Pro Evolution Soccer 2014 se reinventa, mas decepciona. Confira análise completa

pes-2014-review-01

2014 já chegou no mundo dos jogos esportivos e, diferente de outras franquias, Pro Evolution Soccer prometeu revolucionar a si mesmo ao deixar a engine antiga de lado e adotar a Fox Engine, assinada por Hideo Kojima. O jogo impressionou a todos em demonstrações e nas declarações da Konami à imprensa, mostrando bastante potencial, mas agora que a poeira sentou, será que essa mudança valeu a pena? Descubram nas próximas linhas.

  • Nome: Pro Evolution Soccer 2014
  • Plataforma: PC, PlayStation 3, Xbox 360
  • Desenvolvedora/Publisher: PES Productions/Konami
  • Lançamento: 24 de Setembro de 2013

Para começar, antes de mais nada, deixa eu dizer que não jogava PES desde a época do PlayStation 2, então esse review pode ser chamado de um review de alguém que estava acostumado a jogar FIFA por anos voltando ao PES. Não que eu realmente prefira uma série ou outra, raramente jogo futebol no videogame sozinho (faço isso mais com meus amigos mesmo), mas isso deu a chance da franquia me ganhar, ou não, durante o tempo que eu passei com ela.

Bom, o que eu percebi jogando PES 2014. O jogo tem um sistema de controles um tanto difícil de se aprender a jogar. Ou melhor, de se dominar mais do que o tradicional arroz com feijão de quem dá um passe aqui, outro ali, cruza e a bola acaba pegando no pescoço do atacante e entrando. Em alguns momentos, eu me vi xingando bastante os jogadores por errarem algum passe evidentemente óbvio, já em outros, eu pensei “car%$%#$#, como eu acertei aquele lançamento redondinho???”, o que evidencia que em boa parte do tempo eu não sabia muito bem o que eu estava fazendo com a bola nos pés.

Computador e Eletrônicos
Nós oferecemos-lhe o melhor computador e dispositivos eletrônicos.
Discountesia.com/brasil

pes-2014-review-02

O principal problema do jogo é que ele parece uma versão não acabada do produto final. PES 2014 teve que fazer uma série de comprometimentos para ser lançado na Fox Engine ainda nesse ano. Quer um exemplo? Eles mataram o homem do tempo no mundo do jogo e lá só faz sol. Sim, isso é uma maravilha e nem interfere tanto assim no jogo, afinal as partidas nessa condição climática são sempre as mesmas, mas é algo que foi subtraído da franquia para que o jogo pudesse ser lançado ainda nesse ano e não desse uma de NBA Live, que perdeu várias datas de lançamento e não vê a luz do dia há alguns anos já.

Outro problema que eu notei no jogo é que ele sofre de considerável lentidão em vários replays. Não que eu dê muita importância para eles, mas é complicado o jogo ficar lento em todo replay de falta, por exemplo. Faltou um pouquinho de cuidado da Konami nessa parte. O jogo ainda perdeu os estádios espanhóis (por causa de um acordo da EA Sports com a liga espanhola) e o editor de estádios, que também teve que ser removido do produto para que ele fosse lançado a tempo.

Crie Já Seu Site
Resultados Incríveis em Até 7 Dias! Crie um Negócio do Zero 100% Online
Empreendedores-Digitais.com

pes-2014-review-03

Mas nada realmente me incomodou mais do que a narração do jogo. Pro Evolution Soccer 2014 vem com narração em português, feita pelo Sílvio Luiz. Além dela aparentar estar incompleta em alguns momentos, como quando ele fala “tocou para…” e eu fico imaginando se ele está olhando um papelzinho com os nomes do jogador, porque ele quase nunca completa o que vai dizer nessas frases. Fora isso, o Sílvio Luiz e o comentarista dele (que eu não lembro o nome) são chatos pra cacete e têm um estilo de narração nada legal de se ouvir. Vale mais a pena mudar o idioma do videogame pra outra língua e ouvir a narração em inglês, que não fede nem cheira, porque dois ou três minutos depois do começo da partida você já acaba cansando das intervenções do narrador no jogo.

