Ufólogos acreditam que a NASA teria capturado imagens de OVNI próximo à Terra

http://img.ibxk.com.br//2015/01/22/22175752113150.jpg?w=1120&h=480&mode=cropImagine que você, sem nada melhor para fazer, decide acessar o canal da NASA e dar uma bisbilhotada no que está acontecendo na Estação Espacial Internacional. Então, de repente, você vê que surge um objeto cinza em cena que parece estar voando próximo à Terra. Aí, você se endireita para ver melhor o que é que apareceu na tela e… a agência espacial corta a transmissão!

Pois de acordo com o pessoal do portal Inquisitr, isso aconteceu no último dia 15 de janeiro, e ufólogos que acompanhavam o canal da NASA que transmite imagens em tempo real capturadas pela Estação Espacial Internacional acreditam que o tal objeto possa ser um OVNI. Assista ao vídeo a seguir:

O suposto objeto foi flagrado por uma câmera de alta definição montada no exterior da estação espacial, e o equipamento faz parte de um projeto da NASA de capturar as mais nítidas imagens do nosso planeta. Evidentemente, o vídeo está fazendo o maior sucesso em sites e canais de ufólogos mundo afora, e o fato de coincidentemente a transmissão ter sido cortada no momento em que o objeto entra em cena só alimenta as especulações.

Na verdade, notícias relacionadas com imagens como essa são bastante comuns e postadas quase diariamente. No entanto, a grande maioria das ocorrências tem fácil explicação, como partículas de poeira que ficam presas nas lentes das câmeras ou distorções provocadas por alguma fonte luminosa. Com respeito ao corte na transmissão em tempo real, esse também é um problema técnico bastante frequente.

No caso do suposto OVNI do vídeo, a agência espacial não ofereceu nenhuma explicação ainda, mas alguns céticos apontaram que o objeto pode se tratar simplesmente da Lua. E você, caro leitor, o que acha?

Varias pessoas avistam ovni durante tempestade nos EUA

O norte-americano Andrew Pena registrou diversas luzes no céu durante uma tempestade em Houston, no estado do Texas, no último dia 11 de agosto. Até aí, nada mais que um relato isolado que logo cai na desconfiança dos internautas na web. Entretanto, centenas de pessoas avistaram o mesmo fenômeno na cidade e o caso logo se espalhou pelas redes sociais.

http://1.bp.blogspot.com/-_rzxiv7v5FA/VAC7pVO7XdI/AAAAAAAAAi0/oZYWrEh__Vw/s1600/Bu0nginCAAA_Oa6.jpg

Na gravação feita pelo músico, é possível ver um objeto arredondado com diversas luzes no meio de nuves na tempestade. Pelo Twitter, diversos usuários relataram ter avistado um objeto voador não identificado com as mesmas características vistas na gravação de Andrew Pena. Fotos também confirmam a semelhança da aeronave com o que foi dito na web. Abaixo você pode conferir um vídeo do avistamento:

Continue lendo “Varias pessoas avistam ovni durante tempestade nos EUA”

Barulho no espaço

Pois é meus amigos, talvez nós não estejamos completamente sozinhos no universo, prova disso é que recentemente cientistas divulgaram o recebimento de sinais de rádio vindas de fora do planeta Terra. Os sinais foram captados pelo radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico. A dificuldade de determinar a origem exata dos sinal é gigante, mas há esperanças.

https://i.ytimg.com/vi/aJVAE_0RDsI/maxresdefault.jpg

Algumas suposições já estão sendo avaliadas, entre elas esta a possibilidade de que os sinais venham da evaporação de buracos negros, da fusão de estrelas de nêutrons ou de explosões de magnetars. Os impulsos captados se repetem milhares de vezes durante o dia, porém sua duração é de uma fração de segundo.

alien

Fonte: EU TE SALVO

Homem pode ter fotografado OSNI em lago do Michigan

osni ovni

29 de agosto de 2013 – Fotógrafo amador pode ter fotografado um OSNI/OVNI entrando ou saindo de lago no Michigan, nos Estados Unidos. O caso foi reportado à MUFON apenas em 23-04-2014. E é muito curioso. Eu ainda não encontrei uma explicação convencional para o que vemos na fotografia, realmente parece que algo muito grande entrou ou saiu da água do lago. Acompanhem o depoimento do autor da foto e posteriormente vejam a foto original e algumas imagens que editei a partir da foto original.

Segue:

“Eu estava de férias com um amigo no ano passado, a leste e oeste de Michigan em torno do lago Lelanau e Suttons Bay … tirei um monte de fotos com uma portátil, de bolso de estilo , Panasonic HD ” point-and -shoot ” lente dobrável … e comecei a “melhorar a cor ” das minhas fotos usando o Photoshop . Como eu também estava ajustando o ” nível de brilho ” … eu notei algo bizarro e distante no lago … e não consegui explicar exatamente o que parece estar ” saindo ” … ou ” mergulhando ” na água.

Estou frustrado … devido ao fato de que eu não vi nada a olho nu quando eu tirei a foto … Dada a experiência da MUFON, deduzi ser algo realmente não identificável , como um OVNI / OSNI ” versus ” isto pode ser explicado ” … Alguém pode dar alguma luz sobre o que isso pode ser? Tomei várias outras fotos com alguns pássaros voando … e, francamente, dada a grande distância que está na foto, o objeto não parece ser da costa … além do fato de que ele não é um ” pelicano mergulhando ” , um ” guindaste ” …. nem claramente é qualquer ave … Eu não estou apto para explicar . Não havia aviões leves nos locais ao redor, ninguém de pára-quedismo nas águas, sem grandes veleiros de cruzeiro … barcos apenas ocasionais a motor e, em suma , nada fora do comum que se poderia razoavelmente “ouvir” … ou “ver” a olho nu.

Eu não tenho nenhuma explicação racional que impediria de ser um OSNI. Eu sou um ex-projetista de ferramentas , bem como um artista … e meu forte é “detalhes” … com uma tolerância de “mais ou menos ” 0,005 polegadas! Gostaria muito de descobrir se alguém em Michigan viu algo parecido com isso … ou com os olhos , OU … em uma foto visualizada após o fato, como aconteceu …”

Fotos de Marte!

As imagens do post são REAIS e apesar de sabermos que é impossível ter vida no planeta vermelho, essas imagens são assustadoras e só fazem aumentar as discussões sobre vida em outros planetas.

Enfim, confira aí algumas das mais famosas imagens de possível vida extraterrestre em Marte:

Lagarto

Rato

Lagarto Rato

A Dama de Marte

Rosto

Corações

Cabeça de Alien

Algumas dessas imagens têm mais de duas décadas, mas até hoje nada foi confirmado se elas são prova da existência de vida em Marte ou apenas rochas. Alguns teólogos e amantes de teorias da conspiração acreditam que a NASA esconde as reais evidências de vida por lá, e você o que acha?

Acredita em extraterrestre?

Para quem acredita em vida extraterrestre.

