Bloody Mary – Lendas Urbanas

Reza a lenda, que há muito tempo atrás uma bela mulher vivia em um apartamento de uma cidade grade, bem próximo ao centro. Durante muitos anos ela morou sozinha com sua filha, pois o pai simplesmente a abandonou logo que a criança veio ao mundo, deixando uma mãe solteira tendo que enfrentar a vida sozinha.

Bloody Mary a lenda

Bloody Mary ou Loira do Banheiro

Dizem que em uma noite de sexta feira 13, a mulher estava olhando TV com sua filha e em um momento ela se levantou, foi até o banheiro, tirou tida sua roupa e chamou sua pequena filha, mas com uma voz rouca o que fez a menininha ir até o banheiro com medo.

Assim que a garotinha entrou, a mãe trancou a porta e jogou a chave no vaso dando a descarga. Naquele segundo a mulher se transformou e começou a socar o espelho, até que ele se quebrou e com os pedaços de vidro ela cortava seu próprio corpo em frente à filha. Cada vez que ela enfiava um pedaço daquele espelho quebrado a garotinha gritava mais e mais alto.

Com o corpo muito cortado e o sangue escorrendo por todos os lados, a mulher enfim enxergou sua filha e como se ela fosse um monstro, simplesmente atacou a pequena com toda a força, cada vez que o vidro entrava no corpo da criança mais forte a mãe o enfiava na outra vez. Assim ela atacou, até perder as forças e ter o corpo da sua filha dilacerado e deitado em cima de uma poça de sangue, irreconhecível, pois o sangue e a carne cortada não lembravam em nada o rosto angelical da menininha.

Como se tivesse se arrependido do que fez a mulher começou a chorar, enquanto seu corpo derramava sangue em por todos os cantos. Sem pensar ela começou a se cortar ainda mais e se debater nas paredes.

Certa hora começou a bater com a própria cabeça no espelho e mais um pedaço de vidro caiu. Ela o pegou e olhou por um segundo. Depois se virou para o corpo da pequena e viu aquela massa de carne, sangue e ossos atirada no chão. Talvez por aquele mínimo tempo ela tenha recuperado sua consciência.

Logo em seguida ela pegou um pedaço de vidro em cada mão e os ergueu até a altura dos olhos. E ficou ali, encarando o pedaço de espelho que havia matado sua filha. Sem pensar, por nem mesmo um milésimo de segundo, ela moveu seus braços com toda a força e cravou os dois pedaços dentro dos seus olhos e eles entraram tanto, que mal se podia vê-los quando o corpo da milhe veio ao chão…

Historia Bloody Mary

Vinte anos depois, três lindas meninas estavam sozinhas em casa em uma noite, quando seus pais haviam saído para participarem de uma reunião. Elas brincavam e contavam histórias no quarto. Depois de mais de duas horas, as três resolveram se maquiar, porém o espelho do quarto era pequeno demais, então foi decidido que iriam usar o do banheiro.

Fechadas lá dentro elas se pintaram com tudo que tinham e perderam a noção do tempo, mas naquele exato momento o relógio na cozinha marcava meia noite, era sexta-feira. Dia 13 de dezembro de 1996.

Poucos segundo depois da quinta se transformar em sexta, a luz do banheiro piscou três vezes, assustando a meninas que deram gritinhos, porém logo elas esqueceram e voltaram sua atenção para os batons.

Logo em seguida a luz piscou de novo, pelo menos umas nove vezes bem rapidamente. As meninas começaram a gritar, contudo a luz voltou e tudo parecia normal, alguns minutos depois elas estavam calmas.

Assim que as garotas conseguiram virar a sua atenção para as maquiagens de novo, a luz se apagou e uma risada insana pode ser ouvida, bem alta. A menina mais velha correu para a porta e tentou abri-la, mas estava trancada. Todas estavam presas lá dentro, morrendo de medo. Pouco depois as duas lamparinas que ficam ao lado do espelho começaram a piscar loucamente.

Em uma das vezes que ela acendeu, um rosto apareceu no espelho, olhando para as menininhas e com um sorriso debochado no rosto. Infelizmente elas não viram isso.

A luz parou de piscar e elas pararam de tentar abrir a porta. Naquele segundo elas viraram e enxergaram no espelho o rosto de uma mulher todo cheio de sangue, com os olhos furados e uma feição de dor eterna. As meninas simplesmente não conseguiram gritar, tamanho era seu medo. Durante alguns segundos a imagem as encarou e sorriu.

Aquele sorriso despertou as meninas que tentaram desesperadamente abrir a porta, mas parecia ser impossível fazer isso. De repente ouviu-se uma risada que foi ficando mais alta. Quando se olharam para trás, elas viram que a mulher do espelho, não estava mais dentro dele e sim vindo em direção a elas.

Em poucos passos a mulher chegou à primeira criança e sem pensar muito a estrangulou, até ver ela parar de se debater e seus lábios ficarem roxos. As outras duas irmãs batiam na porta com toda a força pedindo ajuda, porém ninguém as ouvia.

Depois de matar a primeira criança, a dama demoníaca pegou outra e começou a cortar os pulsos da menina, enfiando o caco de vidro que tinha na mão até ele atravessar o braço. O sangue jorrava para todos os lados sujando as paredes, enquanto a mulher rasgava o belo rosto da criança com os pedaços de vidro que tinha na mão.

Agora só restava mais uma garota viva, que mal se mexia paralisada com medo, ela era a mais velha e mais bonita de todas. Quando chegou bem perto, a mulher a olhou e disse:

– Você lembra minha filha, por isso não vai morrer, pois vai contar a minha história e dizer a todos que não matei minha filha, porque eu a amava mais do que tudo, alguma coisa tomou conta de mim…

Com os dois pedaços de vidro a mulher rasgou os olhos da menina, ela enfiou os cacos bem fundo, até que o sangue começasse a sair dos olhos da garota, como se fossem lágrimas de sangue…

E agora Bloody Mary

Hoje a menina cega vive em um hospício, pois ninguém acreditou que uma mulher saiu do espelho, matou suas irmãs e a deixou cega. Na verdade, a menina foi considerada culpada pelas mortes…

Dizem que toda sexta feira treze pelo menos uma menina é morta em um banheiro e normalmente está acompanhada. A sobrevivente sempre acaba contando a mesma história do espelho, mas ninguém acredita… Talvez seja por isso que a mulher do espelho continue matando, afinal ela só quer ser ouvida…

Menino morto por tornado aparece em foto com a prima

A família acredita que Nicolas McCabe apareceu na acima
Reprodução/dailymail.co.uk
Uma família americana está convencida de que Nicolas McCabe, um menino morto durante a passagem do tornado Moore pelos Estados Unidos, em maio deste ano, apareceu em uma da prima de Nicolas como “um anjo da guarda”.
A fotografia, tirada durante uma comemoração do Dia da Independência norte-americana, mostra Madison brincando e, segundo acredita a família, a do menino pode ser vista pouco acima da prima.
“Eu não conseguia acreditar no que eu estava vendo. Nicolas adorava o [feriado de] 4 de julho e ele adorava fogos de artifício”, disse Scott McCabe, pai do menino.
— Meu , quando ele viu [a foto], ele disse que ficou arrepiado até o pescoço. Claramente não é a Madison, há duas pessoas lá ou há uma pessoa e um espírito.
Scott afirma que consegue destinguir na até mesmo a camisa vermelha da escola, a qual seu filho foi enterrado, de acordo informações do tabloide britânico Daily Mail.
— Eu sinto que ele está aqui.
Muitos não acreditam que o espírito de Nicolas esteja na , e que tenha havia algum problema a ou que a tenha apenas saído borrada.
Para Scott, a falta de provas concretas e a desconfiança dos outros não importam.
— Eles podem dizer o que quiserem. Eu acredito. Eu acredito que ele esteja olhando por nós.
Nicolas é uma das sete crianças que morreram na escola primária Plaza Towers, em Oklahoma. O menino morreu aos nove anos de idade.