Bom, mas depois de falar do que o jogo tem de ruim, o que ele tem de bom? Pro Evolution Soccer 2014 tem belos visuais. O jogo realmente ficou bonito, com um gramado e estádios detalhados, além, claro, dos modelos dos jogadores, que também ficaram muito bons. Outro ponto forte do jogo é o modo de edição de jogadores está bom como sempre, assim como a Master League.

Ingressos Jogo de Futebol
Assista Aos Jogos da Liga Inglesa no Estádio. Compre Ingressos Aqui!
www.LondresFutebol.com

pes-2014-review-04

No fim das contas, PES 2014 é um bom jogo, mas que parece bastante incompleto. Num mundo ideal, a Konami teria feito exatamente o que a EA fez, ao lançar uma versão quase nada modificada de FIFA 14 para a geração atual e guardar as modificações mais radicais com troca de engine para a próxima. PES 2014 não vai sair para PS4 e Xbox One nesse ano, mas isso é até bom, pois até o ano que vem, a equipe tem tempo o suficiente de fazer tudo o que acabou faltando.

Eu não sei bem se chamaria PES 2014 como um jogo, mas sim como uma grande demonstração do que o futuro nos reserva. Ele parece promissor, mas ainda há uma porrada de trabalho a ser feita. Apesar disso, o jogo não deixa de ser divertido, mas não vão com um mundo de expectativas para cima de PES 2014 ou a decepção pode ser grande.

A Konami prometeu adicionar bastante conteúdo ao jogo por meio de DLC nos próximos meses, o que evidencia mais ainda que ele provavelmente não deveria ter sido lançado agora com essa engine, afinal ele ser montado aos poucos. Muita gente reclama que jogos esportivos mudam pouco dum ano para o outro, mas é complicado se reinventar em apenas um ano. Enquanto eles não tiverem o tempo necessário para isso, PES vai continuar parecendo um jogo terminado às pressas.

Ah sim, o jogo ganha pontos positivos por escolher uma música do Pavarotti como música de entrada.

Mortal Kombat Uma luta entre Scorpion e um Nerd!

Reprodução

Mortal Kombat é um dos jogos de luta mais adorados, tanto pelo público casual, quanto pelos jogadores hardcore. No controle você até pode ser bom de briga… mas já pensou se um dos personagens do jogo realmente aparecesse na sua casa?!

Aaron Schoenke dirigiu um curta-metragem sensacional, mostrando um pouco de como Mortal Kombat seria na vida real. O vídeo foi realizado em parceria com a Sun Productions.

O curta na realidade foi lançado para comemorar o lançamento do “webseriado” Mortal Kombat: Legacy II. Apesar de algumas tosqueiras, a produção ficou digna de nossa visualização!

Fliperama, Jogos que ficaram na memória

 

E ai Players! Nos dias de hoje é difícil ver a criançada em frente a um fliperama. Hoje em dia os jogadores da nova geração buscam qualidade audiovisual e muitos desses novos jogos não carregam com sigo a diversão de antigamente. Se na sua infância você passava horas e até mesmo um dia inteiro em frente uma maquina de fliperama…esse artigo é especialmente pra você.

Veja agora alguns  dos jogos mais jogados em fliperamas.

1)      Metal Slug

metal-slug-anthology

Quem nunca jogou Metal Slug? Um dos jogos  mais consagrados no estilo “Run  And Gun”, a série conquistou fãns em todo o mundo até mesmo jogadores da nova geração de games. O jogo ainda teve diversas versões inclusive em 3D e versões de aniversário da série.

2)      KOF: The King Of Fighters 98

king_of_fighters_98_ultimate_match_ps2_1

Uma das séries de jogos de luta mais empolgantes até hoje, os desafios de KOF  funcionavam de forma rápida e sem miséria, ou você jogava contra a maquina ou contra um guri qualquer que tinha as moral de desafiar uma ficha. Muitas pessoas zeravam o KOF em apenas 1 unica ficha, e muitos jogavam fichas e fichas e desistiam em algum trio.

