Danilo Gentili Júnior e Band são condenados pela justiça

 danilo-gentili

A Justiça determinou hoje que a Band retire de seus sites e impeça que outros mantenham no ar o vídeo do programa “Agora é Tarde“, de 3 de outubro, em que o humorista Danilo Gentili e Marcelo Mansfield fizeram uma piada com a maior doadora de leite materno do país, a pernambucana Michele Rafaela Maximino.

Para quem não conhece Danilo Gentili Júnior é um humorista, escritor, cartunista, repórter, empresário e apresentador brasileiro. Faz parte da nova geração de humor, a da stand-up comedy.

A juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Olinda, Cíntia Daniela Bezerra de Albuquerque, deu uma decisão favorável em primeira instância, pedindo que a Band tire do site do “Agora é Tarde”  todos os vídeos em que são citados o nome de Michele, com pena do canal pagar uma multa de 5 mil reais por dia.

Além de apagar os vídeos, a juíza disse que a Band deve tirar do ar e impedir que se proliferem as imagens com a piada no YouTube, além de impedir que outros sites divulguem as cenas.

O advogado de Michelle, Claudio Lino, disse que as piadas feitas por Gentili passaram muito de todos os limites: “Ele usou termos difamatórios, indignos. Ultrapassou o limite do humor”

A moça ainda pede que a Band pague cerca de R$ 1 milhão por todos os danos que a brincadeira lhe causou. Segundo ela, muitas pessoas a agrediram na rua moralmente, fazendo até com que sua produção de leite para doação, que era de dois litros por dia, passasse a ser de 600 ml.

Procurada, a Band não quis comentar o caso. Até agora, o humorista Danilo Gentili também não se pronunciou.

Abaixo a integra da decisão:

“Defiro, liminarmente, o provimento cautelar requerido na exordial, para determinar que a ré rádio e televisão Bandeirantes Ltda., responsável pela disponibilização do conteúdo, providencie a retirada da matéria veiculada no programa “Agora É Tarde” do dia 03/10/2013, relacionada à autora, de todos os sítios da rede mundial de computadores que sejam de sua responsabilidade, assim como impedir que demais sítios da internet mantenham ou disseminem o aludido conteúdo, no prazo de 05 (cinco) dias, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), nos termos do § 4° do artigo 461, do CPC.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *