Homem de 250 anos?

Em 6 de Maio de 1933 na página 13 do jornal New York Times, aparecia a nota de falecimento de Li Ching-Yuen um chinês que sobreviveu a 23 esposas, deixou 180 filhos e morreu com a idade de 256 anos. Este obituário é um erro ou uma exagero? Alguns pesquisadores dizem que é verdadeiro.
 
Li-Ching Yuen foi um Mestre Taoista chinês, herbalista e praticante de Chi Kung e de outras disciplinas de meditação e artes marciais. Foi conselheiro tático militar e instrutor de artes marciais, se aposentou e passou muito tempo nas montanhas do Tibet, onde seguiu coletando ervas medicinais que segundo dizia lhe ajudavam a se manter jovem e saudável.
 
Em 1927 foi convidado para ir em Wann Hsien na província de Sichuan por seu amigo pessoal o general Yang Sen, que estava muito interessado na força e juventude de Li, apesar de sua avançada idade. Na residência deste governador e caudilho foi feita, à idade de 250 anos, a única fotografia existente de Li.
 
 
  • Mistérios de uma vida:

 

Como era de esperar, não se sabe muito a respeito das primeiras etapas da vida de Li Ching-Yun. Sabe-se que nasceu na província Chinesa de Sichuan, onde também morreu. Também que aos dez anos já estava alfabetizado e foi para o Tibet, Annam, Siam e Manchúria para colher de ervas medicinais. Após isto, sua vida é um tanto quanto desconhecida.
 
Ao que parece, durante mais de cem anos, Li continuou vendendo suas próprias ervas, recolhidas pelo mesmo. Também se sabe que tinha as unhas de sua mão direita muito longas, com mais de 15 centímetros.
 
Em 1930 o professor Wu Chung-Chieh, decano do departamento de educação na Universidade de Chengdu, encontrou nos registros Imperiais do Governo da China duas felicitações do imperador a Li Ching-yun em 1827 por seu aniversário de 150 anos e uma posterior aos 200 anos. Muitos consideram isto como provas irrefutáveis da idade do homem que mais tempo viveu.
 
O segredo da longevidade:
Num artigo publicado pela revista Time em 15 de maio de 1933 entitulado “Tortoise-Pigeon-Dog” (Tartaruga, pomba e cão), informava-se sobre a incrível vida do mestre Li Ching Yuen e citava-se a resposta que Li dava sobre o segredo de sua longa vida:
 
“Mantenha um coração tranqüilo, senta como uma tartaruga, caminha rápido como uma pomba e dorme como um cão.”
 
Sua dieta baseava-se principalmente no arroz e no vinho deste cereal. Também consumia gingseng e uma planta pouco conhecida, a centelha asiática (Hydrocotyl asiatica). Muitos cientistas da época debocharam disto e não dedicaram nenhuma atenção ao tema, mas uns poucos visionários foram um pouco além. Jules Lepine, bioquímico francês, encontrou um poderoso alcalóide de efeitos rejuvenescedores nas sementes da dita planta.
 
Os herbólogos sabem de um fator de longevidade que possui a centelha asiática para o cérebro e as glândulas endócrinas e também extratos da planta são usados para tratar problemas de circulação e de pele. Na China é consumida em salada. O suco das folhas serve para a hipertensão arterial; também como tônico. Um emplasto de folhas podem ser usadas para tratar feridas e e úlceras.
 
Ceticismo a respeito de sua idade real:
 
A primeira reação de muitas pessoas, ao conhecer a história de Li, é duvidar que um ser humano possa realmente ter atingido tal idade. É pouco provável esta alegação venha algum dia a ser comprovada por documentos aceitáveis sem qualquer possibilidade de contestações no ocidente.
 
Se o os antigos registros oficiais chineses fosse considerada indiscutível, Li Ching Yun seria reconhecido como a pessoa mais longeva com idade atestada por documentos, tendo vivido mais de 130 anos além do atual recorde documentado, que pertence à francesa Jeanne Louise Calment, que faleceu em 1997 com 122 anos e 164 dias.

Cão velando sua amada

 

Um cachorro tem chamado a atenção de crianças e adultos que passam por uma estrada de Perm, na Rússia. O animal faz vigília para o corpo de sua companheira, que morreu atropelada há mais de uma semana.

Na ocasião, o macho desesperado arrastou a fêmea da pista na qual foi atropelada para o acostamento, onde se encontram desde então. Por diversas vezes, o bichinho foi flagrado por moradores locais tentando reanimar a vítima com suas próprias patas, além de tentar aquecê-la, deitando sobre seu corpo. A dupla ficou conhecida na região como “Romeu e Julieta”.

Segundo relatos de moradores, muitos já tentaram alimentar o cão, mas ele se recusa a comer ou beber água. Também não permite que ninguém se aproxime da cadelinha morta. “É uma cena muito triste“, disse um russo. Tocados pela lealdade do bicho, muitos moradores já se candidataram a ficar com o cão quando ele decidir encerrar a vigília.

Um tocante vídeo da dupla foi postado na web. Assista:

 

Professora é condenada por abusar sexualmente do marido

professora é condenada por abusar de marido Professora é condenada por abusar sexualmente do marido

Aline Ribeiro Barone, 39 anos, professora universitária, casada a 3 anos com o empresário Jorge Nicodemos Alcântara (54) sempre foi tida como uma mulher recatada e de princípios bem definidos de acordo com a moral cristã. Familiares e amigos ficaram estupefatos com a notícia da condenação.

Segundo a vítima, a professora o obrigava a ter relações sexuais todos os dias. Muitas vezes praticava violências físicas e verbais que podiam ser ouvidas por vizinhos do condomínio. Jorge chegou a dizer em depoimento que “era obrigado a ter relações até nos dias em que ela estava menstruada”.

A professora Aline disse à entrevista que “uma das obrigações do marido é a saciedade dos impulsos eróticos da esposa. O que eu pedia não era nada demais. Demais é ser condenada por exigir o que é meu por direito”.

O desembargador Otávio Oliveira Borges relatou na sentença: “O ato sexual deve possuir a mútua concordância entre os envolvidos. O casamento não é um alvará de usufruto do corpo dos cônjuges. Há de se respeitar os limites físicos, mentais e eróticos. A ré tem a sua pena agravada por constrangê-lo perante vizinhos e também por tentar por meio da introdução de objetos estranhos a natureza anatômica masculina, testar zonas eróticas do corpo da vítima sem a devida aprovação”.

Planeta coberto de diamante é descoberto

O diamante tem alto valor aqui na Terra por ser uma pedra preciosa rara. Em um planeta distante, contudo, isto não aconteceria. Trata-se de um planeta que tem sua superfície coberta por carbono na forma de diamante e grafite.

O exoplaneta planeta, que nada mais significa um planeta fora do sistema solar, é batizado de “55 Cancri e” tem o dobro do raio da Terra, sendo oito vezes maior do que ela. Dessa massa, um terço é diamante.

Já foram encontrados outros planetas com composição de diamantes, mas este, que fica a 40,3 anos-luz da Terra, tem algo em particular. Ele é o primeiro orbitando uma estrela semelhante ao sol. Esta estrela é a 55 cancri, localizada na constelação de Câncer e pode ser vista a olho nu, de acordo com o Hype Science.