Foto misteriosa em Curitibanos SC

https://i.ytimg.com/vi/zo2c57SMqKo/hqdefault.jpg

Você provavelmente já ouviu estórias de fantasmas,sabe aquelas que chegam a dar calafrios de arrepiar os pelos.

Agora imagina se isso fosse registrado em uma foto!

Mais para você entender bem, primeiro vamos contar a origem de tal foto.

No tempo dos coronéis as pessoas eram muitos conservadoras,divórcio era coisa que não existia, então para você ter respeito em uma sociedade você tinha que casar,ter filhos qualquer coisa diferente eram visto com outros olhos.

Em uma cidade do interior de Santa Catarina, mais preciso em Curitibanos existia um fazendeiro muito rico com muitas posses.Todos na cidade o respeitavam,depois de muito tempo de casado o relacionamento se desgastou e tal fazendeiro se apaixonou novamente arrumou uma amante.Mais como não queria se separar para não perder o respeito da sociedade,e ter que dividir todo seu patrimônio, nada podia fazer eis que tal dia sua esposa desaparece misteriosamente.

A policia procura por dias nenhuma pista, nada simplesmente desapareceu após algum tempo o coronel resolveu se casar novamente,pois sua esposa foi dada como morta.E como  viúvo  poderia casar  novamente que a sociedade aceitaria sem nenhum pudor .

Um casamento lindo muitos convidados um dia de sol esplendoroso,todos riam,bebiam,comiam e se divertiam.

Fotografo coisa rara na época batia foto

com uma câmera similar a essa.

Chegou a hora de bater a foto do casal,eis que o fotografo ao bater a foto do casal viu uma nuvem tipo uma serração na frente do casal então resolveu bater a foto de outras pessoas tudo perfeito. Mais algum tempo se passou

-Vamos bater foto do mais  novo casal!

Novamente tal serração apareceu mais ele não identificava nada de errado,só que a noite se aproximava.Então batia a foto ou o casal não ia ter nenhuma recordação de seu casamento,foi batido a foto  acabou casamento um belo dia de festa.

O fotografo foi para casa  enquanto revelava as fotos tudo lindo muito bom,mais quando foi revelar a foto do casal teve um choque,corre ele para delegacia mostra a foto para o delegado da cidade.

O delegado não pensa duas vezes,junta sua equipe e vai para o sitio do fazendeiro o delegado mostra a foto e diz

-O que você tem a dizer sobre essa foto?

Fazendeiro:

-Eu confesso matei minha esposa eu não sabia: diz ele chorando.

-Confesso levei minha mulher para beira de um lago,a passeio ela nem desconfiava  o que estava para acontecer assim que chegamos na beira do lago empurrei ela puxei do facão e acertei,ela arregalou o olho e caiu uma lágrima ela disse:

-Você esta me matando e matando nosso bebê.Já era tarde de mais,nada mais podia fazer então joguei o corpo no lago.

-Me prenda por favor.

Assim o casal foi preso imediatamente.

No processo que está em Curitibanos arquivado o caso,o delegado afirma que provavelmente esse braço dela levantado foi na hora que ele deu a facada que à matou.

Kf5U2VbQ6FUBU4LEDeTQFJHKApós alguns dias na prisão,o fazendeiro se matou enforcado,sua amante chegou a cumprir alguns anos mais também foi encontrada morta em sua cela.

Os mais céticos vão dizer que é Photoshop.Mais a foto é verdadeira e muito antiga foi batida  nos anos 60.Acredito eu que não existia nada assim para manipular uma foto na época,mais meu avô muito católico ficou muito intrigado com está foto.

Mandou a foto para um padre dar alguma resposta para ele,o padre sem ter o que dizer assustado com a imagem não acreditando no que via só podia dizer vamos analisar essa imagem, mandou para laboratórios em São Paulo  para analisarem a foto,após muitos meses sem nenhuma resposta plausível ele pede a foto para o padre.

O padre desconversa e nada de devolver a foto,até que um dia meu avô pede com mais rigor e o padre fala que está com a foto e que vai devolver mais não pode dar nenhuma resposta para aquilo,”a  única coisa que ele disse é que a foto é verdadeira e nunca foi manipulada

Foto com seta mostrando aparição:

5FLUydd4LBQEKrSFefB7JXJC

Foto clareada para melhor observação:

6L3H47tJHr8MKXNDaVTt49TX

Foto com descrição dos envolvidos

Foto de fantasma

Então tire suas conclusões e deixe seu comentário,

mais a foto é verdadeira.

Fonte: Equipe Mirolito.

Lendas urbanas que acabaram se provando reais

Existem algumas histórias macabras que ouvimos ou lemos por aí que supostamente são reais, mas, de tão malucas, acabamos pensando que não passam de mais uma lenda urbana. Entretanto, o pessoal do siteCRACKED.com decidiu investigar e descobriu que algumas delas realmente aconteceram!

Confira:

Chamadas do além

Fonte da imagem: shutterstock
Você já ouviu falar de pessoas que receberam ligações telefônicas de alguém que, sem elas saberem, havia acabado de falecer? Essa história aconteceu nos EUA, em 2008, depois de um terrível acidente envolvendo dois trens que provocou a morte de 25 pessoas. Sabendo que Charles Peck estava viajando em um dos trens, seus familiares entraram em pânico, aguardando ansiosamente por notícias. Até que receberam uma ligação. E outra. E mais outra!
No total, foram 35 chamadas realizadas do celular de Peck e, apesar de os policiais terem achado a vítima através do sinal do aparelho, o encontro não foi nada feliz. Peck já estava morto, preso às ferragens, e até hoje ninguém jamais conseguiu explicar como as ligações puderam ser realizadas. E sabe o mais irônico dessa história? O acidente ocorreu porque um dos maquinistas se distraiu com o próprio celular e passou em um sinal vermelho.

Elevador da morte
Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia 
Imagine que você vai pegar o elevador e, por algum motivo, as portas se fecham sobre o seu corpo e você fica preso. Parece o enredo de um filme de terror, não é mesmo? Pois em 2003, em um hospital — para completar o cenário macabro — dos EUA, o médico residente Hitoshi Nikaidoh acabou ficando preso na altura dos ombros entre as portas de um elevador. O problema é que ele não conseguiu se soltar, e o elevador começou a subir.
Nikaidoh teve a sua cabeça partida pela metade na altura da boca, e a outra pessoa que estava no elevador — havia uma pobre enfermeira lá dentro! — teve que esperar durante mais de uma hora na companhia da metade superior da cabeça do pobre médico, até que uma equipe de salvamento conseguisse tirar ela de lá.