3)      Cadillacs And Dinosaurs

cadilac

Esse sim é um jogo a qual poucos mortais chegavam ao fim  sozinho ou com apenas uma unica ficha em mãos… cadilac dinossauro  marcou a vida de muita gente com seus personagens e com seu nível de dificuldade . o Jogo foi baseado no mesmo sistema de um jogo da época (Final Fight) e nos quadrinhos Xenozoic Tales de Mark Schultz.

4)      Neo Bomberman

20anosdeneogeo_f_044

Neo Bomberman era um dos jogos a qual se passava mais tempo jogando, pois seu modo aventura tinha uma duração mais longa que os outros jogos. Não é um jogo dificil de ser zerado,mas exigia atenção e estratégia pois cada vez que o seu personagem fica mais forte a chance de sem querer você morrer com uma explosão sua era maior

5)      The House of the Dead

hotd3guide_secguard

Esse jogo prova que zumbis estão nas telas dos games a muitos e muitos anos!  The House of The Dead é um jogo de  FPS que já arrancou muitas fichas de Players. Não se usava a mesa convencional de arcade, ao invés disso era usada uma pistola de reload manual com 6 tiros.

6)      Mortal Kombat

mortal_kombat_3

 Mortal Kombat era além de um dos jogos mais jogados com certeza um dos mais sanguinolento dos fliperamas com opção de desafio player vs player também (natural de jogos de luta). O jogo segue sua série até hoje com novas versões e formatos multiplataformas e permanece com seu exagero em sangue.

Então players? vocês desfrutaram ou ainda desfrutam desses jogos? não deixe de comentar seus jogos preferidos , claro que existem muitos outros jogos  marcantes então deixe abaixo os jogos de Flip que marcaram suas vidas

5 coisas que você nunca soube sobre o Pac-Man

Tendo sido uma parte do cenário da cultura pop por mais de 30 anos, Pac-Man é um personagem muito familiar.

Pacman

Ele decorou caixas de cereais, foi a estrela de um programa de desenho animado de sábado de manhã e apareceu em praticamente todas as plataformas de jogos já lançados.

Isso não é apenas em sistemas da Microsoft, Sony e Nintendo. Também inclui, essencialmente, cada celular que tem uma tela, sistemas portáteis mortos há muito tempo, e os dispositivos plug-and-play para a sua TV. Ao longo do caminho, o pequeno comilão-de-bolinhas construiu um império que tem permitido a editora Namco-Bandai sobreviver à pior a economia que poderia afetá-los.

Mas até mesmo os ícones mais conhecidos têm seus segredos. Esta semana, durante a Game Developers Conference, em San Francisco, Toru Iwatani, criador do jogo, ofereceu uma autópsia na maior franquia do setor – e contou alguns contos que a maioria dos fãs provavelmente nunca ouviram falar.

Aqui estão as cinco mais surpreendentes:

O objetivo do jogo era atrair garotas.

Enquanto jogadores de hoje são um pouco mais propensos a serem do sexo masculino, os jogos no final de 1970 eram quase que exclusivamente um clube de homens. Iwatani queria mudar isso, criando algo que poderia apelar a ambas as mulheres e as famílias, diz ele.

“A razão pela qual eu criei Pac-Man foi porque queríamos atrair jogadores do sexo feminino”, diz ele. “Naquela época, não havia jogos em casa. As pessoas tinham que ir aos fliperamas para jogar. Isso era um parque infantil para os meninos. Ele estava sujo e malcheiroso. Então, nós queríamos incluir jogadores do sexo feminino, por isso se tornaria mais limpo e mais brilhante. “

Cada fantasma tinha ordens específicas.

Quando você joga o jogo, pode parecer como se os quatro fantasmas estão ativamente perseguindo você. Isso não é exatamente verdade. Iwatani intencionalmente evitou programá-los com essa finalidade, uma vez que teria resultado em Pac-Man correndo ao redor da tela com quatro fantasmas sempre atrás dele.

Em vez disso, é só Blinky, o fantasma vermelho, que persegue obstinadamente você durante todo o jogo. Pinky, o fantasma rosa (naturalmente), simplesmente quer se posicionar em um ponto que é 32 pixels na frente da boca do Pac-Man. O fantasma azul, Inky, está buscando se posicionar em um ponto fixo similar. E Clyde, o fantasma de laranja, move-se completamente ao acaso.