Alien

Há tipos diferentes de pessoas que buscam evidências de vida alienígena, formas de pensamento distintas gastando parte significativa de suas existências debruçados sobre essa possibilidade. Um deles são os caçadores de mistérios, loucos para que os arquivos secretos do governo americano (como os sobre o caso Roswell) sejam abertos ao público. Mas o mais prolífero tipo de pesquisa a este respeito provém dos cientistas que investigam a existência de formas de vida (pode ser uma bactéria) fora da Terra.

Muito menos sedutora que a ideia de homúnculos verdes com braços compridos, provenientes de uma civilização muito mais desenvolvida que a nossa, com raio laser, comunicação mental e teletransporte, o cientistas espaciais vasculham o que se tem acesso do universo atrás de regiões que tenham semelhanças estruturais com a Via Láctea, corpos celestes que possuam características que permitam a proliferação da vida, onde haja resquícios de formas primitivas de vida.

Essa é uma questão polêmica. Desde sempre estamos rodeados por feitos que não conseguimos explicar: como foram construídas as pirâmides do Egito? como foram feitas as marcas no deserto de Nazca, no Peru? “Eram, os deuses, astronautas”? Enfim, o ser humano não suporta a ideia de um universo tão grande e somente um planeta habitável. Independente da teoria, ainda não conseguimos encontrar nenhum planeta habitável. Há relatos de contatos extraterrestres, arquivos secretos sobre possíveis corpos alienígenas dissecados, mas nunca vimos um planeta com nenhuma bactéria sequer.

Kepler-62f_with_62e_as_Morning_Star

No meio astronômico há uma competição para saber quem irá encontrar um planeta com condições similares as da Terra. A grande descoberta deste ano foi o planeta Kepler-78b, que é 1,2 vez maior que a terra, e que possui uma massa de 1,7 vez da Terra. Isso significa que a densidade desse planeta é muito próxima do nosso. E mais, a composição da superfície é muito parecida: rochas e ferro.

Porém, há muitas variáveis para que Kepler-78b seja um planeta considerado habitável. Diferentemente da Terra, fica muito próximo de seu sol, fazendo a temperatura de sua superfície chegar a 4.700º C. Além disso, seu movimento de translação (rotação em torno do sol) dura somente 8 horas e meia ou seja, em um dia da Terra, Kepler-78b já completou 3 anos, aproximadamente.

Apesar desse planeta passar longe das características necessárias para que exista vida como a conhecemos, essa descoberta é muito importante, pois nunca se imaginou encontrar um exoplaneta com essas características. A descoberta desse planeta, entre outras evidências, levou os cientistas de Universidade da Califórnia e do Hawaii a anunciar uma afirmação probabilística interessante: Vinte por cento dos sistemas solares em nossa galáxia têm um planeta de proporções semelhantes ao nosso com possibilidade de abrigar vida.

O time de pesquisadores afirma que a proporção não deve ser lida como uma relação de causalidade lógica. Possibilidade de abrigar vida não quer dizer que Haja vida. Diferentemente dos curiosos e especialistas amadores em buscas alienígenas, e muito menos divertido, diga-se de passagem, as certezas acadêmicas são muito mais modestas e, tão logo encham nosso espírito de expectativa com um anúncio oficial de uma descoberta, como foi a do Kepler-78b, logo frustra a audiência comum revelando ser apenas mais uma pista. Mas ciência se faz assim, lentamente, e garanto que os pesquisadores da Califórnia ficaram tão eufóricos com o Kepler quanto um curioso que vê um disco estranho na noite de São Tomé das Letras.

Como curiosidade, abaixo segue o famoso vídeo supostamente feito no Novo México, em 1947, da autópsia de um alienígena resgatado de uma espaçonave que teria caído naquela região. O incidente ficou famoso como “O caso Roswell”:

Objeto de 50km sai da terra na Africa e assusta população

 De acordo com o site www.telegraph.co.uk, avistamentos de OVNIs na costa da Cidade do Cabo, África do Sul, aumentaram dramaticamente.  O artigo publicado menciona que esta seria uma indicação de que os habitantes daquela cidade estariam sob vigilância por vida de outro planeta, de acordo com um site especializado em registrar tais eventos.

Gert Jordaan, fundador do site UFO Research of SA, disse que entre 21  e 27 de fevereiro, muitas pessoas relataram ter visto luzes alaranjadas brilhantes, bem como chamas no céu.
Ele disse que, apesar de algumas das luzes poderem ser atribuídas às chuvas de meteoros, outras podem ter explicações mais interessantes.
“Embora meteoros brilhem com um tom alaranjado, alguns dos avistamentos relataram mudanças radicais em velocidade e direção.  Alguns objetos até mesmo permaneceram estacionários por cinco minutos aproximadamente.  Podem estar ocorrendo fenômenos de OVNIs nas regiões ao redor da Cidade do Cabo“, ele disse ao jornal Times.
O Sr. Jordam disse que uma outra explicação foi que poderiam haver “algum tipo de aeronave super secreta” que esteja sendo testada no Cabo Ocidental.
Nicola Loaring, astrônoma para o Observatório Astronômico Sul Africano, falou ao jornal que a explicação mais provável para todos os avistamentos tenha mesmo sido chuvas de meteoros.
“Elas são muito comuns. Elas tem o brilho alaranjada, algumas vezes verde, podem mudar de cor, e geralmente terminam com a cor branca” disse ela.
Ela também mencionou que as pessoas poderiam estar mais cientes sobre tais ocorrências, especialmente depois das recentes previsões de fim do mundo.
“Quanto eles vêem uma luz, eles pensam que o fim do mundo está próximo“, disse ela.
O relatório foi liberado logo após o lançamento de uma operação de resgate, em 24 de fevereiro em Port Alfred, na região leste do Cabo, quando uma testemunha íntegra relatou ter visto um avião aterrissando no mar, próximo ao delta do Rio Bihra.
Uma declaração liberada pelo Instituto de Resgate Marítimo Natural, disse que a polícia foi alertada e que um barco de resgate foi lançado após o relato, às 20h00.
Foi dito que a Autoridade de Aviação Civil, bem como grandes e pequenos aeroportos pelo país, foram alertados para investigar quaisquer sinais de aeronaves perdidas, mas nada foi reportado.
“Nenhum reporte de aeronaves perdidas ou atrasadas foi enviado e não houve sinais de quaisquer acidentes de naves, ou objetos caindo do céu naquela região“, disse uma declaração.
Ainda não está claro o que a testemunha confiável testemunhou.  O objeto foi descrito como emitindo o som de uma aeronave que estava mergulhando do céu em direção à Terra, antes de desaparecer, parecendo ter caído.

Objeto misterioso é filmado passando pelos céus dos Urais, Rússia

Sinal-misterioso-aparece-nos-céus-dos-Urais-na-Rússia

Um objeto misterioso foi visto sobrevoando as cidades de Kurgan e Yekaterinburg, Rússia, no lado asiático dos Urais.

Ao entardecer, muitas pessoas que vivem na região dos Urais viram o objeto, que chegou a ser filmado.

De acordo com o site segnidalcielo.it, imediatamente o alarme soou para alertar a provável queda de um meteorito, então prevaleceu o pânico entre os habitantes das cidades onde o objeto misterioso era claramente visível . Muitos lembraram os acontecimentos de 15 de fevereiro deste ano, quando um meteoro explodiu sobre Chelyabinsk, causando danos às casas e mais de mil feridos.

No vídeo pode-se ver um objeto cônico. Depois de alguns minutos o corpo se transforma em ponto de luz e se dissolve.

Certamente o objeto será declarado como um teste de míssil, ou algo similar pelas autoridades.  Mas como ainda não foi classificado, trata-se ainda de um OVNI (Objeto Voador Não Identificado).

Veja alguns dos vídeos publicados sobre o evento

Marcas deixadas no solo por aterragens de naves extraterrestres

As aterragens de ovnis são muito frequentes, e elas deixam no terreno uma marca circular mais ou menos ampla,em seu interior a massa vegetal fica queimada e removida ou mesmo desaparece por completo. Esses lugares,geralmente são tomados por fortes doses de radioatividade,nunca mais qualquer forma de vida poderá se desenvolver,pois a terra torna-se estéril. Na grande maioria dos casos, nos dias subsequentes aos pousos, pode-se notar que as áreas afetadas sofreram uma espécie de torção rotativa tão violenta que o capim crestado chega ao ponto de estar totalmente revolvido!

Ted Phillips, é um dos maiores especialistas mundiais nesse aspecto bastante peculiar do fenômeno OVNI. Tendo examinado mais de 500 sítios de pousos desses objetos, em precisamente 69 países, ele hoje tem um verdadeiro museu particular. Suas pesquisas permitiram concluir que em decorrência daquilo que é classificado como ”efeito solo-ufo”, suas milhares de amostras devidamente classificadas demonstram que o solo fica totalmente ressecado quando por ocasião do pouso de um ovni e de maneira impressionante fica incapaz de receber hidratação.. Isso significa que além de se tornarem definitivamente estéreis sem que nada nelas jamais possa germinar, ao receberem água essas partículas de terra simplesmente a rejeitam e tendem a flutuar indefinidamente.

Agora algumas imagens que selecionei dessas marcas que são deixadas no solo de várias plantações por todo o mundo:

Fonte: http://etslight.blogspot.com.br

Triângulo das Bermudas!Seus mistérios

Triângulo das Bermudas

Durante séculos, barcos, navios e aviões desaparecem sem deixar vestígios no triângulo das bermudas. Relatos de testemunhas oculares que sobreviveram aos acidentes são inexplicáveis até os dias de hoje, como bússolas que começam a girar descontroladamente, alteração no tempo, e outras experiências marítimas totalmente fora do normal, muitas vezes classificadas como paranormais ou sobrenaturais. Isso ocorre porque não há nenhuma prova científica concreta para justificar essas ocorrências.

Onde fica o Triângulo das bermudas?

Bermuda-Triangle-39929428462_xlargeO Triângulo das Bermudas fica localizado entre a Flórida, Porto Rico e Bermuda, uma ilha de 480km ao largo da costa da Carolina do Norte. A costa da Carolina do Norte é famosa por ter águas agitadas, e na linha do triângulo das bermudas a área ficou conhecida como Cemitério do Atlântico, devido ao grande número de naufrágios e acidentes na região.

A região perto do Caribe é uma das vias mais movimentadas do mundo. Compreensivelmente, sem qualquer prova científica para fundamentar as alegações de causas sobrenaturais do Triângulo das Bermudas, a Guarda Costeira dos EUA não reconhece o desaparecimento de barcos e navios como algo mais do que simples riscos marítimos.

Teorias Científicas para os Desaparecimentos

bermuda_triangle_600x450

Redemoinhos
O Triângulo das Bermudas possui as águas mais profundas do planeta, e por isso é importante considerar que quando se examina as causas dos desaparecimentos que ocorreram na área, onde a temperatura das águas pode variar, é possível que apareçam redemoinhos com força o suficiente para puxar um navio cargueiro para o fundo do oceano.

Gás Metano
Existem várias bolsas de gás metano no solo marítimo, algumas plataformas de gás perfuram o solo marinho para extrair esse gás, e isso ocorre em qualquer oceano do mundo. Porém, se houver um terremoto ou deslocamento de terra que possa liberar grande quantidade desse gás, o gás alteraria drasticamente a densidade da água, e se caso um navio passasse por cima dessa liberação de gás, é muito provável que o navio afunde em apenas alguns minutos.

Piratas
As águas do Caribe sempre foram famosas pela grande atividade de Navios Piratas no passado, e ainda é possível existirem piratas modernos saqueando navios pela área.

Ondas Gigantes
Não confunda uma onda gigante com um Tsunami, que é causado por um terremoto. As condições para que ocorra uma onda gigante requer apenas águas muito profundas e fortes correntes. Com a introdução de imagens de satélite, a comunidade científica já não nega a existência de ondas gigantes. Em 2000, um navio de pesquisa oceanográfica britânico encontrou uma onda gigante de 61 metros. Recentemente chegaram a encontrar ondas de até 95 metros de altura, e além disso a Agência Espacial Européia registrou 10 ondas gigantes de 82 metros de altura, e em alguns casos ainda maiores.

Trombas d’agua, tornados, ciclones e furacões
Oceanos de água quente podem gerar trombas d’agua, tornados, ciclones e furacões repentinamente. Antigamente, sem monitores meteorológicos de qualidade, não era possível medir essas frentes de tempestade emergentes. Trombas d’agua podem aparecer do nada e desaparecer tão rapidamente como eles foram criados. Muitos acreditam que este tipo de condições atmosféricas na região do Triângulo das Bermudas sejam responsáveis pela maioria dos desaparecimentos.

Teorias Sobrenaturais

Pirâmide Atlante

Existem também muitas teorias sobrenaturais sobre o Triângulo das Bermudas. Essas teorias incluem tudo o que você pode imaginar que se enquadra na categoria do inexplicável. Algumas das teorias são:

Buracos Negros
Alguns acreditam que possa existir buracos negros no fundo do oceano, causando imensos redemoinhos que puxam os navios para um infinito de escuridão

A Pirâmide de Cristal dos Atlantis
Na leitura de Edgar Cayce sobre a civilização de Atlântida, ele relata uma pirâmide de cristal gigante que ficava na superfície do mar na época dos Atlantes. De acordo com Edgar, a pirâmide era uma fonte de energia para guiar as aeronaves atlantes. Edgar diz que a pirâmide continua submersa em algum lugar no meio dos 3 milhões de quilômetros quadrados do Triângulo das bermudas, e afirma que seja possível que em dias ensolarados o reflexo do cristal pode ser tão forte que é capaz de interromper os equipamentos eletrônicos das aeronaves e navios que estão por perto, de modo que eles perdem toda a referência de direção e a capacidade de comunicação.

Monstros Marítimos
Histórias marítimas falam sobre enormes criaturas marítimas que são capazes de naufragar barcos e navios, como Krakens e peixes gigantes. Atualmente têm sido provado cientificamente que é possível existirem esses tais animais em oceanos profundos, e em 2012 uma expedição da Discovery Channel conseguiu captar imagens de uma lula com mais de 7 metros de altura.

Portais do Tempo
Um piloto chamado Bruce Gernon relatou em seu livro que durante um vôo de Andros Island para Ft. Lauderdale ele enfrentou uma grande tempestade sobre o Triângulo das Bermudas, e que repentinamente ele entrou em um túnel do tempo. Bruce alega que ele chegou ao seu destino 30 minutos mais cedo depois de passar por esse túnel e ainda utilizou nove litros a menos de combustível na viagem.

OVNIS (Objetos Voadores Não Identificados) e OSNIS (Objetos Submarinos Não Identificados)
Cristóvão Colombo descreveu ter visto estranhas luzes dançantes no céu durate o seu percurso pelo Triângulo. Mais tarde ele relata ter visto também um objeto de luz submergir do oceano. Além disso, Colombo relatou que nessas duas ocasiões a bússola estranhamente começava a apontar para o sul. Há muitos relatos atuais sobre avistamentos de OVNIS e OSNIS na região do triângulo das bermudas, e algumas teorias dizem que esses objetos utilizam esses portais do tempo e buracos de minhoca para entrar e sair do nosso planeta.

Alienígenas curam quatro crianças de câncer

Esse é o incrível relatório de 14 doutores altamente respeitados e membros do Pyrenees Hospital de Los Ninos em Andorra, Espanha.

Eles viram extraterrestres de 1.5 m de altura usar sua “magia” em quatro crianças doentes terminais no período de um mês. “Eu não pude acreditar em meus olhos“, disse a enfermeira noturna Lupe Montoya que estava trabalhando no setor de oncologia do hospital das crianças durante a primeira visita alienígena.

Eu estava preenchendo relatórios quando vi duas pequenas criaturas caminharem na minha direção. No princípio eu pensei que duas das crianças estavam fora de suas camas e assim eu me levantei para levá-las de volta para os seus quartos. Mas quando me aproximei vi eles não eram humanos. Tinham uma cor castanha, com cabeça e olhos amendoados grandes. Eles não pareciam com nada encontrado nesse planeta. Eu tive medo porque eles pareciam muito misteriosos. Mas ao mesmo tempo eu sentia um tipo de inteligência amorosa nesses estranhos olhos“.

A enfermeira Montoya diz que as criaturas entraram no quarto de Juan Lopez, um menino de 7 anos, que esperava-se que morresse de leucemia dentro de uma semana. Ela alertou o guarda de segurança e chamou o Dr. Tomas Ruiz que estava cuidando de outro paciente.

Quando caminhamos em direção ao pequeno Juan, seu quarto estava banhado de uma luz dourada brilhante“, disse o Dr. Ruiz.

Os alienígenas estavam ao lado da cama. Parecia existir um laço místico entre eles e o menino. Um dos seres tocou a testa de Juan, com suavidade, com seu dedo longo e ele foi cercado imediatamente por uma luminosa aura. Quando os alienígenas deixaram o hospital, os doutores radiografaram e examinaram Juan. Ele estava completamente livre do câncer.

Desde aquela noite, Maria Munoz, 9 anos, Anita Pena, 8 anos e Hector Gomez, 9 anos, todos diagnosticados como doentes terminais, também foram curados pelas criaturas desconhecidas. Os 14 membros do staff do hospital viram os seres executar os milagres.

Há um padrão para essas visitas“, diz Dr. Ruiz. “Elas sempre acontecem ao redor 1h da manhã, os alienígenas sempre entram em pares e sempre curam com um toque na testa“. Dr. Dego Garcia, famoso metafísico e pesquisador dos aparecimentos de alienígenas há mais de 30 anos, diz que há muito tempo as Montanhas dos Pirineus são conhecidas por sua grande atividade de OVNIs.


UFO012A por tvmundomaior


UFO012B por tvmundomaior


UFO012C por tvmundomaior

Fonte
http://www.verdademundial.org

10 relatos de encontro extraterrestre!

10 estranhos relatos de encontros com extraterrestres
Há um certo modelo de como as pessoas imaginam extraterrestres. Os seres hipotéticos são inexpressivos, cinza, pequenos e de corpo fino. Além disso, há uma fórmula percebido sobre o encontro/abdução.
Alguém em um ambiente isolado vê uma nave brilhante e é levado a bordo para experiências médicas, em seguida, retorna com as suas memórias reprimidas ou parcialmente apagadas. Mas muitos encontros imediatos do terceiro e quarto graus são extremamente diferente desse padrão.
Algumas são muito mais bizarras e elaboradas, outras são contraintuitivas. Essas histórias são, por vezes, tão bizarras que você se pergunta como alguém poderia ter passado por isso. Serão esses encontros com extraterrestres reais?
Vamos apenas lembrar o comentário de Carl Sagan de que afirmações extraordinárias exigem provas extraordinárias. Quase todos os casos aqui apresentam evidências bastante comuns. No entanto, as histórias pelo conteúdo bizarro devem ser debatidas.
10. Pequenas extraterrestres da Malásia
No livro de Douglas Adams “The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy”, há uma passagem onde duas raças alienígenas poderosas enviam enormes frotas para a Terra. Eles atravessam galáxias e em sua busca voam por milhares de anos no caminho do seu destino… mas não percebem o quanto eles são pequenos em comparação aos terráqueos e todos são engolidos por um cão pequeno.
Um tipo semelhante de encontro alienígena tem sido relatado muitas vezes na Malásia. Provavelmente a mais notável história deste tipo ocorreu a 19 de agosto de 1970 a seis crianças brincando em uma área densamente arborizada. Mais tarde, eles afirmaram ter visto um OVNI com menos de um metro de diâmetro, do qual cinco alienígenas muito humanóides saíram.
A principal diferença visível entre eles e um ser humano era que eles tinham cerca de oito centímetros de altura. Quatro usavam trajes azuis, enquanto um estava de amarelo com um capacete cravado, que as crianças interpretado como sendo o líder. Eles foram para uma árvore e estavam a tentar instalar algum tipo de “dispositivo aéreo”, quando uma das crianças, identificada apenas como K. Wignerswaran, tentou um dos poucos supostos sequestros de extraterrestres.
Infelizmente para ele, descobriu-se que os alienígenas, apesar de tudo, possuíam armas de raios e começaram a disparar contra ele e seus colegas de escola, levando-os para longe e infligindo uma ferida insignificante na coxa de Wignerswaran.
9. Frota de ladrões do espaço de Cardiff
No início deste ano, o Ministério da Defesa do Reino Unido divulgou um arquivo de centenas de relatórios de OVNIs e suposta atividade extraterrestre. De longe a história de mais alto perfil liberada foi encontrada na página 167 do documento. Em 1992, um homem em Cardiff, País de Gales, informou que ele e os amigos estavam acampando fora quando viram um grupo de 12-15 OVNIs sobre o seu acampamento.
A frota em seguida, “sequestrou” o seu carro, um cachorro que estava no local, e sua tenda. O homem foi citado como tendo dito que o roubo o deixou “amedrontado”. Como exatamente uma tenda e carro podem ser sequestrados em oposição ao humano não foi explicado. Infelizmente, parece improvável que uma investigação alguma vez vá descobrir a resposta desejada, a razão pela qual essas histórias foram liberadas para o público foi porque o departamento de análise de OVNIs estava sendo descontinuada.
8. Invasor de Voronezh
O Hemisfério Ocidental, naturalmente, não tem o monopólio sobre histórias de encontros alienígenas. Na verdade, provavelmente o mais assustador vem da Rússia, bem na época da queda do muro de Berlim. No Parque da Cidade Voronezh a 27 de setembro de 1989, algumas crianças estavam jogando futebol quando um disco vermelho aterrou. Saiu uma criatura de três olhos, com 2,7 metros de altura e segurando um dispositivo como uma arma de raios, que utilizou para desintegrar um rapaz identificado por pelo menos uma fonte como Dmitri.
Após o alien descolar novamente, o rapaz reapareceu. Apesar de todas as testemunhas do evento serem crianças, havia adultos que viram o próprio OVNI, incluindo policiais, conforme relatado pelo New York Times. Também é interessante notar que Voronezh que estava passando por um período de histeria OVNI na época.
7. Briga com um extraterrestre
 
Em 1954 , Gustavo Gonzalez e José Ponce estavam dirigindo seu caminhão por uma estrada solitária fora de Caracas, Venezuela, quando viraram uma esquina e encontraram uma grande esfera luminescente bloqueando seu caminho. Mais irritado que alguém estava interrompendo o tráfego do que o fato não era uma esfera que pairava sobre a estrada na frente deles, Gonzalez saiu para investigar.
Nesse ponto, um portal abriu na nave, e sairam três humanóides peludos e curtos. Um deles saltou sobre Gonzalez, que mal era capaz de sacudi-lo, pois o extraterrestre era leve e extremamente forte. Na briga, o extraterrestre lançou-o 4,5 metros no ar. Gonzalez, em seguida, sacou a faca e tentou esfaquear o extraterrestre com ele, mas descobriu que o seu corpo era como o aço, e sua lâmina resvalou.
Ainda assim, os extraterrestres foram intimidados o suficiente para voltar para a nave e voar para longe, deixando a par a relatar o seu encontro ímpar para a polícia. Eles têm uma corroboração surpresa de um policial que alegou ter visto a coisa toda.
6. Um churrasco extraterrestre
Algumas pessoas parecem não ficar muito excitadas com encontros alienígenas. Entre eles está Joe Simonton. Em 18 de abril de 1961, em Eagle River, uma nave espacial caiu perto da sua casa e extraterrestres desembarcaram. De todas as coisas, os alienígenas começaram a fazer um churrasco com panquecas como alimentos.
Ao invés de sequestrar ou ameaçar Simonton, eles lhe pediram por mímica para encher uma jarra com água, o que ele fez. Quando ele voltou, viu que os extraterrestres tinham acabado de fazer um pouco de comida e pediu para comer. Eles deram-lhe quatro bolos, um dos quais ele comeu. Mais tarde, ele enviou alguns a universidades locais, que relataram que os ingredientes eram todos de origem terrestre.
5. Extraterrestres à procura de fertilizante
Semelhante à história de Joe Simonton em termos de encontros casuais surpreendente do terceiro grau é a reunião de Newark do fazendeiro Gary Wilcox com extraterrestres a 24 de abril de 1964. Vendo um objeto em forma de charuto, que ele confundiu com um avião acidentado, ele deslocou-se ao local no seu trator. Descobriu conter dois seres com roupas que escondiam os seus rostos.
Disseram a Wilcox que eram marcianos e, em seguida, começaram a fazer-lhe perguntas. Isso durou mais de duas horas, até que finalmente lhe explicaram que estavam a tentar a terraformação de Marte por meio de estudo de amostras de solo da Terra. Para o efeito, pediram um saco de fertilizante, já que não tinham vacas em Marte.
Wilcox gentilmente foi pegar um saco de 75 quilos só que quando lhes ia entregar, descobriu que os marcianos haviam ido embora antes que ele voltasse. Assim, ele deixou o saco. Quando verificou no local no dia seguinte, o saco também tinha desaparecido.
4. Pier Zanfretta e as Pessoas Lagarto
Vamos agora para Itália, onde um segurança privado foi levado a extremos extraordinariamente perigosos por um suposto encontro que deixou para trás provas atipicamente fortes (embora ainda não conclusivas). A 6 de dezembro de 1978, quando estava fazendo a sua ronda, viu quatro luzes vindo em direção à casa que ele estava guardando. Aproximando-se das luzes com a pistola, ele viu que os invasores tinham três metros de altura, pele verde, e aspecto reptiliano com picos que se estendiam a partir das suas cabeças.
Ele afirmou que os alienígenass então pareceram atingi-lo com algum tipo de raio. Ele correu para longe, pediu ajuda pelo rádio, e , em seguida, interrompeu o contato, tendo sido encontrado por uma patrulha de segurança mais tarde. Quando ele viu os outros guardas, ele apontou a arma para eles, mas felizmente não disparou. Quando a cena foi posteriormente investigado, muito grandes pegadas incomuns (cerca de 50 cm de comprimento) foram encontradas junto com a evidência de calor entre as árvores, o que indica que pelo menos alguma coisa fora do comum aconteceu.
Mas isso não foi o fim de tudo para Zanfretta. A 26 de dezembro, os extraterrestres voltaram, e desta vez eles o pegaram. Como recordou mais tarde sob sugestão hipnótica, os alienígenas o levaram dentro da sua nave e anexaram uma espécie de capacete de comunicação. Um dos alienígenas disparou a arma de Zanfretta a um pedaço de metal, aparentemente para ver o que iria acontecer. Zanfretta disse aos homens lagarto que ele estava com medo e queria ser liberado.
Eles libertaram-no até que foi sequestrado novamente a 29 de julho de 1979, mais uma vez a 2 de dezembro de 1979 e pela quinta vez em 1980. Na quinta ocasião, os extraterrestres levaram-no a uma nave-mãe de cristal e mostraram-lhe um sapo suspenso em um tubo que diziam ser um inimigo da sua espécie. Por tudo isso, eles forneceram muito pouco motivo real para que eles repetidamente sequestrassem um guarda de segurança por curtos períodos.
Tal como acontece com outros casos que já foram aqui descritos, Zanfretta parecia beneficiar muito pouco das suas pretensões, e de fato passou décadas definhando na obscuridade depois de uma enxurrada inicial dos mídia sobre as suas reivindicações.
3. Lee Parish raptado por… Estruturas?
A 27 de janeiro 1977, Lee Parish, de 19 anos, estava dirigindo para casa quando ele alegou que o seu carro foi levantado no ar por um feixe de luz. Sob hipnose, Parish descreveu mais tarde ter sido abduzido por três objetos estranhos que pareciam tão diferente de qualquer vida conhecida que ele só podia imaginar que eles estavam conscientes.
Um deles era um grande e preto retângulo de 20 metros de altura, com um braço robótico sem juntas estendendo a partir dele. Houve também um prisma rectangular vermelho com um braço semelhante, e um prisma branco imóvel com cerca de dois metros de altura. De alguma forma, o branco deu a impressão de que era o líder. O prisma vermelho aproximou-se dele e estendeu o braço do robô, com Parish ficando com a sensação de que ele estava com medo dele.
No entanto, quando ele o tocou, deu-lhe uma sensação de frio e dor. Parish pensou que lhe estavam a executar uma varredura. Depois disso, os três objetos mesclados, desfazendo a impressão mais tarde entre alguns entusiastas de OVNIs que as coisas fossem robôs. A próxima coisa que Parish estava ciente, ele estava de volta ao seu carro. A análise do seu tempo faltando indicou que a experiência relatada durou 38 minutos.
2. Cérebros na estrada
A 17 de agosto de 1971, John Hudges e Paul Rodriguez, estavam dirigindo para casa em Palos Verdes, Califórnia, quando eles viram alienígenas na estrada. Pareciam cerebros com o menor dos dois um pouco maior que uma bola de softball. O maior deles tinha um grande olho vermelho, e começou a flutuar em direção a eles. O par imediatamente manteve a distância, e Hodges deixou Rodriguez em sua casa.
Mas quando Hodges chegou a casa, os alienígenass voltaram e desta vez ele foi levado para os seus líderes. De acordo com Hodges, estes eram extraterrestres de um tipo mais comummente descrito, com os cérebros essencialmente a serem animais de estimação que eles utilizavam para a comunicação telepática. Por que eles iriam deixar o cérebro vagar livremente ou revelar a sua existência para o seu primeiro contato humano não foi explicado.
1. Alienígenas elaboradamente perseguiram Ed Walters
Em 1988, Gulf Breeze, na Flórida, tornou-se o epicentro de uma série de avistamentos de OVNIs e fotografias principalmente centradas em torno de um Ed Walters. Com a sua estrutura extraordinariamente não-aerodinâmica, esquema de cores e forma geral, os OVNIs fotografados por Walters (e supostamente outras pessoas) pareciam menos veículos interestelar de vilões galácticos e mais como anedotas, muito apropriados para a experiência ímpar que ele descreveu.
Começando a 11 de novembro de 1987, e terminando a 1 de maio de 1988 a família Walters afirmou ter 20 encontros com extraterrestres que estavam voando em torno de cerca de 20 naves, com ele vendo, no máximo, seis membros da tripulação de uma nave. Este foi exaustivamente descrito no seu livro “Os avistamentos Gulf Breeze”. O livro de Walters também tem a foto estranha de si mesmo e seus familiares. Uma foto tem o pé em uma toalha na plataforma supostamente gritando: “Terra, ou ficar bem longe!” Em um OVNI.
Outro tem um feixe azul que os alienígenas supostamente usaram como uma espécie de raio trator, sendo evitado por sua esposa aterrorizada. Da primeira foto de um OVNI até ao fim, ele experimentou esses sinais telepáticos estranhos como uma mulher falando espanhol para um bebé, uma série de imagens de cães, e (alguns dias depois) um monte de imagens de mulheres nuas (“se isso era tentar me convencer a entrar a bordo da nave, não estava funcionando”).
Em um ponto, eles despejaram líquido sobre a sua casa, alguns dos quais desembarcaram em uma piscina. Acabou por ser água salgada. Além disso, os extraterrestres mostravam-se repetidamente para ele, enquanto ele estava dirigindo à noite. O encontro na estrada foi onde ele desenvolveu a suposição de que havia seis por nave: Cinco desembarcaram da nave, e ele assumiu que um permaneceu a bordo enquanto ela pairava.
Tinham 1,2 metros de altura e, embora os seus rostos parecessem aqueles de alienígenas estereotipados com olhos pretos e quase sem expressam, eles eram visíveis apenas através de fendas em capacetes porque os extraterrestres supostamente vestiam-se de blocos e armaduras volumosas, de um tipo quase nunca relatado desde então.