Há algo de chato, contudo. Mesmo que tivéssemos tecnologia pra chegar até lá, não seríamos capazes de explorá-lo, já que a temperatura média do planeta é de 5100 graus célsius.

9 alimentos que possivelmente não comeria se soubesse como são feitos

Muitos alimentos são fabricados de maneira nojenta e muita gente não sabe disso. Confira uma lista com 9 deles:

Gelatina

Se existe um produto inofensivo, esse é a gelatina. É um alimento livre de colesterol, sem conservantes nem aditivos, que os médicos recomendam para prevenir a osteoporose e a artrose, entre outros benefícios. No entanto, sob seu aspecto inocente e tremelicante oculta-se um monstro. A gelatina é formada por 90% de proteínas obtidas do colágeno. Qual é a matéria prima do colágeno? Recortes de couro do gado sem curtir e partes frescas da cabeça e ossos, cujas gorduras são retiradas, que trituram antes de completar 24 horas do sacrifício do animal, para serem transformados em osseína. Depois de lavá-los várias vezes com ácido, o couro e a osseína são expostos a uma solução de cal, entre 5 e 10 semanas. A substância extraída é depois esterilizada a 145 graus e rapidamente esfriada para solidificar. Daí, pode ir direto para sua cozinha.


Chouriço

Também conhecida como morcilha ou morcela dependendo da região do país, é um embutido feito com sangue de porco coagulado. Primeiro, lavam-se as tripas do porco com sabão e limão repetidas vezes, até deixá-las sem cheiro. O recheio é preparado colocando-se em um panela o sangue fresco do animal condimentado com alho, cebola, açúcar, sal e orégano. Depois de fervido, dá se um nó na extremidade da tripa que é recheada com os ingredientes citados anteriormente com um funil. Outro nó na tripa e ferve-se novamente durante trinta minutos. Se ao mastigar notarmos algo duro na boca, como uma cartilagem, é porque em muitos casos acrescentam triturados de cabeça e miúdos na panela.

Patê

Tem muita gente que não vive sem ele apesar de nem imaginar de como é feito. O patê é elaborado com o descarte de vísceras e de carne de diferentes animais, como vacas, porcos e patos. Para conseguir a textura, o sabor e a consistência que conhecemos, agregam farinhas, temperos, leite, conservantes e outros vários aditivos. Ainda que em geral predomina o sabor de fígado, não é o ingrediente que mais abunda na mistura.

Chocolate

O chocolate também não escapa da lista, parece que ele contém mais coisas que o cacau, segundo o Tecmundo sua barra de chocolate contém, em média, 8 pedaços de barata.

Balas coloridas 

Essas balas, que você pode reconhecer olhando pela foto, são feitas a partir da goma-laca, substância obtida após o esmagamento de insetos e é usada em alimentos que têm essa casca mais dura. A substância também serve para dar um brilho mais intenso nas cores.

Baunilha

Castóreo é uma secreção do castor que contém fezes e urina e serve para impermeabilizar a pele do animal. Mas, pelo seres humanos, é usada para dar sabor e perfume a alimentos de baunilha e framboesa. A substância é liberada pelo órgão FDA (Food and Drug Administration), dos Estados Unidos, para consumo.

Goma de mascar

Muitos chicletes têm na sua composição a lanolina, uma secreção da ovelha que ajuda a deixar a alimento mais macio.

Pão

Não os da padaria, mas os industriais, muitos contêm L-Cyesteine, substância retirada do cabelo.

Salsicha

 

Em uma simples salsicha que é feita com um mix de restos de carne de boi, frango e suína, podemos encontrar o focinho de um porco, coágulos de sangue de um frango, gordura do pescoço e restos de carne de boi como o cérebro, além de muito sal e corantes para disfarçar o sabor.

Sonhos de avô ajuda família a descobrir que criança foi molestada pelo padrasto

Premonição: Sonhos de avô ajudam família a descobrir que criança estava sendo molestada pelo padrasto em Jataí

http://1.bp.blogspot.com/-x6jFIrXs_1E/UIBYvOxszcI/AAAAAAAAJOU/fc5iEatdyqE/s1600/abuso.jpg

O avô de uma garota de 12 anos a algum tempo começou a ter pesadelos, que sua neta estava sendo molestada, e após estes sonhos se intensificarem, ele pediu a sua esposa, a avó da garota, para que a mesma conversasse com a criança e tentasse descobrir se estava acontecendo algo de errado.
Após varias indagações da avó, a garota para a supressa de todos, relatou  que desde os 8 anos de idade, vinha sofrendo abusos sexuais de seu padrasto, um homem de 32 anos de idade.
Há cerca de três semanas atrás, após a família da criança, descobrir que a menina estava sendo molestada, eles  procuraram a delegacia para registrar a ocorrência dos abusos.
A equipe da  Delegada Paula Meotti, titular da DEAM e DEPAI de Jataí, após uma oitiva com a criança, passou a trabalhar intensamente a fim de conseguir instrumentos probatórios  para poder comprovar o abuso, visto que após a criança ser ouvida pela delegada, já sentiam uma veracidade no relato da criança; e os policiais trabalharam para ter diversas provas para pedir o decreto da prisão preventiva do acusado.
Decreto este que foi emitido pelo Juiz Dr. Inácio Pereira de Siqueira.
E na tarde desta terça-feira foi cumprido o decreto de prisão preventiva contra Sebastião Santos Silva  acusado de molestar a sua enteada, ele foi ouvido e confessou o crime e foi encaminhado a cadeia pública de Jataí.

 

 A delegada Paula Meotti em entrevista ao PLANTÃO DE POLICIA JTI, disse que o acusado ameaçava a sua enteada, dizendo que iria matá-la e também a sua mãe se ela contasse os abusos a alguém, o acusado era casado com a mãe da garota que sofreu os abusos, o casal criava seis crianças sendo quatro filhos legítimos do casal e os outros dois enteados do acusado.
A delegada disse também; que a forma com que ele tratava a garota, levantava certas suspeitas, já que ele a presenteava com presentes que não dava as outras crianças, e também tinha um ciúme excessivo pela garota; ao interrogá-lo   o mesmo confessou para delegada de cometido os atos libidinosos contra a garota, e que já tinha receio que alguém descobrisse.
Questionado qual seria a sua reação se alguém fizesse o mesmo com uma de suas filhas legitimas; Sebastião não titubeou disse que mataria quem cometesse tal barbaridade, o que deixa claro que o acusado tem consciência da gravidade do crime que ele cometeu com esta garota.
A delegada Paula Meotti ressaltou que é importante que as famílias fiquem atentas, pois casos como este é mais comum do que se imagina, em jataí só este ano foram mais de dez casos registrados.

Após ser largado pela namorada, jovem ganha US$ 30,5 milhões

LottoSingh Após ser largado pela namorada, jovem ganha US$ 30,5 milhões

Após ser abandonado pela namorada, um jovem  de 22 anos ganhou um US$ 30,5 milhões (R$ 61,8 milhões) na loteria Mega Millions do estado de Massachusetts (EUA), segundo a emissora de TV “KTLA”. Sandeep Singh tinha ganhado US$ 4 em um bilhete de raspadinha e usou o dinheiro para comprar quatro bilhetes da loteria Mega Millions.