Suicídio impossível

Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia 
Pode parecer impossível, mas David Phyall — um britânico muito, muito descontente — decidiu cometer suicídio cortando a própria cabeça com uma serra elétrica. Tudo começou quando o prédio no qual Phyall vivia foi decretado como condenado e todos os inquilinos receberam ordens de se mudar para outros locais. Mas não David!
Mesmo depois de receber 11 ofertas de acomodações alternativas, David se recusou terminantemente a deixar o seu lar. Tanto que, para garantir que não sairia do apartamento vivo — e que daria bastante trabalho para a equipe de limpeza —, ele planejou a própria morte, e de uma maneira absurdamente sinistra.
Phyall prendeu uma motosserra à perna de uma mesa de sinuca, usou fita adesiva para manter o botão de “liga/desliga” ligado, e um temporizador para botar a ferramenta para funcionar. Depois, Phyall se deitou debaixo da mesa, com a corrente da serra posicionada sobre o pescoço e, alguns minutos mais tarde, perdeu a cabeça… literalmente.

Palhaço apavorante é visto de madrugada nas ruas da Inglaterra

trash palhaço bizarroHomem misterioso já tem 5 mil seguidores no Facebook

Algumas pessoas já não acham nada engraçado a figura do palhaço, diversas vezes associada com filmes de terror. Já pensou, então, encontrar uma pessoa vestida dessa forma na calçada, na calada da noite? É o que tem acontecido em Northampton, na Inglaterra.

A fantasia lembra a do assustador Pennywise, do clássico “IT”, de Stephen King, segundo o “Metro”. O homem foi visto pela primeira vez na última sexta-feira, dia 13 – óbvio, né? –, mas decidiu continuar com seu arrepiante hábito depois que começou a fazer sucesso nas redes sociais.

O “Palhaço de Northampton” já tem até sua própria página no Facebook, com cerca de cinco mil “curtidas”. O anônimo explica que não quer fazer mal ou atacar ninguém, e sim apenas ser visto pelas pessoas. Muitos internautas se revoltaram, dizendo que o medo de palhaços é uma condição clínica psicológica séria, e que o rapaz deveria parar com a brincadeira de mau gosto.

Fonte:http://www.pop.com.br

Chupa-cabra parece ter reaparecido no Texas

Um dos assassinos sanguinários mais temidos de todos os tempos parece ter voltado ou, no mínimo, mandado algum representante à sua altura.

Você provavelmente se lembra de ter ouvido histórias macabras a respeito do tão temido chupa-cabra, a criatura misteriosa que matava animaizinhos inocentes em algumas regiões na América do Norte e também na América do Sul, incluindo o Brasil. Esse animal, que aparentemente gostava de beber o sangue de outros animais, com certeza deixou muita criancinha com problemas para pegar no sono.

Uma história que ocorreu em 2007 no Texas foi revelada somente agora e já tem gente por aí achando que, finalmente, um chupa-cabra foi capturado. Vamos por partes, para que você entenda bem do que se trata.
Serial killer 
A nutricionista Phylis Canion relatou que sua criação de galinhas na cidade texana de Cuero estava sendo prejudicada graças à interferência de alguma criatura que matava os animais pelo pescoço e sugava o sangue dos bichinhos. Ao todo, ela perdeu 28 galinhas para o monstro sugador de sangue.
Canion até tentava procurar o animal responsável pelos danos, mas era muito difícil encontrá-lo, até porque o assassino parecia fazer seu trabalho sujo somente à noite e de madrugada. Nesses casos, a busca fica difícil devido à escuridão.
Análise
Em uma manhã, porém, sem precisar procurar, Canion encontrou um animal morto em seu quintal. O bicho era estranho demais e apresentava traços de cachorro, só que com algumas características diferentes: os olhos eram extremamente azuis, a postura era mais curvada e o rabo apresentava duas espécies de bolsas.

O animal bizarro foi levado para análise e testes de DNA revelaram que ele é, na verdade, um animal híbrido – que descende de animais de espécies diferentes. No caso do chupa-cabra em questão, sua mãe foi um coiote fêmea e seu pai, um lobo mexicano.

É ou não é?
Até o momento esse foi o único animal do tipo capturado, mas existem outros relatos de pessoas que afirmam ter presenciado ataques semelhantes. Há quem diga, inclusive, já ter visto o animal circulando em algumas regiões próximas a Cuero. Estima-se que o bicho consiga correr a uma velocidade de 56 km/h.
De acordo com Canion, esse não é o tipo de animal que se possa atrair para capturá-lo. Ela ressalta que não pretende aniquilar os “chupa-cabras”, mas conseguir colher material para realizar mais exames de DNA. Até que isso aconteça, não se sabe ao certo que animal é esse. Teria ele relação com o temido chupa-cabra? O que você acha?  Fonte: (MegaCurioso)

Bêbado afirma ter atropelado lobisomem e postou foto no Facebook

Anda circulando no Facebook uma foto curiosa. A de um lobisomem atropelado. E quem publicou a foto afirmou que estava bêbado quando o fez. O fato teria ocorrido no interior do Pará, no município de Sapucaia.

O atropelador, Mario Mourinha, confessou que foi a cachaça que o encorajou a colocar o carro em cima do lobisomem. Ainda sob efeito de álcool, Mario Moura fotografou, do celular, o lobisomem para postar em sua página no Facebook.

Galera antes de me xingarem dizendo que é fake só estou repassando a noticia

Celular flagra cena macabra e assustadora em fotografia

macabra Celular flagra cena macabra e assustadora em fotografia

Esta simples e comum foto em família foi publicada hoje no imgur.com. Não chamaria atenção se não houvesse abaixo dela o seguinte texto:

Esta é uma foto tirada por celular. A menina que você vê chorando no canto inferior direito se recusou a participar da pose e disse aos prantos que “o menininho estava assustando ela”.

Agora veja de perto:

macabra2 Celular flagra cena macabra e assustadora em fotografia

Real? Fake? Não sei dizer! Mas que é sinistro, isso é…

O incrível caso da bruxa dos Bell

 

bells2 thumb O incrível caso da bruxa dos Bell

A Bruxa de Bell é uma das histórias mais conhecidas envolvendo acontecimentos sobrenaturais no distrito de Adams, estado de Tennessee (EUA), entre os anos 1814 e 1821.

Esta é talvez uma das mais famosas histórias sobrenaturais conhecidas, talvez por que entre as pessoas que testemunharam os acontecimentos esteja o ex-presidente dos Estados Unidos Andrew Jackson.

Conta a história que as perturbações a família  iniciaram em 1817, quando John Bell teria encontrado um animal estranho em um campo de milho, dentro de sua propriedade. O animal, que tinha corpo de cachorro e cabeça de coelho, desapareceu quando John atirou nele.

Logo após este evento, coisas muito estranhas começaram a acontecer na propriedade dos Bell. Ruídos de batidas, mordidas e até mastigação eram ouvidos dentro e fora da casa.

Pouco tempo depois os filhos do casal começaram a relatar que seus lençóis eram arrancados das camas e lançados no chão por algo invisível. Uma voz contida surgia a noite, fazendo barulhos grotescos.

Mas, mesmo com tantas coisas estranhas acontecendo em sua casa, John se negava a acreditar em algo sobrenatural, o que parecia fazer com que os acontecimentos piorassem.

Os filhos do casal, Betsy e seu irmão, foram violentamente agredidos, seus cabelos foram puxados e algo batia em seus rostos, causando sérios ferimentos, porém John advertiu a família para que não contassem a ninguém o que acontecia na casa.

Um ano se passou, com acontecimentos cada vez mais violentos, até que John concordasse em quebrar o sigilo e contar aos vizinhos, James Johnston e sua esposa, o que acontecia.

A partir daí os acontecimentos bizarros que ocorriam na propriedade dos Bell já era assunto na comunidade, principalmente relatos de pessoas que ouviam uma voz citando a Bíblia, descrevendo fatos e acontecimentos em diversos lugares distantes e, por vezes cantando.

Certa vez, em 1819, o ex-presidente dos EUA, Andrew Jackson, que já tinha ouvido falar nos acontecimentos da fazenda Bell, resolveu ver de perto o que estava acontecendo.

Quando Jackson e sua comitiva estavam próximo a propriedade, sentiram uma presença invisível, que parou sua diligência. Naquele momento um dos homens afirmou que aquela entidade era uma “bruxa tamer” e que iriam eliminar o espírito.

De repente este homem começou a gritar e se contorcer. Jackson e sua comitiva ficaram na fazenda até o meio dia do dia seguinte. Muitos afirmaram que, ao sair do local, Jackson disse: “Eu prefiro lutar contra todo o Exército britânico do que lidar com a Bruxa dos Bell”.

Os ataques à família continuavam cada vez piores, a voz continuava a ameaçar John, que sofria frequentes ataques de socos e tapas no rosto,

John Bell morreu em 20 de dezembro de 1820. Seu frasco de remédio misteriosamente foi trocado por um veneno mortal. Este episódio, mesmo sendo considerado “acidental” pelo médico, foi também atribuído a bruxa.

Ao lado do corpo de John foi encontrado o frasco com o veneno. A família porém afirmou ouvir uma voz dizer: “Eu dei uma grande dose ontem à noite para John”. Mais tarde, no enterro, muitos hóspedes relataram terem ouvido uma voz rindo e cantando.

Com a morte de John, os eventos cessaram, porém Lucy Bell afirmou ter ouvido uma voz dizendo que a entidade voltaria em 1828. Antes de sua morte, John disse que uma voz teria falado com ele e previsto acontecimentos como a Guerra Civil Americana, a Grande Depressão e as duas Guerras Mundiais.

Conta-se que a entidade realmente voltou em 1828, porém afirmou que retornaria somente após 107 anos, em algum momento do ano de 1935. Muitas pessoas acreditam que a entidade voltou e passou a residir em uma caverna na antiga propriedade dos Bell e permanece lá.

bells7 thumb O incrível caso da bruxa dos Bell

Os moradores dos local relatam que é possível ouvir sons fracos de pessoas falando e crianças brincando na área da propriedade.

Muitos acreditam que Kate Batts, uma exêntrica vizinha dos Bells, que tinha um processo contra Bells sobre a posse de sua terra, havia jogado a maldição que matou John.

Com o passar dos anos, muitos pesquisadores começaram a acreditar que a bruxa era na verdade um poltergeist e que, a casa da família Bell havía sido construída sobre um cemitério indígena, o que explicariam as perturbações.

 

Aqui o pior cemitério do mundo

kansas 43 ryan metcalf thumb O sinistro cemitério do Kansas

A pequena cidade de Stull, no Kansas, é conhecida principalmente pela reputação de seu pequeno e sinistro cemitério.

Diz-se que há na Terra somente dois lugares onde Satanás aparece em pessoa, um deles é o cemitério de Stull e o outro fica na Índia. Satanás visita este cemitério duas vezes por ano, desde a década de 1850, quando conta-se que uma mão invisível assassinou o prefeito da cidade em um celeiro de pedra antiga localizado no cemitério.

Muitos visitantes do cemitério afirmaram terem sido atingidos por um vento forte, que joga a pessoa no chão e paralisa temporariamente. Coincidência, ou não, o nome da cidade foi mudado de Skull (crânio) para Stull, por ser associado com a magia negra.

Conta-se ainda que uma escada para o inferno foi encontrada na igreja de pedra antiga, localizada dentro do cemitério e que, apesar de o telhado ter caído há muito tempo, nenhuma chuva caía dentro da igreja. Há também uma cruz pendurada de cabeça para baixo na parede em direção a esta escada.

O xerife da cidade impede a entrada no cemitério, e deixa claro: “Se você entrar no cemitério em qualquer hora do dia ou da noite, sem permissão, você será preso e levado para a cadeia. Parece cruel, mas é necessário para manter os caçadores de demônios longe do local…”

Certa vez, durante uma viagem, o Papa João Paulo II, obrigou o piloto do avião em que estava a fazer um desvio, evitando passar sobre essa zona. Posteriormente, uma revista questionou a atitude do Papa e lhe perguntou porque ele havia ordenado que o avião contornasse a área do Kansas. Ele disse que não queria passar sobre “solo amaldiçoado”.

Em novembro de 1974, um artigo do jornal estudantil da Universidade do Kansas, citou estranhos acontecimentos ocorridos no cemitério. Segundo a história, o cemitério é uma das sete portas para o inferno (as outras seis estariam localizadas em Oklahoma). Foi citado ainda no artigo que, duas vezes por ano, no Dia das Bruxas e no Equinócio da Primavera, o Diabo vem para visitar o cemitério.

Embora nenhuma fonte tenha sido citada pelo artigo, os editores afirmam que os relatos datam de pelo menos 100 anos atrás e que as histórias são contadas de geração em geração. O artigo também relatou que os estudantes que foram até o cemitério tiveram perda de memória, distúrbio nos sentidos, além de se sentirem agarrados por mãos invisíveis.

Se estas histórias são ou não verdade, não há como comprovar, porém se sabe que os moradores da cidade não chegam nem perto do cemitério.

Mistérios da humanidade: Pocong

 

Pocong é uma lenda da Indonésia sobre um fantasma. Essa história de assombração fala sobre uma alma que teria ficado presa em sua roupa mortuária, pois os ritos locais não foram seguidos como manda à tradição.
A tradição da Indonésia diz que os mortos devem ser enterrados com uma mortalha cobrindo todo o corpo e amarrada sobre a cabeça, no pescoço e em outras partes do corpo, algo bastante semelhante à imagem abaixo:
A outra parte de lenda diz que a alma da pessoa morta fica 40 dias presa no corpo embaixo da terra e que após esse tempo os laços devem ser liberados para que a alma possa ir embora, porém no caso de Pocong a alma ficou presa e saiu do túmulo em busca de ajuda.
Como essa história é muito conhecida na Indonésia e países muçulmanos, diversos vídeos sobre o fantasma já surgiram, mas existe um em especial que muitos acreditam ser o verdadeiro, pois é bastante assustador e realista.
Assista o vídeo e tire suas conclusões:

 

Bem-vindo a Aokigahara, a floresta da morte

 

florestamorte Bem vindo a Aokigahara, a floresta da morte

Nas histórias de ficção, é comum se deparar com florestas sinistras nas quais a morte vive à espreita. Contudo, de acordo com o vídeo acima — postado pelo site VICE —, existe no Japão um local real que se encaixa com essa descrição. Trata-se de uma floresta localizada na base do Monte Fuji chamada Aokigahara, também conhecida como a “floresta dos suicídios”.

Segundo o vídeo, Aokigahara é um dos locais mais procurados pelos suicidas no Japão, e mais de 100 corpos são encontrados todos os anos pelas autoridades. Aparentemente, a fama surgiu depois da publicação de um livro no qual um dos personagens comete suicídio na floresta, e o local acabou se tornando popular para essa finalidade. Hoje, até existem placas pelas trilhas para dissuadir os suicidas.

