comemoração da equipe na noite. Segundo dados apontados pela Warner no período entre setembro e dezembro do ano passado, “FIFA 12 abocanhou uma fatia de 50,4% do mercado de jogos de futebol (incluindo “PES” e outras franquias). Embora seja cedo para dizer que a série da EA Sports tenha ultrapassado sua competidora pela primeira vez no mercado nacional, é certo que a EA está diminuindo rapidamente a vantagem da rival Konami no país.

 

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)