Singh disse que estava se sentindo muito triste após o fim do relacionamento, mas, após ficar milionário, até esqueceu da ex. “Ela terminou comigo, mas agora não estou preocupado com isso“, disse Singh

Já pensou receber vacina por email

 

718225227221469 thumb No futuro você poderá receber as vacinas por e mail

A ideia surgiu no Wired Health Conference, pelo pesquisador “Craig Venter, responsável por mapear o genoma humano a partir do seu próprio DNA, durante um evento destinado a profissionais da saúde realizado em Nova York, chamado Wired Health Conference”.

A proposta segue a teoria de que “um médico ficaria responsável por enviar as macromoléculas e, quem recebesse o e-mail, poderia então imprimir as instruções em uma impressora 3D. O dispositivo ficaria então responsável por misturar quimicamente nucleotídeos, açúcares e aminoácidos de forma a compor o medicamento”.

É claro que seria necessário que a impressora contasse com diversos “cartuchos com elementos específicos, além de um isolamento especial para que os produtos não fossem contaminados pelo ambiente”.

Seria um avanço no “tratamento imediato de epidemias” e já conquistou o “interesse do exército norte-americano”.

O homem com o maior nariz do mundo – Mehmet Ozyurek

 

maior nariz do mundo Mehmet Ozyurek: O homem com o maior nariz do mundo

Mehmet Ozyurek ,homem de nacionalidade turca ganhou o prêmio do homem com o maior nariz do mundo já reconhecido até hoje ele entrou na última edição do livro de recordes mundiais, mostrando os 8,8 centímetros de nariz uma marca incrivél ou seja o cara tem (3,46 polegadas) de nariz.

Embora Mehmet Ozyurek sofreu por ter esse nariz enorme, mais hoje em dia ele leva tudo na brincadeira e até gosta de brincar com isso e além disso, tem o orgulho de ser o proprietário deste titulo aos 60 anos de idade.

maior nariz2 Mehmet Ozyurek: O homem com o maior nariz do mundo

Os maiores vigaristas do mundo

http://vigaristas.org/wp-content/uploads/2012/10/verdadeiros-vigaristas.jpg

Frank Abagnale – O Rei dos Golpes Curiosos

Frank William Abagnale foi um dos maiores falsificadores que os Estados Unidos já teve na sua história.
A sua história de vida serviu de inspiração para o filme “Catch Me If You Can” (Prenda-me se for capaz), baseado na sua biografia não oficial de mesmo nome. O seu primeiro golpe foi cheques sem fundo, que descobriu que era possível quando foi forçado a fazer cheques com quantias superiores ao que tinha guardado. Isso, entretanto, funcionou até a hora que o banco parou de emitir mais cheques, o que fez com que abrisse mais contas em bancos diferentes, eventualmente criando novas identidades para isso. Por um período de dois anos, Abagnale disfarçou-se de piloto da companhia aérea Pan Am “Frank Williams” para obter voos de graça pelo mundo por deadheading (pilotos ganham viagens de graça para outras cidades pelo mundo por outras companhias aéreas como cortesia quando precisam fazer voos nestas cidades) em voos normais. No primeiro destes voos, não sabia onde estava o seu assento. Uma hospedeira teve o privilégio de mostrar a Abagnale onde estava o assento. Ele conseguiu falsificar um cartão de identificação da Pan Am através de um modelo e um certificado de piloto da FAA (Federal Aviation Administration). Ele também conseguiu um uniforme da Pan Am fingindo ser um piloto autêntico que perdeu seu uniforme. Frank também forjou outros títulos que lhe fizeram trabalhar sob 8 identidades, além de ter usado muitas outras para forjar cheques, cujo volume de prejuízos passou de 2.5 milhões de dólares em 26 países. Com todo o dinheiro disponível devido aos golpes baixos, criou um estilo de vida, namorando comissárias de bordo, comendo em restaurantes caros, comprando roupas caras. Frank foi preso na França em 1969 quando uma comissária da Air France reconheceu o seu rosto no cartaz que anunciava a sua captura. Quando a polícia francesa o prendeu, todos os 26 países em que cometeu fraude pediram a sua extradição. Em 5 anos, um jovem nova-iorquino de classe média fingiu ser piloto de avião, médico, advogado e professor. Passou cheques falsos em quase todos os estados americanos e em mais de 10 países. E fez uma fortuna de milhões de dólares. Frank começou a carreira aos 16 anos, quando passou mais de 3 mil dólares em cheques sem fundos do pai dele em postos de gasolina. Pouco tempo depois, virou profissional no ramo. Passou a abrir contas com documentos falsos e a imprimir seus próprios cheques. Para levantar menos suspeitas na hora de sacar dinheiro, fingiu ter uma das profissões que mais davam status nos anos 60: piloto de avião. Com menos de 21 anos, Frank já tinha acumulado mais de 500 mil dólares. Passou 5 anos na prisão, e acabou solto com a condição de ajudar o governo a prevenir fraudes com documentos. Actualmente ele preside a Abagnale and Associates, uma empresa de consultoria contra fraudes financeiras.

 

Victor Lustig – O Vendedor da Torre Eiffel

Em 1925, o elegante e mundano vigarista Austro-Húngaro Victor Lustig, que se fazia chamar “o Conde”, conseguiu dar o “golpe da sua vida”, vendendo a Torre Eiffel a um ingénuo negociante de sucata. Aproveitando que a câmara da capital estava com graves dificuldades financeiras, que impediam inclusive reparar o oxidado monumento, Lustig se instalou na suíte mais elegante do Hotel de Crillon, em frente à Praça de la Concorde, com uma estupenda vista para a sua futura vítima. Graças a um falsificador conseguiu várias folhas em branco, envelopes e selos com o carimbo da Câmara de Paris e convocou por escrito os cinco mais importantes comerciantes de sucata do país, para lhes propor um grande negócio que exigia o máximo de discrição. Os cinco interessados foram ao encontro, e Lustig, no meio de aperitivos e taças de champanhe, revelou-lhes que havia sido designado pelas autoridades municipais para vender a Torre Eiffel à melhor proposta. Enquanto explicava as dificuldades financeiras que obrigavam a câmara a se desfazer do monumento, observava seus cinco interlocutores para detectar o mais ambicioso e ingénuo ao mesmo tempo. 48 horas depois recebia cinco envelopes fechados com propostas de compra. Só se interessou por aquele que achava que cairia mais facilmente nas suas mãos. Convocou-o no dia seguinte para lhe comunicar que a sua proposta era a que tinha sido aceita. “Mas você sabe que nestes casos costuma-se fazer chegar discretamente ao senhor Presidente uma quantia correcta em dinheiro vivo, para lhe agradecer o seu apoio”, disse-lhe Lustig, o que o futuro novo “dono” da Torre aceitou imediatamente. Um dia depois, o feliz comprador chegou a vê-lo com uma pasta cheia de cédulas e acertou voltar à tarde para assinar a transferência oficial. Qual não foi a sua surpresa, ao constatar que “o Conde” tinha feito as suas malas, pago a conta e deixado o hotel com destino desconhecido. Lustig era mestre porque sabia enganar malandros. E que malandros. Certa vez, o golpista procurou ninguém menos que Al Capone, oferecendo um esquema para fazer o dinheiro dele dobrar em dois meses com uns investimentos. O mafioso lhe deu 50 mil dólares, junto com uma descrição do que lhe aconteceria se o enganasse. Aí Lustig simplesmente guardou tudo no cofre. E dois meses depois, devolveu tudo para Capone, pedindo desculpas e contando que o esquema de investimentos tinha falhado. Grato por Lustig ter sido tão honesto, Al Capone lhe deu 5 mil dólares como prémio. E era o tal prémio que Lustig esperava desde o começo. Outro golpe que ele aplicava em golpistas era vender máquinas de falsificar dinheiro. Ele escolhia um bandido e contava que tinha um aparelho fantástico, capaz de copiar notas. “Só que leva 6 horas para que o trabalho fique ok”, dizia. Então ele colocava uma nota de 100 dólares na máquina para demonstração. Seis horas depois, saía uma “cópia” perfeita (Lustig colocava duas cédulas verdadeiras lá dentro antes, claro). Depois de receber o dinheiro pela venda da máquina, ele ia embora. E o comprador só percebia o engodo depois de 6 horas. Em 1934, finalmente, a carreira dele acabou. Lustig foi preso e mandado para Alcatraz, onde fez companhia ao amigo Al Capone.

George Parker – O Audacioso

George-Parker

Parker foi um dos mais audaciosos vigaristas da história americana. Ele fez a sua vida vendendo marcos públicos de New York para turistas incautos. O seu objecto favorito para venda era a Brooklyn Bridge, que ele vendeu duas vezes por semana durante anos. Convencendo os clientes ingénuos que com a compra da ponte Brooklyn, os contemplados donos da ponte podiam ganhar uma fortuna controlando o trânsito, mediante um pagamento de uma portagem. Mais de uma vez a polícia teve que remover os ingénuos compradores da ponte que tentavam erguer barreiras. Outros marcos públicos que ele “vendeu” foram: o Madison Square Garden, o Metropolitan Museum of Art, Grant’s Tomb e a Estátua da Liberdade. George tinha muitos métodos diferentes para fazer a sua venda. Chegou a criar um falso “escritório” para gerir seus imóveis. Ele produziu um enorme e impressionante quantidade de documentos falsos para provar que ele era o legítimo proprietário de cada um dos imóveis que colocava à venda.

 

Joseph Weil – O Sedutor de Pessoas Honestas

Joseph-Weil

Joseph “Yellow Kid” Weil foi um dos mais famosos vigaristas da sua época. Ao longo da sua carreira, acredita-se ter roubado mais de 8 milhões de dólares. Os seus amigos mais próximos diziam que o seu grande trunfo era conhecer muito bem a natureza humana. A sua frase célebre: “Eu não aplico golpes em pessoas honestas, somente naqueles que acham que podem ganhar algo sem dar nada. Para essas, eu dou nada, em troca de algo”. Weil também dizia que a maioria das pessoas que conhecia possuia o que ele chamava de “lado animal” muito mais forte que o seu lado racional, e o apelo de “ganhar algo sem dar nada” seduzia a maioria das pessoas: “Quando as pessoas aprenderem – e eu duvido que elas irão – que não podem ganhar algo de graça, o crime irá desaparecer e viveremos em grande harmonia”.

 

Bernard Madoff – Golpe Milionário e Símbolo da Crise Mundial

Se Charles Ponzi foi o pai da fraude financeira mais consagrada por vigaristas no mundo inteiro, Madoff é o responsável por sofisticar as pirâmides financeiras. O vigarista apresentava-se como um hábil investidor e filantropo judeu nos Estados Unidos. Em 1960 fundou uma sociedade de investimento que se tornou queridinha dos engravatados de Wall Street. Mas de génio das finanças, Bernard Madoff não tinha nada. Ele formou uma grande pirâmide especulativa, assim como seu guru Charles Ponzi. O mentiroso simplesmente usava o dinheiro aplicado por novos investidores para remunerar os antigos. Assim como toda a pirâmide, quando a sociedade de investimento parou de receber novos membros, o esquema se desmontou. No total, o calote foi de mais de 50 biliões de dólares, um verdadeiro recorde. Grandes bancos como o HSBC e o Santander perderam muito dinheiro por causa de Madoff, eleito como um dos símbolos da Crise Económica Global. O mentiroso, hoje em dia, repousa na prisão, após ter sido condenado a 150 anos nos Estados Unidos.

Charles Ponzi – O Rei de Boston

Charles-Ponzi

Charles Ponzi (também conhecido por Carlo Ponzi, Charles Ponei, Charles P. Bianchi e Carl) foi o italiano que se tornou um dos maiores trapaceiros de toda a história dos Estados Unidos. Os seus primeiros anos nos Estados Unidos foram incomodativos. Ele começou a trabalhar no restaurante, mas logo foi despedido por usar de truques para enganar no troco os clientes. Emigrou para os EUA em 1903 e desde o início teve problemas com a justiça falsificando cheques e cometendo outros pequenos crimes (falsificação de documentos, pequenos roubos, etc.) tanto nos EUA quanto no Canadá onde viveu durante um tempo. Em 1918, em Boston, casou com uma outra emigrante italiana e no ano seguinte iniciou, sempre em Boston, o seu mais famoso esquema de fraude – o das pirâmides. É dele a ideia de gerar rendimento absurdamente alto a pessoas, custeado por novos investidores, sem que a receita seja gerada por algum negócio real. Nos últimos anos, o americano Bernard Madoff ficou milionário graças a um esquema fraudulento baseado no “esquema Ponzi”. Durante alguns meses, enquanto durou a fraude, foi uma das pessoas mais admiradas de Boston e um dos pilares da comunidade. Mudou para uma mansão e participava de obras de assistência. Foi para prisão várias vezes no Canadá e nos EUA. Em 1934, quando saiu da última prisão foi deportado de volta para Itália onde tentou novos esquemas, mas sem sucesso. Finalmente mudou para o Brasil onde trabalhou como representante das linhas aéreas italianas até que estas foram fechadas por causa da guerra. Acabou pobre, doente e esquecido, no hospital para indigentes. Morreu em Janeiro de 1949 num hospital para indigentes no Rio de Janeiro.

Marcelo Nascimento – O filho do Dono da Gol

http://3.bp.blogspot.com/-0_sGqU2rdFQ/T_utY9XvXlI/AAAAAAAAADk/cnGVjKbQuU4/s1600/vips-filme-amaury.jpg

Quase não dá para acreditar. Mas grande parte das aventuras vividas pelo paranaense Marcelo Nascimento da Rocha – ou Victor Hugo, Juliano Silva ou Marcelo Ferrari Contti, outra de suas 16 identidades – é verdadeira, como confirmaram testemunhas e reportagens. A sua ousadia maior foi ter-se passado por Henrique Constantino, filho do dono da empresa de aviação Gol. A escritora Mariana Caltabiano compilou esse e outros casos de Nascimento durante um ano gravando depoimentos seus na prisão do Centro de Triagem de Curitiba. O fruto das entrevistas é o livro “Vips – Histórias Reais de um Mentiroso”, em que Nascimento relata, em primeira pessoa, aventuras dignas de um filme. Apesar de ter passado a maior parte de seus 29 anos entre mentiras e vigarices, Nascimento só ficou famoso em 2001. Naquele ano, fugindo à polícia depois de ter sido preso no Acre transportando drogas no avião que pilotava, ele resolveu se divertir. Passou quatro dias num camarote do Recifolia, o Carnaval fora de época da capital pernambucana. Comeu, bebeu e foi elogiado por famosos e modelos usando o nome de Constantino, filho do dono da Gol. Tirou fotos com a modelo Joana Prado, a Feiticeira, então no auge da fama. Foi apresentado pela directoria do Recifolia a Amaury Jr., o que lhe rendeu uma entrevista para a TV. “Fiquei extremamente impressionado com ele, porque é uma pessoa de alto magnetismo”, contou o apresentador à autora do livro. Amaury até pegou boleia no jacto que o “filho do Constantino” havia emprestado a companhia aérea, e ficou surpreendida quando soube da farsa. Nascimento foi condenado por cinco crimes: fraude, falsidade ideológica, associação com o tráfico, apropriação e uso indevido de farda e insígnia, no caso deste último pela Justiça Militar. No tempo em que serviu o Exército, fingiu ter uma patente maior e vendeu motos que seriam leiloadas. As vigarices que conta no livro poderiam colocá-lo em mais uma série de inquéritos policiais e desencadear outras sentenças. O vigarista está numa prisão em Avaré, no interior de São Paulo, e ficará preso por mais quatro anos. Isso se não fugir da cadeia, como já fez três vezes, inclusive enquanto Mariana preparava o livro.

Eduardo de Valfierno – Um Ladrão de Bom Gosto

Eduardo de Valfierno

O italiano Vincenzo Perugia talvez seja o único pintor de paredes a entrar para a história da arte. O seu feito deu-se em 1911, quando roubou nada mais nada menos que o quadro mais famoso do mundo, a Mona Lisa, do Museu do Louvre, de Paris. O ladrão foi apanhado em flagrante quando tentava revender a obra-prima de Leonardo da Vinci e condenado em 1914. O mentor do crime foi um artista chamado Eduardo de Valfierno. Nos anos em que a obra esteve desaparecida, Valfierno vendeu seis quadros forjados por 300.000 dólares cada um. O Louvre garante que recuperou o original de Da Vinci.

Robert Hendy-Freegard – O Galã

Robert-Hendy-Freegard

As vítimas de Robert Hendy-Freegard, de 34 anos – pelo menos seis mulheres endinheiradas – foram convencidas de que corriam risco de vida por terem se ligado a ele e foram obrigadas a viver fugindo e apavoradas. Segundo o diário britânico “The Times”, enquanto elas se escondiam para se proteger de uma falsa ameaça, ele aproveitava para levar uma vida luxuosa, comprando carros avaliados em 250 mil libras. A polícia disse ao jornal que existe suspeitas de que existe outras vítimas que não foram citadas no julgamento – uma delas seria brasileira. A sua trajectória de falsário começou quando trabalhava como barman num bar da cidade de Newport. Na época, no início dos anos 90, havia muita actividade do grupo radical irlandês IRA naquela região. Isso ajudou a alimentar a ficção criada por Hendy-Freegard. Ele conheceu três jovens estudantes de famílias ricas (duas mulheres e o namorado de uma delas) e os convenceu de que era um agente do MI5 investigando uma célula do IRA com planos de explodir uma bomba na universidade.

 

Christophe Rocancourt – O Rockefeller Francês

Rockefeller-Francês

Christophe Rocancourt não assassinou ninguém, não é terrorista nem ladrão de banco, mas já esteve na lista dos mais procurados pela polícia americana. Seu crime? Passar a perna em gente da alta roda de Nova York e Los Angeles. Nascido na França em 1967, o malandro gostava de dizer que se chamava Christopher Rockefeller e que era um descendente francês do magnata americano. Mas essa era só uma das 12 identidades falsas dele. Christophe também se apresentava como parente da actriz Sophia Loren, do estilista Oscar de la Renta e do cineasta Dino de Laurentiis. O seu principal golpe era convencer as pessoas a deixar uma boa quantia de dinheiro com ele para ser investida no esquema altamente lucrativo. A garantia era o sobrenome Rockefeller, e o rosto bonitão ajudava a passar confiança. Em outras ocasiões prometia emprestar grandes somas de dinheiro, desde que recebesse um módico adiantamento. Em 2001, Rocancourt acabou preso. No julgamento, foi acusado de fraudar 19 pessoas e condenado a 4 anos de prisão. Ele mesmo estima que, em sua vida de golpista, arrecadou pelo menos 40 milhões de dólares. Ninguém duvida: quando foi preso, o francês tinha dois Ferraris, um jipe que já tinha sido do bilionário inglês Dodi al Fayed, era dono de um andar no Regent Beverly Wilshire Hotel, no bairro mais chique de Los Angeles, e andava com um segurança a tiracolo. Além disso, o “Rockefeller” era casado com a modelo Pia Reyes, ex-coelhinha da Playboy. Nada mal para quem nasceu numa cidadezinha do interior da França. Filho de um pintor e uma prostituta, aos 9 anos de idade foi abandonado no orfanato. Quando saiu de lá aos 16, foi para Paris tentar a carreira de modelo e chegou a aparecer na capa da Vogue italiana. Mas aí ele descobriu que podia ganhar dinheiro de um jeito mais fácil. Começou a falsificar cheques e participou do assalto a uma joalharia suíça. Mas a polícia nunca conseguiu provar o seu envolvimento nesses crimes. Apesar desse currículo, Rocancourt jura que nunca roubou ninguém. Numa entrevista para a rede de TV americana CBS em 2003, ele se justifica. “Eu quebrei uma promessa, isso faz de mim um ladrão? Eu realmente fiz um empréstimo, mas não tomei, não furtei nem nada”.

 

Omar Kayan – O Homem mais Inteligente do Mundo

Omar-Kayan.

Em 2000, surgiu na imprensa brasileira, um figurão alegando, aos 99 anos, falar 33 idiomas e 72 dialectos. Omar Kayan dizia ter 107 títulos de doutor e três indicações ao Prémio Nobel. Ninguém no país tinha ouvido falar dessa prodigiosa inteligência. Mesmo assim, o senhor com ares de profeta enganou todo mundo direitinho. Deu entrevistas para os grandes jornais e chegou a ocupar dois blocos do Programa do Jô Soares. Khayam na verdade se chamava Alexandre Selva, tinha 62 anos, e não era doutor, tratava-se apenas de um charlatão que se fazia passar por génio para dar palestras e facturar dinheiro. Um vigarista de marca maior. Pior, Selva alegava ter poderes paranormais e cobrava para supostamente, curar pessoas com a força do pensamento. A fama acabou derrubando Selva. O malandro ficou tão conhecido pelo Brasil fora que foi descoberto por pessoas que haviam sido prejudicadas por ele anos antes. Acusado desapareceu subitamente do público.

Milli Vanilli – Os Cantores do Playback

Milli-Vanilli

O mundo das artes está cheio de mentirosos. Na música, nenhuma fraude é tão arrasadora quanto a que a dupla Milli Vanilli criou. No começo dos anos 90, sucessos como “Blame it on the Rain” e “Girl You Know it’s True” não paravam de tocar nas rádios. Venderam milhões de discos com seus dois álbuns, lançados em 1988 e 1990. A dupla chegou a ganhar um Grammy, em 1990, como Melhor Artista Iniciante. Mas Milli Vanilli não era real. Quer dizer, Fab Morvan e Rob Pilatus dançavam, requebravam e tinham boa pinta, mas não cantavam. Quem cantava nos discos em nome do Milli Vanilli não aparecia em frente das câmeras. O diabólico plano de conquista das rádios pelo globo foi idealizado pelo produtor Frank Farian que cansado de não conseguir fazer sucesso, decidiu montar a dupla falsa. Aos poucos os meios de comunicação social começaram a desconfiar de Milli Vanilli. Em 1989, durante um show para a MTV, a fita do playback enroscou e a dupla de mentirosos passou vergonha em frente a 80 mil pessoas. Em Novembro de 1990, finalmente Farian revelou a fraude. O Milli Vanilli teve de devolver Grammys conquistados. Anos mais tarde, os dois músicos tentaram voltar, desta vez cantando de verdade. Em 1998, Pilatus foi encontrado morto por overdose num hotel em Frankfurt. Morvan teve mais sorte e hoje, trabalha como músico e locutor de rádio.

Os 3 presídios mais seguros do mundo

Nesse mundo de violência muitos países criam muitos presídios de segurança máxima, são presídios muitos seguros onde a chance de um preso fugir é quase zero, conheça os 3 presídios mais seguros do mundo
 
Entre os presídios mais seguros do mundo podemos destacar o Supermax, localizado no Colorado, Estados Unidos. A prisão foi inaugurada em 1994 para receber os bandidos mais violentos dos Estados Unidos.
Os prisioneiros não têm contato um com o outro e passam 22 horas por dia confinados em solitárias.
 
Uma outra prisão que foi considerada super segura durante muitos anos é Alcatraz, também nos Estados Unidos. Esta foi considerada a prisão mais segura do mundo por causa de sua localização e regras. Alcatraz  foi prisão de segurança máxima durante 30 anos apenas tres fugitivos escaparam, foi em 11 de junho de 1.962, , Frank Morris, e os irmãos John e Clarence Anglin, desapareceram da suas celas, Somente algumas evidências foram encontradas , o que levaram a acreditar que os prisioneiros morreram, mas oficialmente estão listados como desaparecidos e afogados..
 
Na Noruega, a penitenciária Halden Fengsel, inaugurada em 2010 e localizada no sudeste do país, também está entre os presídios mais seguros do mundo. Com capacidade para receber 248 detentos, a prisão é considerada de luxo.
 
OBS: No  Brasil, o presídio mais seguro foi inaugurado em Mossoró. Lá, 208 dos principais criminosos do país vivem.
O presídio federal de Mossoró conta com o mais moderno sistema de segurança do Brasil, reconhecido mundialmente. São 260 câmeras de segurança.
Fonte: jovemcurioso.com

Por dentro do McDonalds

As cores vermelha e amarela são cores quentes, e representam velocidade, agilidade e fome. Sim, fome. Você pode não estar com fome, mas provavelmente sentirá ao passar por um McDonalds e ficar olhando para lá.

Ao entrar na armadilha do ambiente, você já é bombardeado por aquele cheiro maravilhoso que vem… De um bomba! Sim, gente. O cheiro do McDonalds não é natural Continue lendo “Por dentro do McDonalds”

Qual o motivo de tanto sucesso da galinha pintadinha?

 

Uma galinha azul, pintadinha, é claro; algumas cantigas de roda universalmente conhecidas; alguns desenhos coloridos. Misture tudo, coloque no youtube e nas prateleiras. Pronto! É só esperar e colher os frutos dos 300 milhões de acessos, milhares de CD´s e DVD´s vendidos, casas de show lotadas, etc…

Parece bem simples, mas não é possível que seja só isso… Quem já viu o encontro entre essa mídia infantil e seu público alvo crianças de 0 a 5 anos. Os pequeninos ficam fascinados, paralisados, mudam o comportamento e parecem estar hipnotizados. A música, os traços, as cores, não tem nada de realmente diferente e novo nisso. Qual serão, então, os ingredientes secretos desse fenômeno que é a Galinha Pintadinha?

Segundo o neurologista Leandro Teles, o verdadeiro pulo do gato, ou da galinha, é ter sido feita sob medida para o cérebro infantil. Cumpre perfeitamente duas missões: chamar atenção da criança, tarefa essa não muito difícil, convenhamos; e sustentar essa atenção por minutos, até horas. Isso, sim, não é para qualquer um.

O especialista dividiu a análise desses aspectos sobre a percepção infantil e os detalhes técnicos dessa produção de grande sucesso em duas partes: visual e sonora.

Parte visual

Criança pequenas são ávidas por estímulos visuais, adoram objetos coloridos e movimentos. Gostam do simples: traços diretos e grosseiros. As cores vivas devem apresentar contraste, cada objeto tem uma cor completamente diferente e destoa do resto. Ou seja, nada precisa combinar, mas precisa saltar aos olhos. Os personagens são apresentados no centro da mídia, movimentam-se em bloco, são pouco articulados, de expressão estática. Isso evita que a complexidade tire o foco da criança.

Parte sonora

A sonorização dos vídeos também é peculiar e nada aleatória. Apresentam-se canções de melodia forte, marcante, simples e, principalmente, repetitiva. A harmonia cíclica funciona como um pêndulo de hipnose. É muito facilmente aprendida e viciante: gruda no cérebro de crianças e de adultos também. O timbre vocal é específico de canções infantis.

Quando imagem e som se encontram



Essa junção é, talvez, o grande trunfo da produção. A canção e a animação são expostas sincronicamente. A animação pulsa conforme a música, enquanto os personagens oscilam no tempo da melodia. Para complementar, tem até uma bolinha que pula ritmada sobre a letra da música, dando ainda mais balanço e integrando definitivamente som e vídeo.

 

Pessoas egoístas são mais felizes, diz estudo

http://4.bp.blogspot.com/-ESRIN8Y3LkE/T0zQhlMC07I/AAAAAAAAAWQ/iFqE46Qghw8/s1600/egoista.jpg

Uma pesquisa da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, convidou mais de 200 estudantes para diferentes atividades. Na primeira delas, os participantes  receberam 3 dólares e foram divididos em três grupos: uma turma seria obrigada a gastar o dinheiro com coisas para si, outra teria de deixar a “fortuna” numa instituição de caridade, enquanto os outros poderiam escolher entre doar ou não.

Em seguida, eles tiveram de classificar, numa escala de 1 a 7, o nível de satisfação que tiveram com a tarefa. Quem não teve opção, a não ser torrar o dinheiro com qualquer bobeira se sentia bem mais feliz.

O segundo teste foi parecido: alguns participantes tinham de comprar cartões de presente para si mesmo, ou para caridade ou podiam escolher uma das duas opções. Mais uma vez, o grupo mais feliz era aquele que não podia escolher e era obrigado a comprar os cartões para si.

No último estudo, os pesquisadores doaram 20 dólares para cada pessoa e perguntaram se gostariam de guardar ou doar a quantia. Em seguida disseram aos participantes que o computador decidiria o destino do dinheiro. Quem ficou com a grana, por escolha do pc, ficou bem mais feliz.

Saiba Porque o Fim do Mundo é em 2012

O Devaneador + Planeta X Nibiru Saiba Porque o Fim do Mundo é em 2012

Certamente você já deve ter escutado alguma história sobre o fim do mundo, e não é para menos, afinal de contas com tantas histórias bíblicas, profecias e previsões é de deixar qualquer um confuso e com um pé atrás.

O assunto do momento é o planeta X ou “Nibiru”, diz que o tal planeta é 11 vezes maior que a Terra e se aproxima em uma velocidade fora da nossa imaginação. Em alguns países da Europa e Ásia já é possível ver o que chamamos de segundo Sol.

Está previsto para o final de dezembro de 2012 a aproximação dele em nosso sistema solar, causando uma mudança em toda orbita onde causaria o extermínio de pelo menos 2/3 da humanidade.

O planeta é conhecido desde os sumérios de 5000 anos atrás, eles o chamavam de “disco alado” e argumentam que o aparecimento de Nibiru no céu ameaça causando problemas.

No elintransigente.com diz que uma vez a cada 3, 600 anos Nibiru está perto de nosso sistema solar, de acordo com os cálculos deste planeta será visível no final de 2012, um olhar no hemisfério Sudeste (Antártica) e 21 de dezembro de 2012, Nibiru de passagem perto da Terra e no Céu será semelhante a um segundo sol vermelho, coincidentemente ou não, neste dia, a era do calendário maia l esta sabia resumos, bem como a NASA sabe disso também, mas nas aulas de astronomia não dizer nada, nem uma palavra única, uma vez que estive aqui, é proibido de falar sobre a existência de um planeta desconhecido, Nibiru, lembre-se este nome porque está se aproximando, em 1972, Joseph Brady, da Universidade da Califórnia descobriu que um planeta desconhecido causou perturbação gravitacional no cometa Halley.

Tatuagem nos olhos você faria?

http://www.areah.com.br/images/fotos/mh_interna_tb_bizarre_magazine_5329_7.jpg
Já é possível encontrar pessoas com este tipo de tatuagem circulando pela Galeria do Rock, em São Paulo
http://www.areah.com.br/images/fotos/mh_interna_eyeball-tattoo1_87508477.jpg
A princípio você pode pensar que viu um vampiro ou um ser de outra dimensão, afinal não é todo dia que cruzamos com pessoas cuja esclera — a parte branca dos olhos — é vermelha, amarela ou preta. Mas se você acha que tatuar o terceiro olho é ir longe demais na expressão corporal é porque não conhece a moda que está desembarcando no Brasil: as tatuagens oculares.
Tudo começou nos EUA em 2007, quando Shannon Larratt, fundador do site de modificação corporal Bmezine.com buscava técnicas rudimentares de pigmentar a pele. Foi então que ele se deparou com documentos que apresentavam métodos antigos de corrigir a visão e colorir os olhos usados do século XIX.
http://www.areah.com.br/images/fotos/mh_interna_eyeballtattoo-cherrybombed.jpg
Amante das tattoos, Larratt não pensou duas vezes antes de usar seus próprios globos oculares como cobaia. Na época, ele explicou que o pigmento injetado era o mesmo das tatuagens convencionais, porém aplicado através de uma seringa. Segundo Larrat, o tecido ocular é bastante resistente e preparado para conviver em meio a contaminantes.
Por outro lado, o tatuador mineiro Gustavo Carvalho, ou GuuhGreen, alerta sobre os perigos de tatuar as vistas. “Entre as complicações, podemos citar hemorragia, infecção e perfuração, que podem levar à cegueira.Sou contra esse tipo de adorno, pois é irreversível, e existem muitos adornos oculares diferentes, que podem ser encontrados através das lentes de contato”, comenta ele.
GuuhGreen garante que já é possível encontrar pessoas com este tipo de tatuagem circulando pela Galeria do Rock, em São Paulo. “Por ser inovadora no universo das tatuagens, ela causa frisson em apaixonados pelas tattoos, porém é uma técnica nova e sem muitos conhecimentos específicos. No entanto, o processo é muito mais doloroso do que na pele, e deve ser realizado com agulhas hipodérmicas”, recomenda o tatuador. E aí, será que vale a pena o risco?

5 Alimentos que as pessoas não comeriam se soubessem como são feitos

curiosidades
Algumas pessoas preferem não saber como os alimentos são preparados, pois desta forma podem continuar a comê-los sem ter nenhum receio. 
 
Se você é uma destas pessoas não continue lendo, porém se você é curioso e gostar de saber sobre tudo veja abaixo os 5 alimentos deliciosos que se as pessoas soubessem como é feito não comeriam.

1. Gelatina

É um alimento livre de colesterol, não possuem conservantes ou aditivos. Os médicos geralmente recomendam para prevenir a osteoporose e artrose. Além disso, enrijece o corpo favorecendo o colágeno, fortalece as unhas, combate a queda de cabelo e reduz o apetite.
 
Mas como ela é feita? A gelatina consiste de uma proteína derivada de 90% de colágeno que provém dos cortes de pele crua e das cabeças de bovinos. O produto é extraído da raspagem do couro fresco e dos ossos, que são desengordurados e esmagados após 24 horas do abate
 
Depois de lavar várias vezes os couros com ácidos o produto extraído é exposto a uma solução de cal durante 5 a 10 semanas. A substância gerada é a 145 graus e então é resfriada rapidamente para solidifica, desde aqui já poderá ser consumida, saborizada ou transformada em diversos doces.

2. Queijo de Porco

Devido a seu nome supõe-se que é mais um derivado do leite, porém sua origem está muito longe disso. O produto é feito com o caldo da cabeça do porco. para engrossar o caldo é utilizado uma mistura de ingredientes, inclusive o colágeno extraído da própria cabeça do animal. A receita varia de país para país. Na Bulgária, por exemplo, é acrescentado as pernas do porco, na Alemanha é acrescentado pedaços de couro e peles.

3. Morcela

A morcela é feita com o sangue do porco coagulado, talvez isto não seja novidade, porém o modo como é preparado pode ser repugnante. Primeiro o intestino do porco é lavado limão e sabão branco várias vezes, até que ficarem sem cheiro. O preenchimento da linguiça é feito com um litro de sangue sem coagulação, temperado em uma panela com alho, pimentão, cebola, açúcar, sal e orégano.
 
Depois os ingredientes são fervidos e inseridos em uma das extremidade do intestino enquanto a outra é amarrada para não vazar o recheio.. Em seguida a linguiça é amarrada e fervida durante 30 minutos. Se ao comer o alimento você notar algo difícil de mastigar, pode ser que você tenha encontrado uma cartilagem do animal, que em muitas receitas são adicionados junto aos ossos da cabeça do porco esmagados.

4. Patê

É um dos alimentos muito consumidos no dia a dia, geralmente ingeridos com pães. O alimento é feito com as vísceras da carne de diferentes animais, como vacas, porcos e patos. Para atingir o sabor, textura e consistência desejados são adicionados farinhas, especiarias, leite, conservantes e outros aditivos diversos e, em seguida, é feito um tratamento térmico. O ingrediente e sabor mais abundante na mistura é o fígado do animal escolhido. O patê mais famoso e caro é aquele feito com o fígado de pato chamado Foie Gras.

5. Kanikama

Este é um nome genérico de um produto fabricado a partir de surimi, uma pasta de peixe branco que contém aromatizantes e corantes para simular o gosto e sabor do caranguejo.
 
Para preparar a mistura geralmente são utilizados os peixes cavala, bacalhau e/ou pescada. A mistura é lavada várias vezes e, em seguida, passada através de uma máquina que aquece e esfria a mistura.
 
Após o processo durar aproximadamente 40 minutos, a substância vira um gel que é adicionada a amido, aromatizantes, clara de ovo, sal, açúcar, conservantes, corantes, e uma longa lista de ingredientes. O produto é então montados em blocos e congelados.