Parque dos mortos

Aokigahara é aberta ao público, mas a partir de determinado ponto, devido à facilidade de que as pessoas acabem se perdendo, o acesso é restrito. E é por esse caminho que os suicidas costumam avançar, amarrando fitas pela trilha para que possam retornar no caso de que mudem de ideia. Assim, é comum que os indecisos acampem durante vários dias entre as árvores, para refletir sobre a decisão de pôr ou não um fim em suas vidas.

Além dos cadáveres, muitas vezes são encontrados objetos ritualísticos, manuais sobre o macabro procedimento e bilhetes de despedida. Historicamente, o suicídio no Japão era um ato ritual cometido pelos antigos samurais, e também existia o costume entre as famílias muito pobres de abandonar os idosos nas florestas. No entanto, hoje a motivação, infelizmente, é completamente diferente.

4 Lendas urbanas

Quem é que nunca ouviu — ou recebeu por email — uma história mirabolante sobre alguma teoria da conspiração, crime terrível, feitos impossíveis ou qualquer coisa do tipo? No entanto, apesar de muitas vezes esses fatos inclusive chegarem a se tornar parte da cultura popular, a maioria não passa de mera fantasia, cuidadosamente inventada por alguém.

O turista da morte

3995620288121427 4 lendas urbanas famosas que acabaram sendo desmentidas

Pouco depois do atentado de 11 de setembro, no World Trade Center, Nova York, começou a circular pela internet a imagem de um suposto turista que teria sido fotografado momentos antes de um dos aviões colidir contra as torres. A foto ficou tão famosa que inclusive foram criadas histórias sobre como a câmera havia sido encontrada entre os escombros, e que o corpo do rapaz jamais foi encontrado.

No entanto, a imagem apresenta várias inconsistências, e logo ficou evidente que ela havia sido criada através de programas de edição. Contudo, embora muitas pessoas tenham assumido a responsabilidade pela brincadeira de mau gosto, só recentemente o verdadeiro autor foi descoberto na Hungria. Aparentemente, ele se desculpou efusivamente às famílias das vítimas.

Roubo de rins

3995620288121521 4 lendas urbanas famosas que acabaram sendo desmentidas

Esta lenda começou a circular no final da década de 90, através de emails alertando sobre um novo e terrível crime ocorrendo as grandes cidades. Basicamente, o delito envolvia um homem em viagem de negócios, uma mulher atraente e bebidas, terminando com a vítima coberta de sangue em uma banheira cheia de gelo, descobrindo que um de seus rins havia sido roubado por experientes cirurgiões do mal.

Contudo, mesmo depois que as autoridades de diversos países pedissem que as vítimas desse tipo de crime se apresentassem, nunca nenhuma pessoa sequer veio a público, e não existe nenhum registro oficial de que esse tipo de roubo tenha acontecido alguma vez.

A Coca-Cola é capaz de dissolver dentes

3995620288121623 4 lendas urbanas famosas que acabaram sendo desmentidas

Na verdade, existem inúmeras lendas urbanas envolvendo a Coca-Cola. Algumas se provaram reais, mas muitas outras, como a de que se deixarmos um dente dentro de um copo desse refrigerante de um dia para o outro, no dia seguinte ele aparecerá totalmente dissolvido, não são verdade.

A Coca-Cola contém ácidos em sua composição — como o fosfórico e o cítrico —, assim como muitos outros alimentos. Contudo, a concentração dessas substâncias é tão pequena que, embora seja possível eventualmente dissolver um dente, isso jamais ocorreria da noite para o dia. Além disso, se a bebida fosse mesmo capaz de desintegrar um pedacinho de osso em tão pouco tempo, imagine o que ela não faria com os nossos órgãos internos!

O bom samaritano

3995620288121754 4 lendas urbanas famosas que acabaram sendo desmentidas

Você já deve ter ouvido a história do “bom samaritano”, que parou em uma estrada qualquer para ajudar um motorista em apuros a trocar o pneu. Depois de ouvir a promessa de que receberia uma recompensa, efetivamente a tal pessoa bondosa teria recebido um gordo cheque pelo correio.

Essa história já circulou tanto, que diversas celebridades chegaram a ser apontadas como sendo os generosos doadores do dinheiro. No entanto, nunca ninguém jamais veio a público para comprovar o ocorrido.

10 coisas sobre o corpo humano pós morte

10º – Estertor de Morte

O estertor da morte é um termo comum usado em hospitais para descrever o som arrepiante feito por um indivíduo. Ele ocorre após a perda do reflexo de tosse e a perda da capacidade de engolir. Isto provoca um acúmulo excessivo de saliva na garganta e pulmões. Embora raramente cause dor ao paciente, os familiares relatam, muitas vezes, um som inquietante e perturbador.

09º – Respiração

A respiração se torna anormal e é caracterizada por inspirações e expirações rápidas e, em seguida, períodos de ausência de
respiração (apneia). Assim, o coração é sobrecarregado e isso faz com que o corpo queira hiperventilar e, posteriormente, não há mais energia para respirar por um período de tempo. Isso significa que os órgãos estão recebendo menos sangue e, portanto, menos oxigênio. Sem oxigênio, as células dos órgãos começam a morrer, então os órgãos morrem e, finalmente, o indivíduo falece.

08º– Defecação

Após a morte os músculos do corpo humano deixam de receber a energia na forma de ATP. Como resultado, o intestino vai relaxar e um
movimento intestinal pode ocorrer. Isto ocorre em indivíduos que tenham feito uma refeição um pouco antes da hora da morte. Outro fator que
contribui para a defecação pós-morte é a rapidez com que o corpo de um indivíduo normalmente digere alimentos.

07º– Rigidez

Todo mundo já ouviu falar em rigor mortis ou rigidez da morte. Após a morte, o corpo contrai causando um perpétuo estado de
contração. Na maioria dos casos, o rigor mortis começa dentro das primeiras horas após a morte, e ela começa a passar depois de 24 horas.
Mesmo as pálpebras são afetadas pelo estado, por isso, se elas não forem fechadas quando ocorre o falecimento, os olhos podem ficar abertos.
06º- Coloração
(Livor Mortis) Livor mortis é a coloração vermelho-púrpura que aparece quando o sangue desce para outras partes do corpo. Não
ocorre, porém, em áreas do corpo que tocam o chão, ou que estão recebendo pressão porque os capilares são comprimidos – isto é
semelhante a pressionar o dedo em seu braço e observar suas impressões digitais em branco por cerca de três segundos. Este conceito ajuda médicos legistas determinar a posição da morte e o tempo aproximado de um crime.
05º- Redução da Temperatura
A refrigeração só se realizará se a temperatura ambiente é mais fria do que a temperatura do corpo no momento da morte. A taxa de resfriamento varia: localização do corpo (sombra contra o sol), vestuário e da temperatura ambiente. As pessoas obesas perdem calor mais devagar do que as crianças, por exemplo. 
04º– Tache Noire
Tache noire, que literalmente significa “mancha negra”, é uma escura faixa de cor marrom avermelhada que se forma horizontalmente no globo ocular. Durante a vida os olhos são mantidos úmidos, portanto, tache noire irá ocorrer em indivíduos cujas pálpebras não são fechadas
no post mortem. Da mesma forma, outras membranas mucosas como a língua irão escurecer após a exposição prolongada ao ar.

03º– Líquidos

Um líquido marrom avermelhado, com um cheiro péssimo, pode emergir dos orifícios. Ele surge como resultado da formação de gases por
todo o corpo. Quando ocorre formação de gases no estômago e intestinos, o abdômen pode se tornar tenso e distendido. Posteriormente, o aumento da pressão abdominal provoca um expurgo do líquido tingido de sangue pela boca, vagina e nariz. Um fluido de fezes emerge do reto. Se uma pessoa morre em um clima mais quente, como o Texas ou o México, o fluido de purga pode ser visto em menos de 24 horas.

02º– Perda de Pele

Os dedos e unhas são os primeiros a perderem pele, formando um acúmulo, em uma espécie de aglomerado. Isso ocorre como
resultado do inchaço gasoso do pescoço, tronco e membros. Quando os gases podres estão sob uma quantidade substancial de pressão, eles fogem do corpo junto com toda a massa que se desintegra em decomposição dos tecidos moles. Curiosamente, a pele subjacente ainda pode fornecer uma impressão digital para os examinadores.

– Maceração

Maceração significa “amolecer por imersão” em latim. Refere-se a crianças que morrem no útero, entre o sexto e o nono mês de
gravidez. Sua decomposição é um pouco diferente devido à exposição prolongada ou “imersão” no líquido amniótico. Assemelham-se um cadáver embebido em água. A pele do bebê será parecida com queimaduras ou ”queima de ebulição”, devido à sua pele escorregar do corpo. Bolhas cheias de líquido formam na criança, e os ossos são muito macios e flexíveis. Se a criança é mantida no útero por vários dias, o crânio e o cérebro entram em colapso e dão início à liquefação. Se o bebê é retirado do útero dentro de 24 horas depois da morte e o ar entra em seu corpo, a putrefação ocorre em vez de maceração.

4 Maiores construções fantasmas do mundo

A visão de crescimento do ser humano excede quaisquer limites. Nas grandes metrópoles, vemos construções gigantescas, como o Hoover Dam e o Empire State Building, as quais nós não acreditaríamos se não as estivéssemos vendo. Contudo, muitas vezes a ambição do homem vai além da sua capacidade de concretizá-la.

3 4 Maiores construções fantasmas do mundo

O resultado disso, são edificações e projetos enormes que são abandonados no meio de sua execução, gerando cidades-fantasmas modernas.

1. Maior parque de diversões da Ásia

1 4 Maiores construções fantasmas do mundo

O sonho de muitas crianças é conhecer a Disneylândia, um dos mais famosos parques de diversões da história. Talvez, esse centro de entretenimento norte-americano tivesse um grande concorrente, para não dizermos uma cópia, se este parque fosse concluído. A 45 minutos de Shanghai, atualmente o local não passa de ruínas assustadoras. Segundo a publicação, o projeto foi cancelado por causa de camponeses que entraram com ações judiciais contra a construção do parque temático.

2. Um arquipélago gigante

2 4 Maiores construções fantasmas do mundo

A partir de 2003, a economia de Dubai começou a apresentar um crescimento significativo. Com isso, excentricidades foram surgindo na cidade. Com dinheiro no bolso, não havia limites para a ousadia arquitetônica. Em um desses devaneios, foi elaborado um projeto que previa a construção de um arquipélago que reproduzisse o formato dos continentes do globo terrestre.
Todavia, quando as ilhas artificiais foram terminadas, a economia desse emirado passava por certas dificuldades, colaborando para que nenhuma pessoa se mudasse para as porções de areia criadas. Recentemente, uma das ilhas foi inaugurada ao receber visitantes em um hotel de luxo, conforme publicado pelo site Arabian Business.

3. Aeroporto fantasma

4 4 Maiores construções fantasmas do mundo

O Aeroporto Internacional Montreal-Mirabel foi o maior aeroporto visionado, tendo 397 quilômetros quadrados de área – quase tão grande quanto a cidade de Montreal a qual serviria. Ele foi projetado para suportar o transporte de 50 milhões de passageiros por ano e teve um sistema de metrô construído especificamente para ligá-lo à cidade. O aeroporto foi inaugurado em 1975 com a realização dos Jogos Olímpicos daquele ano.
Tudo ia bem até que os jogos terminassem. Foi quando o governo canadense viu que as suas projeções de passageiros para o Montreal-Mirabel passou bem longe da realidade. Hoje, o aeroporto funciona em uma pequena parcela de sua estrutura para o recebimento de cargas – o restante foi desativado ou vendido para empresas privadas.

4. O paraíso das compras

5 4 Maiores construções fantasmas do mundo

Os chineses realmente gostam de construir coisas grandes. Além da Grande Muralha da China, e do parque de diversões que acabamos de conhecer, o país também foi o responsável pelo maior shopping do planeta. O New South China Mall foi levantado na cidade de Dongguan com espaço para 2.350 lojas, uma montanha-russa de 553 metros, um parque de diversões indoor, um canal para a passagem de barcos com 2 quilômetros de extensão e réplicas de alguns monumentos, como o Arco do Triunfo.
As projeções de clientes do shopping era animadora, já que o município tem cerca de 7 milhões de habitantes. O erro foi esquecer que a maioria da população é formada por agricultores e trabalhadores de fábricas, com salários baixos que mal conseguem satisfazer suas necessidades básicas. Poucas lojas estão instaladas no estabelecimento (uma delas é o McDonald’s), sendo que 99,5% do shopping está vago.

Pescadores sobreviveram comendo cadáver de parceiro

 

Dois pescadores russos ficaram perdidos por meses em taiga, nordeste da Sibéria, um dos lugares mais inóspitos do mundo. Para sobreviver os dois homens comeram a carne do cadáver de outro pescador segundo um jornal local.
 
Porém não houve assassinato, pois o homem morreu na taiga devido as condições meteorológicas e falta de alimentos, disse um dos policiais responsáveis pela investigação do caso.
 
Os três pescadores haviam ido para Yakutia, no nordeste da Sibéria, em agosto e logo depois desapareceram. No final de novembro dois deles foram encontrados perto de um rio, a 250 quilômetros da cidade mais próxima. Mais tarde foram descobertos restos de um corpo humano, e a policia tinha suspeitas de canibalismo.
 
Quando interrogados os dois pescadores confessaram que se alimentaram por semanas com a carne de seu colega que morreu devido ao frio, pois não encontraram outra forma de se alimentarem e a fome era imensa.
 
Bizarro! Se a lenda fosse verdadeira será que eles virariam o Wendigo?
 
*De acordo com wikipédia o Wendigo é um ser mitológico formado a partir de um humano que passou muita fome durante um inverno rigoroso, e para se alimentar, comeu seus próprios companheiros. 
 
Após perpetuar atos canibais por muito tempo, acaba se tornando este monstro e ganha muitos atributos para caçar e se alimentar mais como, por exemplo, poder imitar a voz humana, escalar árvores, suportar cargas muito pesadas, e, além disso, tem uma inteligência sobrehumana
 
A taiga siberiana é uma vasta região do Norte da Rússia e do Cazaquistão que conta com uma floresta inexplorada e misteriosa com mais de 100 mil km² de área.