Fonte: http://www.ciencia-online.net/2013/09/10-relatos-extraterrestres.html#sthash.nqvldFpd.dpuf

Objeto desconhecido próximo a galáxia esta enviando ondas de rádio no universo.

Há algo estranho acontecendo  na vizinhança cósmica. Um objeto desconhecido nas proximidades da galáxia M82 começou a enviar ondas de rádio e a emissão não se parece com nada visto em qualquer lugar do universo antes.
“Não sabemos o que é,” diz o co-descobridor Tom Muxlow do Centro de astrofísica perto de Macclesfield, Reino Unido.

A coisa apareceu em maio de 2010, enquanto Muxlow e seus colegas estavam monitorando uma explosão estelar independente em M82 usando a rede MERLIN de telescópios de rádio no Reino Unido. Um ponto brilhante de emissões de rádio surgiu apenas alguns dias, muito rapidamente, em termos astronômicos. Desde então, ele tem feito muito pouco, exceto os astrofísicos defletor.

galaxiaM82

Fonte : www.newscientist.com

Escritor diz que a terra já fez contato com extraterrestre

 

Você pode nunca ter ouvido essa mais sim já foi feito contato com extraterrestre,pelo menos é versão Rupert Matthews

No melhor estilo Douglas Adams, fomos surpreendidos com uma mensagem mal-educada de ETs à Terra.

Um escritor britânico afirma que o governo norte-americano tentou entrar em contato com uma civilização alienígena e recebeu em resposta uma mensagem mal-educada. De acordo com Rupert Matthews, autor de “Alien Encounters: True Stories of Aliens, UFOs and other E.T. Phenomenon (Encontros Alienígenas: Histórias Verdadeiras de Alienígenas, OVNIs e outros Fenômenos de ETs, escrito em 2008) garante que houve uma breve troca de mensagens entre os EUA e extraterrestres, durante o governo Ronald Reagan.

seti-mensagem-de-ets

Segundo Matthews, astrônomos do Seti (organização que usa computadores conectados à Internet para buscar por inteligências extra-terrestres) teriam detectado um sinal alienígina originado em uma das luas de Júpiter, chamada Ganimedes, na década de 80. Matthews recebeu essa informação confidencial de um cientista da Nasa que trabalhava em parceria com o Seti.

O sinal de rádio teve uma breve duração o que, segundo especialistas, indicaria que os alienígenas estariam visitando a Ganimedes. No livro, Matthews garante que houve muito mais coisas no intrigante fato.