10 Curiosidades sobre a internet

10curiosidades internet mister bood 10 Curiosidades sobre a internet

1  – A internet foi inventada pelos norte-americanos por medida de segurança. Eles temiam que um dia, com um bombardeio, importantes informações fossem perdidas e a internet era uma maneira de descentralizá-las.

2 – A primeira novela brasileira a mencionar a internet no seu enredo foi Explode Coração, de 1995 pela Rede Globo e escrita pela autora Gloria Perez. Até então, poucas pessoas sabiam do que se tratava este meio que hoje é tão importante!

3 – Os vídeos na internet revolucionaram a forma de se fazer televisão, cinema ou qualquer outra produção audiovisual. Antes deles, os filmes e trechos eram vistos apenas com algum suporte físico que limitava a exibição. Hoje, é livre.

4  – O primeiro compartilhador de arquivos P2P foi o Napster, em 1999, que difundiu o formato de Áudio MP3. O programa fechou as portas em 2001, não resistindo aos vários processos recebidos. Hoje, o Napster voltou, mas agora vende músicas legalizadas.

5  – As imagens encontradas nos serviços Google Earth e Google Maps são tiradas por satélites terceirizados e apenas compradas pela Google.

6  – Estima-se que o Google processe dois biliões de pesquisas por dia, além dos acessos aos outros sites do Complexo Google, como o YouTube, Gmail e Orkut.

7 – O termo spam é originário de uma carne de baixa qualidade vendida nos EUA. Nos anos 70, ela foi a protagonista de uma sátira na TV, onde um restaurante servia todos os pratos com a carne spam, mesmo contra a vontade dos fregueses.

8 – Se você recebesse 1 real por cada artigo publicado na Wikipédia, você estaria ganhando R$ 156,23 por hora.

9 – Se o Facebook fosse um país, seria considerado o 4º maior do mundo;

10 – Para atingir uma audiência de 50 milhões de pessoas, o rádio levou 38 anos, a TV 13 anos e a internet 4 anos.

Tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

Os desenhos animados são uma febre que nunca termina, afinal de contas, adultos e crianças sempre gostaram de assisti-los — além disso, novas histórias são lançadas com certa frequência, o que renova esse costume. Por conta deste grande público, você pode encontrar séries de todos os tipos e gêneros.

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

Dessa maneira, há diversas histórias de ficção em que a tecnologia extremamente avançada é um dos pontos altos da trama. Sendo assim, você já deve ter visto recursos tecnológicos que foram “criados” nesses desenhos e ainda não se tornaram realidade — o que pode ser muito triste.

O Tecmundo separou sete grandes ideias que ainda não podem sair do papel (ou das telas). Vamos conhecê-las?

1. Moradias Orbitais

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/Senhorasnamoda)

A série Jetsons mostra uma família do futuro que vive rodeada de alta tecnologia. Entre os recursos futuristas, está a moradia dos personagens, que fica em um nível muito superior ao do solo — quase na órbita do planeta.

Apesar da tecnologia de construção atual estar em constante desenvolvimento, vai demorar um tempo considerável para que as pessoas possam morar em uma casa tão longe do chão — isso se a superpopulação (ou a poluição) não der um jeito de obrigar uma “evolução” extremamente rápida.

2. Máquinas de Higiene

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/MSN)

Ainda falando sobre o antigo seriado dos Jetsons, é possível achar um aparelho que seria a solução dos preguiçosos: a máquina de higiene. Você iria acordar e ela daria banho em você, faria a sua barba, pentearia o seu cabelo e até escovaria os seus dentes. Com tudo isso, você poderia economizar muito tempo e acordar um “pouquinho” mais tarde…

3. Cápsulas milagrosas

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/Animesligablack)

No famoso desenho Dragon Ball, Goku e seus amigos usam com frequência as invenções da Corporação Cápsula. Como o nome já indica, essa fábrica consegue colocar carros, motos, casas, barracas e diversos outros produtos dentro de cápsulas muito pequenas.

Você simplesmente pega o recipiente, aperta um botão e espera a fumaça passar. Depois disso, a sua casa — ou qualquer outra coisa que tenha sido comprada — vai estar pronta para o uso. Apesar das vantagens, é inevitável pensar que uma invenção dessas custaria uma grande fortuna.

4. Criônica

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/RMVB)

Em Futurama, Fry — um sujeito que vive em 1999 e não tem perspectivas de um futuro decente — acaba sendo congelado, acordando somente no ano 3000. O nome dessa técnica é criônica, e ela consiste em refriar de maneira extrema o corpo do paciente para que ele possar ser revivido no futuro.

Apesar desse método ser pesquisado e respeitado por diversos cientistas, ainda não é possível reviver quem é congelado. No entanto, essas pessoas são consideradas técnicamente vivas — e é provável que elas possam ser acordadas algum dia.

5. Transporte por tubos

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

 (Fonte da imagem: Reprodução/Futuramabr)

Não há como falar de Futurama sem mencionar o transporte público do ano 3000: a viagem em tubos. Você simplesmente pula em uma espécie de tobogã gigante e espera a chegada ao seu destino — sem se esquecer de curtir a “aventura”, é claro.

Além de esse método acabar com o problema de congestionamentos e poluição, você não precisaria esperar o ônibus, metrô ou trem. O melhor é que seria uma viagem sem empurrões, xingamentos ou pisões no pé.

6. Robôs gigantes

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/Sekai-onigiri)

Se você acha legal ver aqueles robôs que limpam o chão sozinhos é porque nunca imaginou a vida com uma das armas de Gundam. Elas são armaduras-robôs gigantes que você poderia usar para correr, voar e pular de maneira extremamente exagerada — além de lutar e destruir muitas coisas, é claro.

Nós estamos muito longe de um armamento desse tipo, mas talvez isso seja algo bom, afinal de contas, qualquer “lutinha” entre esses robozões pode se tornar uma guerra enorme.

7. Androides perfeitos

7 tecnologias dos desenhos que ainda não são realidade

(Fonte da imagem: Reprodução/Dubranet)

Em projeto Zeta, é possível acompanhar a história de um androide que foi criado para ser um assassino perfeito (que, como o nome indica, se chama Zeta). Acontece que ele começou a diferenciar o certo do errado e decidiu nunca mais matar.

A tecnologia atual não foi capaz de criar nenhum androide de verdade, portanto estamos muito longe de uma mente artificial tão sofisticada quanto essa. Imagine só o tamanho do processamento de dados desse “computador”…

Garoto de 11 anos encontra mamute congelado

6575928638144233 Garoto de 11 anos encontra mamute congelado

É bem provável que nada de diferente aconteça quando você sai de casa para dar um passeio descompromissado, mas com Yevgeny Salinder foi diferente. O garoto, que tem 11 anos e mora no norte da Rússia, foi caminhar na beira do Rio Yenisei e começou a sentir um cheiro estranho, até que viu algo saindo do solo.

É lógico que ele foi ver o que era essa “coisa” estranha e acabou descobrindo um mamute congelado — na verdade, ele viu apenas os tornozelos do animal. Os especialistas que examinaram o espécime puderam confirmar que ele era um macho, que morreu há 30 mil anos com 15 ou 16 anos de idade.

Além disso, os estudiosos alegam que esse é o mamute descoberto em melhor estado de conservação desde 1901 — e foi necessário apenas um passeio para que ele fosse achado.