 

Mãe diz que deu a luz ao diabo

Criança de dois meses é capaz de desaparecer e incendiar objetos, relata colombiana

Ana dá de mamar ao filho que acredita estar possuído | Foto: Reprodução Internet
Colômbia – Ana Feria Santos, 28, afirma que seu filho de 2 meses é o filho de Satanás, depois que o bebê queimou um colchão e roupas que desapareceram em seu berço. A mãe também afirma que seu filho é capaz de produzir chamas para queimar roupas e móveis e que ele pode se transformar em um menino mais velho e assustador com “olhos de intimidação”.
Ana também relata que, às vezes, ouve o bebê cacarejar só para que ela pare perto dele, quando se aproxima.
A jovem tem medo de viver na pequena comunidade de Nueva Estrella, na costa da Colômbia, onde muitas pessoas ainda acreditam em feitiçaria. Mãe de cinco filhos, Ana continua cuidando de seu filho, que ela chama apenas de “el niño” – o menino. “Ele é satânico. Eu nunca vi isso na minha vida”, relata a jovem.
A colombiana disse que seu filho regularmente desaparece do barraco de madeira da família e que reaparece em lugares estranhos – incluindo uma tigela, a geladeira, a máquina de lavar e até mesmo uma bolsa pendurada na parede.
“A bolsa se rompeu e ele caiu no chão junto de 20 bananas. Depois, ele ficou me intimidando com os olhos”, afirmou.
A história de Ana é semelhante ao filme clássico de terror, de 1976, “The Omen”, onde um filho chamado Damien está possuido pelo demônio.
Criança ainda não tem nome. Vizinhos exigem exorcismo | Foto: Reprodução Internet
Os moradores da comunidade pobre já jogaram pedras na casa de Ana e, até mesmo, exigiram que um exorcismo fosse feito. Mas, outros afirmam que ela inventou o conto bizarro. Aana foi acusada de abuso infantil, embora os médicos descartem as alegações. “Eu pedi ajuda e as pessoas riram. Pedi ao meu Deus para me ajudar”, contou Ana ao Sun.
Fonte: Sun
Via O Dia

Fotos de fantasmas

Escolher quais são as dez melhores fotos de fantasmas é um grande exercício de subjetividade, independente dos critérios adotados para fazer tal seleção. Abaixo apresento a relação das mais autênticas “capturas” de fantasmas já feitas em filme. É claro, hoje em dia praticamente qualquer foto pode ser manipulada, e não posso garantir que talvez alguma destas aqui apresentadas também não tenha sido. Mas é importante destacar que essas imagens foram feitas há muitos anos, ou mesmo décadas atrás. Nesta época não existia câmera digital, muito menos o Photoshop, famoso software de manipulação, tornando quase que impossível uma falsificação, muito diferente do que se vê nos dias de hoje.

10. Foto de Queensland, 1946

Foto de Queensland, 1946

Capturada em 1946 em Queensland, Austrália, por uma mãe que estava tirando uma foto do túmulo de sua filha adolescente. Ninguém estava à vista no momento, mas quando a imagem foi revelada uma criança apareceu sentada no túmulo. A mãe não reconheceu a criança como sendo sua filha, reduzindo assim (embora não esteja descartado) a possibilidade de que seja uma dupla exposição.

9. Os rostos do S.S. Watertown, 1924

Os rostos do S.S. Watertown, 1924

Esta famosa foto foi tirada em 1924, aparentemente mostra os rostos de dois tripulantes recentemente falecidos aparecendo nas ondas ao lado do navio mercante SS Watertown. A equipe de filmagem relatou que os rostos foram vistos vários dias depois, e foram identificados como sendo de dois tripulantes, que morreram sufocados durante a limpeza de um tanque de óleo dias antes. A Agência Detective Burns, analisou a negativa do filme e comprovou, não a nenhum tipo de montagem.

8. Aparição no edifício Wem, 1995

Aparição no edifício Wem, 1995

Esta famosa foto de uma menina olhando pela janela foi tirada durante um incêndio em 1995, na estrutura do Wem Town Hall, em Shropshire, Inglaterra. Registrada por um fotógrafo que estava no outro lado da rua, nada de anormal foi visto no momento em que a captura era feita, mas uma vez que a negativa foi revelada, percebeu-se o que parecia ser uma menina em pé na janela do prédio em chamas. Os Bombeiros acharam a foto tão perturbadora que após o incêndio ter sido controlado, entraram para vasculhar as cinzas e procurar os restos de algum corpo, mas nada foi encontrado, deixando todos curiosos, e querendo saber quem seria a tal menina. Por trás desta foto há uma lenda local, que afirma que uma jovem chamada Jane Churm, acidentalmente queimou a prefeitura no ano de 1677, quando deixou cair uma vela no chão. Seu fantasma tem a fama de assombrar a prefeitura de Wem desde então.

7. Bacharel Grove Cemetery, 1991

Bacharel Grove Cemetery, 1991

Uma dessas fotos “muito bom para ser verdade”, porém esta foto tem uma fonte bastante segura, porque foi tirada por um investigador paranormal profissional (importante destacar também que a captura foi feita em plena luz do dia, ao contrário da maioria das investigações feitas em cemitérios, que são quase sempre realizadas à noite). A foto foi tirada no Bacharel Grove Cemetery, em Illinois, pela Sociedade de Pesquisa Fantasma em 10 de agosto de 1991. O fotógrafo Mari Huff estava usando uma película de alta velocidade monocromática na área onde o equipamento tinha detectado diversas anomalias eletromagnéticas, e capturou esta imagem, uma mulher de corpo inteiro, vestindo uma mortalha funerária e sentada em uma lápide. Note que as partes inferiores das pernas parecem ser transparentes.

6. O espírito de Corroboree Rock, 1959

O espírito de Corroboree Rock, 1959

Tirada pelo Reverendo R.S. Blance em Corroboree Rock, perto de Alice Springs, na Austrália, em 1959, esta famosa foto vem, durante muitos anos, desafiando especialistas no assunto, porém até hoje ninguém sabe explicar o que aconteceu naquele dia. Esta é uma daquelas fotos que não seria difícil ser criada com o moderno software de manipulação de fotos (ou seja, Photoshop), mas é quase impossível que isso tenha sido feito, pois a captura foi feita em 1959.

5. Foto de HMS Daedalus, 1919

Foto de HMS Daedalus, 1919

Outro clássico e uma das melhores captações, esta fotografia de 1919, tirada pelo oficial reformado da RAF Sir Victor Goddard, mostra seu esquadrão da Marinha Real no navio HMS Daedalus. Observe o rosto transparente olhando em torno do homem no canto superior esquerdo da foto. Vários homens deste esquadrão identificaram este rosto como pertencente ao mecânico Freddy Jackson, que tinha sido morto dois dias antes, quando ele acidentalmente entrou em uma pá de hélice que estava girando. O seu funeral foi realizado exatamente neste dia.

4. Toys-R-Us, 1978

Toys-R-Us, 1978

Uma das melhores e mais “respeitadas” fotos de fantasmas, porque foi capturada em circunstâncias cuidadosamente controladas e com várias testemunhas presentes, tornando uma falsificação praticamente impossível. Tirada em 1978, em Sunnyvale, Califórnia, no Toys-R-Us, local conhecido por armazenar uma enorme quantidade de atividade paranormal, a foto foi registrada pela equipe do programa de TV That’s Incredible! A imagem, que foi feita com infravermelho, mostra um jovem encostado na parede, porém ele não foi visto por nenhuma das pessoas que estavam presentes no momento, também não apareceu na filmagem de alta velocidade disparada ao mesmo tempo do infravermelho. Há uma história que, em 1869, um jovem morreu no local onde hoje é a loja, devido a um grave ferimento provocado com um machado.