Porque o jogador sempre tem Pac-Man em movimento, no entanto, os fantasmas estão sempre mudando de direção e tentando alcançar seu objetivo, o que aumenta o desafio do jogo.

O que, exatamente, Pac-Man significa?

Você pode ter ouvido a história sobre como uma pizza com uma fatia faltando inspirou o design do Pac-Man, mas acontece que o jogo foi concebido inteiramente em torno da comida.

“Pensei em algo que pode atrair as meninas”, diz Iwatani. “Talvez histórias de menino ou algo a ver com moda. No entanto, as meninas gostam de comer sobremesas. Minha esposa sempre faz! Assim, o verbo ‘comer’ me deu uma dica para criar este jogo. “

Esse tema continuou com o nome do jogo. Em japonês, “Puck Puck” é igual dizer “munch munch” nos EUA dizendo “Munch Munch” Assim, o nome original – Puck-Man – foi traduzido para “Munch man.” (A Midway Games oficialmente mudou o nome para Pac-Man, quando o jogo chegou nos EUA, para desencorajar os vândalos de trocar a letra “P”, criando, assim, uma palavra obscena.)

Havia uma parte do enigma em faltando.

Pac-Man foi projetado para ser o mais simples possível, para atrair um público amplo. Os limites da tecnologia, em 1980, fez isso um pouco mais fácil de conseguir. Iwatani diz que está feliz com isso agora, mas na época não era mais uma coisa que ele queria acrescentar ao jogo.

“Eu queria ter um concha que iria se mover para cima e para baixo”, diz ele. “Quando o fantasma viesse, ele seria pisado pela concha que iria desfigurar o fantasma.

Os fantasmas eram quase de apenas uma cor.

Hoje é meio difícil de imaginar Pac-Man sem os fantasmas coloridos, mas quando o jogo estava sendo desenvolvido, Iwatani diz que foi pressionado para mudar isso.

O presidente da Namco ordenou-lhe para fazer os fantasmas de uma única cor – vermelho, para ser mais preciso – já que ela acreditava que os jogadores ficariam confusos que alguns fantasmas, talvez, fossem aliados de Pac-Man.

Iwatani recusou o pedido e em questionários enviados aos testadores do jogo, perguntou se eles preferiam um fantasma de uma única cor ou quatro. Nem uma única pessoa queria a opção de cor única. Que, finalmente, convencido de que o presidente estava errado.

Vi lá no http://facepress.com.br/5-coisas-que-voce-nunca-soube-sobre-o-pac-man/

Playstation 4 já tem data de lançamento!

Nos últimos dias vem repercutindo bastante a notícia sobre o lançamento oficial do PlayStation 4. Depois de muito mistério e especulação, a Sony finlamente decidiu anunciar, durante sua apresentação na Gamescom 2013, a tão esperada data de chegada do seu novo console.

Nos EUA o lançamento deve ocorrer no dia 15 de novembro, enquanto nos países da América-Latina, bem como na Europa, está previsto somente para o final do mesmo mês, no dia 29.

Segundo Andrew House, CEO da Sony Computer Entertainment, o PS4 deverá trazer muita inovação para o mundo dos games, custando a bagatela de US$399 nos Estados Unidos e cerca de €339 em países europeus.

Contudo, ainda não sabemos quanto o PS4 custará de fato em terras tupiniquins, mas conhecendo o histórico dos tão odiados impostos brasileiros, a expectativa não é das melhores!

Alguns dos títulos já confirmados para o PS4 são:

“Assassin’s Creed IV Black Flag”, “Battlefield 4″, “Call of Duty: Ghosts”, “Driveclub”, “Fifa 14″, “Just Dance 2014″, “Killzone: Shadow Fall”, “Knack”, “Lego Marvel Super Heroes”, “Madden NFL 25″, “NBA 2K14″, “NBA Live 14″, “Need for Speed: Rivals”, “Skylanders Swap Force” e “Watch Dogs”.

Mais novidades em breve!