O escritor conta que, após reconhecerem que o sinal de rádio vindo de Ganimedes era fruto de inteligências desenvolvidas, ele foi passado em computadores para tentar decifrar a mensagem, o que se revelou infrutífero. O então presidente norte-americano Ronaldo Reagan foi informado e decidiu-se que uma mensagem seria enviada ao ponto exato do qual partiu a primeira irradiação, em código Morse (que, segundo os especialistas, seria mais fácil de ser decodificado pelos Ets).

Ainda de acordo com Matthews, a mensagem enviada pelos terráqueos dizia: “RECEBEMOS O SEU SINAL, MAS NÃO O ENTENDEMOS. FAVOR ENVIAR NOVAMENTE SEU SINAL, USANDO ESTA LINGUAGEM E CÓDIGO DE TRANSMISSÃO”.

Um mês após enviarem a mensagem em código Morse, a resposta veio de Ganimedes, no mesmo código: “NÃO ESTAMOS FALANDO COM VOCÊS.” Melhor do que ter recebido uma poesia vogon.

O Seti e a Nasa não confirmam a informação de Matthews.

Incrível,o Caso Salyut 6: Quando os Soviéticos Foram Contatados

 
http://3.bp.blogspot.com/-g8B7MKboS_I/UPyfYybvArI/AAAAAAAACPA/6fpS9stlavM/s200/image002.jpg
Nos anos 70, a União Soviética executou o programa espacial Salyut (Салют, saudações), originalmente chamado DOS 7-K, baseado em estações espaciais de um módulo. Houveram 7 estações – sem contar o núcleo da Mir e o módulo Zvezda, da Estação Espacial Internacional (ISS), que derivam do programa.
Embora lembrasse as anteriores, a Salyut 6, lançada em 29 de setembro de 1977, trazia vários avanços inovadores, como dois sistemas de acoplagem (as Salyuts anteriores só tinham um). Ela foi ocupada por onze tripulações, sendo cinco de longa duração. A primeira delas permaneceu 96 dias em órbita e quebrou um recorde da Skylab, americana. A tripulação de estadia mais longa na Salyut 6 ficou nela por 185 dias.
 
 
– A reunião
 http://3.bp.blogspot.com/-gtG1i_M_M40/UPyffcPzlSI/AAAAAAAACPI/CZ3d6juRDIw/s200/top-secret.jpg
 
No dia 18 de junho de 1981, o Gosplan (Ministério do Planejamento da ex-URSS) convocou uma reunião extraordinária, com a presença de especialistas em UFOs, cosmonautas e autoridades soviéticas, inclusive militares. Seu moderador foi o próprio chefe do programa espacial soviético, General Georgi Timofeevict Beregovoy. Ao seu lado estava Vladimir Kovalyonok, o cosmonauta que, em companhia de Viktor Savinikh, permanecera 75 dias no espaço, a bordo da estação Salyut-6 (de 12/3/81 a 26/5/81).
 
Kovalyonok respondeu a inúmeras perguntas. O estranho, porém, é o fato que o general Beregovoy, o qual sempre se recusara a dar entrevistas oficiais sobre o assunto, agora resolveu falar (aparentemente aquele caráter secreto do encontro parece ter sofrido um revisionismo do Kremlin).
 
 
 
Havia cerda de 200 pessoas no salão de conferências que é, em geral, reservado exclusivamente para reuniões da cúpula. Entre elas professores universitários, astrofísicos, vários membros do Centro Espacial, gente do governo e militares. Todos receberam passes especiais e foram cuidadosamente revistados por agentes da segurança armados. Primeiro na entrada da Praça da Paz, depois no auditório. Gravadores, cadernos, máquinas fotográficas, etc, tiveram que ser deixados no vestíbulo. A revelação que fizeram foi de aturdir o mundo.
 
 
– O Contato
 
 http://4.bp.blogspot.com/-XghV1vJAi2A/UPyf0N4GUoI/AAAAAAAACPY/mSJEdMMLzNw/s320/soyuz-t-4.jpg
 
A Salyut-6 fez contato com uma nave extraterrestre durante 4 dias e orbitaram juntas, a uma distância de 400 km de nosso planeta.  Enquanto fazia exercícios, Kovalyonok olhou através de uma janela e percebeu um objeto esférico com diâmetro de aproximadamente 10 metros cerca de um quilômetro à frente da estação. Ele orbitava de forma estacionária com relação à Salyut. O evento envolveu cinco astronautas : Kovalyonok, Savinikh e três ETs a bordo do veículo desconhecido que tina a forma de uma esfera e apenas a metade do tamanho da Salyut-6(que tinha 16 m de comprimento e parecia com uma garrafa).
 
Usando binóculos de longo alcance, os cosmonautas perceberam que a nave dourada possuía 24 janelas: 8 no “equador” e 8 em cada “hemisfério”. Posteriormente, eles também perceberiam que sua superfície não apresentava saliências, reentrâncias, marcas, inscrições, painéis solares ou antenas. Pelas janelas, veriam uma cabine de comando convencional no interior bem iluminado da nave. O estranho objeto ficou lá por 24 horas. Kovalyonok filmou 45 minutos do encontro.
 
 
– Quem eram eles?
 
O encontro começou as 5 da tarde e durou quase duas horas. Após uma breve introdução do general. Beregovoy, todos viram um impressionante filme, um documento estarrecedor feito por cosmonautas soviéticos durante o período em que as duas naves mantiveram contato. Segundo Aleksandr Kazantsev,  cosmólogo presente no encontro, “O filme está bem guardado nos porões de aço, embaixo da Cidade-Estrela”.
 
 
 http://1.bp.blogspot.com/-sUx7dWetUiY/UPyfrTljn3I/AAAAAAAACPQ/MX6kMXHcJl8/s400/salyut6.jpg
O filme foi rodado através de uma das portinholas da Salyut-6. A nave alien, às vezes, aparece a uma distância de apenas 40 m. Os dois astronautas estavam trabalhando em sua experiências científicas, após 75 dias de permanência no cosmo, quando Kovalyonok observou um objeto esférico, surgindo de repente a uma distância de mais ou menos 1.000 m, e alertou Savinikh. Eles ficaram algum tempo observando o objeto, através de duas portinholas separadas. Kovalyonok apanhou uma câmara e rodou os primeiros fotogramas do que acabou se tornando um filme de 45 minutos. Ele não tinha a menor explicação plausível para o que estava acontecendo.
 