3. Foto do senhor de Combermere, 1891

Foto do senhor de Combermere, 1891

Esta foto é bem conhecida, talvez, um dos mais antigos exemplos de um espírito Bonifide, que foi registrada na Biblioteca Abbey Combermere, em 1891, por Sybell Corbet. A duração da aparição foi de aproximadamente uma hora, e a figura parece ser de um homem, que está sentado na poltrona localizada em primeiro plano. Na época em que esta fotografia foi feita, Lord Combermere (um comandante superior da cavalaria britânica) estava sendo enterrado a quatro quilômetros de distância em sua casa. A biblioteca também estava vazia e fechada no momento. Além disso, aqueles que conheciam Lord Combermere afirmam que a figura na foto é do próprio comandante.

2. A foto de Chinnery, 1959

A foto de Chinnery, 1959

Ao visitar o túmulo de sua mãe, em 1959, a Sra. Mabel Chinnery decidiu tirar uma foto de seu marido sentado no carro. Quando o filme foi revelado, uma figura feminina apareceu sentada no banco de trás. Sra. Chinnery e vários membros da família insistem em dizer que a figura feminina é a de sua mãe, que parece ter tomado seu lugar habitual no banco de trás e está esperando pacientemente para ser levada para casa. Um perito analisou a impressão fotográfica e declarou que não se trata nem de reflexo, nem de uma dupla exposição. Observe que a “mãe” parece ser um fantasma bastante sólido, sem nenhum indício de transparência ou de luz das janelas traseiras brilhando através dela. Até mesmo os óculos parecem refletir a luz!

1. A senhora Brown de Raynham Hall, 1936

A senhora Brown de Raynham Hall, 1936

Talvez a mais famosa de todas as fotos de fantasmas, esta captura altamente controversa foi feita em 1936, por fotógrafos enviados pela revista Country Living Londres para tirar algumas fotos do interior de Raynham Hall, em Norfolk, Inglaterra. O que também é interessante sobre essa fotografia é que, a figura espectral de uma mulher descendo a escada foi vista segundos antes da imagem ser registrada, contrariando muitos relatos de que o fantasma só aparece no momento da revelação do filme. Os negativos desta foto foram examinados por centenas de especialistas (e não apenas por um pequeno número de céticos). Não foi encontrada nenhuma evidência de que se trate, ou de uma brincadeira ou uma de dupla exposição.

Fonte: oceucho.com.br

Por que sentimos medo do número 13?

http://2.bp.blogspot.com/-HY4Dnav7Kjk/Tc7gaZGYVjI/AAAAAAAAAL8/6UewJcq3grY/s1600/numero13%2B%2525281%252529.jpg

O número 13 faz parte das superstições de inúmeras culturas, sendo tão popular que inclusive existe um nome para a fobia relacionada a ele — a Triscaidecafobia —, assim como existem grupos de ajuda para quem deseja superar o medo. Mas você sabe de onde é que tiraram a ideia de que um número pode ser tão maldito assim?

De acordo com o pessoal do site wise GEEK, o medo relacionado ao número 13 existe há séculos, e muita gente se baseia em explicações históricas e mitológicas para justificar a sua maleficência.

Um dos mitos relacionados ao fatídico número é de que o 13º artigo do famoso Código de Hamurabi teria sido omitido, quando, em realidade, o tal código nem sequer é numerado. Outro mito associaria o número 13 ao cristianismo, baseado no número de apóstolos que participaram com Jesus da última ceia, sendo Judas o 13º a se sentar à mesa — além de ter sido ele o homem que traiu Cristo.

Entretanto, o medo em si pode estar relacionado a outros problemas, como a ansiedade e a depressão, por exemplo, fazendo com que as pessoas acabem associando emoções negativas a um número específico (o 13 já se tornou famoso mesmo, juntamente com o 666), sentindo-se mais estressadas e temerosas em datas como a “Sexta-Feira 13”.

Assim, para superar o medo irracional dos números — porque, convenhamos, é irracional! —, o melhor mesmo é tentar encontrar a origem do problema, desvendando o que é que realmente nos faz direcionar nossas emoções negativas a um simples e inocente número.

3 Bestas que Habitaram a terra

http://upamais.com/images/02336186852855066929.jpg

Pope Lick Monster
 http://1.bp.blogspot.com/-iK3pOZGEnFA/T0PhiggOJfI/AAAAAAAAA18/dhoN6edxuZs/s400/mostro1.jpg
Na maioria dos contos, o Papa Lick Monster aparece como um homem-bode com um corpo grotescamente deformado de um homem. Forte, as pernas cobertas de pêlo de cabra, um rosto de alabastro, com um nariz aquilino e olhos largos.
Curtos e afiados chifres salientes na testa, alinhados no cabelo gorduroso, combinava com a cor da pele das pernas. Numerosas lendas urbanas existem sobre a origem da criatura e métodos que empregam para reivindicar suas vítimas.
Segundo alguns relatos, a criatura usa a hipnose ou a voz para atrair os invasores e efetuar o ataque antes da vinda de um trem. Outras histórias afirmam que o monstro pula do cavalete sobre os telhados de carros passados sob ele. No entanto, outras lendas contam que ele ataca suas vítimas com um machado manchado de sangue.
Goatman
 http://2.bp.blogspot.com/-_DSeR9KEZdE/T0Php6C47OI/AAAAAAAAA2E/M2Gb2yOdQvI/s400/mostro11.jpg
Descrito como um animal híbrido que traz uma mistura horrível de cabra com características humanas, chifres de bode, caracterizando o horror, parecendo ser uma moderna releitura das sátiras antigas encontradas na mitologia grega.
No entanto, testemunhas afirmam que esse demônio não é uma invenção de fora da mitologia, mas uma vida, respiração carne, sangue e criatura, que não deve ser menosprezada. O primeiro relatório deste vem de 1957, quando testemunhas disseram ter visto um chifrudo, um monstro peludo nas áreas de Forestville e Upper Marlboro no Condado de Prince George’s.
Seguindo essa onda de avistamentos, a besta aparentemente decidiu calar até o verão de 1962, quando o Goatman foi acusado de matar pelo menos catorze pessoas – doze crianças e dois adultos – aparentemente, caminhando muito perto de seu covil. Os sobreviventes, que, naturalmente, permanecem sem ser identificados, afirmaram que o Goatman corta violentamente suas vítimas em pedaços com um machado ao mesmo tempo em que emitem sons medonhos.
Jersey Devil
 http://3.bp.blogspot.com/-T_dFQ9d8g4E/T0Phw3m4XII/AAAAAAAAA2M/ybkXns9UUSM/s400/j.jpg
É dito que a besta da imagem acima habitou o sul de Pine Barrens em Nova Jersey, com relatos que se  iníciam em 1800 e continuam até o século 20. A criatura é descrita como um bípede voador com patas, asas de morcego e uma cabeça parecida com um cavalo.
A lenda é de uma criatura derivada de um conto sobre “Mãe de Leeds”, uma bruxa local, que invocou o demônio ao dar à luz seu 13 º filho. Quando o bebê nasceu, imediatamente transformou-se em uma criatura demoníaca e voou para o Pine Barrens. O Jersey Devil foi responsabilizado por inúmeras mortes de gado  e sons bizarros.
No início de 1900, dezenas de pessoas em New Jersey e estados vizinhos alegaram ter presenciado o Demônio de Jersey ou ver a evidência de que o demônio havia passado por ali.