 
Com a ajuda de um binóculo percebeu portinholas na outra nave. Durante as primeiras 24 horas (14.05.81), o objeto misterioso permaneceu em posição estacionária em frente a Salyut-6, sem demonstrar sinais de vida. De repente, ao acordarem, no dia seguinte, os dois astronautas viram a nave alien mais perto, a menos de 100 m de distância. Ela se movera sem usar jatos, impulsos ou quaisquer outros recursos visíveis…
 
As cabeças pertenciam ao que pareciam ser seres humanos. Eles usavam capacetes leves, tipo capuzes apertados, tendo, assim, os rostos praticamente cobertos. Mas ¾ das suas faces eram visíveis através de visores transparentes. Eles tinham sobrancelhas compridas e grossas e narizes retos. O que mais impressionou os cosmonautas foram os olhos – enormes, azuis, duas vezes maiores que os nossos- fixos neles, sem mostrar o menos sinal de emoção. Lembravam homens hindus. Mas nenhum músculo se mexia nos seus rostos.
Mais tarde, no mesmo dias, e durante o dia seguinte, como as criaturas se mostravam, sem dúvidas, amistosas, dispostas a entrar em comunicação, Kovalyonok pediu autorização à Terra para estabelecer contato mais imediato.
Recebeu permissão para tentar trocar mensagens visuais, mas, tratando-se de contato físico, o controle da missão proibiu. A nave mudava de posição frequentemente, sem dificuldade. Numa ocasião chegaram a distar 30 metros da estação soviética. Os astronautas podiam não só ver os estranhos, mas também observar-lhe os movimentos, que pareciam decididamente humanos, embora muito rígidos mecânicos e artificiais.
 
Pela janela, Kovalyonok mostrou um mapa celeste com nosso sistema solar no centro e, para sua surpresa, um deles fez o mesmo, mostrando um mapa onde se via o sistema no canto superior direito e muitos corpos celestes não identificados na ocasião. “Meu coração disparou quando um dos passageiros daquele veículo puxou seu próprio mapa e nos mostrou através da escotilha”, disse Kovalenok numa reunião com a imprensa. “Ele tinha nosso Sistema Solar num lado e alguns outros astros marcados.”
 
 Sem saber como agir, o soviético fez um sinal positivo, pondo o dedo polegar para cima, e recebeu uma resposta semelhante do estranho ser, sem sorrir. Depois, a nave se afastou, como se fosse uma exibição de manobrabilidade, sumiu por trás da Terra e voltou a nova posição relativa, mais próxima. A nave fez isso por mais cinco vezes. Ao voltar, parava de maneira brusca, mas seus tripulantes não pareciam sentir a inércia.
 
 
 
Com uma lanterna potente, Kovalyonok passou um código Morse a eles: “Cosmonautas Soviéticos saúdam visitantes à Terra”. Nenhuma resposta. “Are you receiving us?” (“Vocês estão nos entendendo?”) Nenhuma resposta. O cosmonauta tenta um código binário de uma figura geométrica: “101101”. Usou-se uma luz rápida para 0 e uma luz mais longa para 1. A Salyut recebeu, então, uma sequência de sinais luminosos que foi identificada posteriormente como o valor de base dos logarítimos neperianos muito usados pelos computadores da estação para linearização gráfica de curvas de funções matemáticas complexas.
http://2.bp.blogspot.com/-tglAGl7dxe0/UPygRkM3u5I/AAAAAAAACPo/Hg0CKae0Vl0/s320/image4_thumb1.png 
 
– Contato negado
No dia seguinte, ELES saíram da nave e andaram pelo espaço. Tinham mais ou menos dois metros de altura e usavam a mesma roupa que dentro da nave. Sua fonte de energia, seja qual for, é miniaturada. É evidente que desenvolveram uma energia que não é nuclear nem térmica. Eles certamente venceram a gravidade e as forças gravitacionais. Mesmo com os visitantes bem perto da estação. O centro de controle no solo não autorizou-os a sair da Salyut.
 
 
 
http://3.bp.blogspot.com/-QyW2P2JFgkU/UPygsTT44UI/AAAAAAAACPw/k74Nwy0zsbs/s1600/image2.png 
Os visitantes partiram quatro dias depois do avistamento inicial, deixando uma “estranha saudade” nos cosmonautas.
Em 18 de junho de 1981, militares, cientistas, cosmonautas e pessoas do governo se reuniram com Kovalyonok e Savinikh para ver os filmes e fotos da missão. Como esperado, esta reunião teve muitas perguntas. Depois, o caso foi carimbado como “ALTAMENTE SECRETO”, e mais tarde, por decisão do Kremlin, o acontecimento foi tornado público.
 
 
 
Ao contrario dos Estados Unidos, a Rússia atual admite alguns contatos com “desconhecidos” em missões espaciais. É até dito que a rotina da MIR incluía estes contatos. Alguns alegam que todos os voos espaciais, desde o primeiro, são acompanhados por objetos de origem desconhecida. Além de boatos, provas nos convidam a refletir: Gagarin pode não ter sido o primeiro no espaço.
 
 
 
 
 
 
Henrique Guilherme
Escritor e estudioso. 
Curioso a cerca dos grandes mistérios das antigas civilizações
http://www.facebook.com/henrique.aborigine

CRIATURA ESTRANHA É ENCONTRADA NO MEXICO

Trata-se de uma criatura estranha encontrada por um fazendeiro mexicano com menos de 30 cm de altura, presa em uma ratoeira. A propriedade fica em Metepec, subúrbio de Toluca (México). Não há natureza selvagem nas proximidades tornando o achado ainda mais estranho, muito estranho. A criatura estava viva, assustada, gritava muito e foi levada para o rancho.
O fato estranho desta história é que após 3 dias eles decidiram matar o bicho e preservá-lo. Submergiram-no em água por alguns minutos, mas ele não morreu, tentaram de novo por vários minutos, mas ele ainda continuava vivo, então deixaram-no submersa por várias horas, finalmente morreu.
Sua habilidade em resistir ao afogamento levantou suspeitas de que fosse anfíbio. A região onde foi encontrada a criatura, faz fronteira com o estado do Novo México, onde se encontra a DUMB (Deep Underground Military Base) de Dulce.
Local onde, segundo alguns “abduzidos” ocorrem , mutilações, e as horrendas e inimagináveis “experiências genéticas” praticadas sem o menor respeito à vida e à dignidade dos seres viventes. Teorias “conspiranóicas” dão conta que no local, homens e mulheres são usados como cobaias para toda sorte de experimentos.
As muheres são inseminadas com embriões híbridos e retirados, em média, 6 meses depois. São seres disformes e de tipologias diversas, resultantes do cruzamento de material genético de seres humanos com anfíbios, reptéis e outras espécies.
Nesse meio-tempo Marao Lopez morreu misteriosamente. Ele foi achado carbonizado dentro de um carro queimado. A temperatura do fogo supostamente foi bem mais elevada do que a de um incêndio normal em acidente de carro. Jaime diz que “ele foi assassinado”, mas não sabe se a  está relacionada ou não à criatura.
Enquanto Jaime acertava os testes, a viúva de Lopez manteve o corpo em sua posse até o fim de 2008. Então ela o cedeu a Jaime para exames aprofundados. Jaime diz que “isso é muito sério”, e têm sido bastante paciente e cuidadoso em revelar informações sobre a criatura, construíndo uma sólida base de dados científicos antes de apresentar a criatura ao mundo.