Bem-vindo a Aokigahara, a floresta da morte

 

florestamorte Bem vindo a Aokigahara, a floresta da morte

Nas histórias de ficção, é comum se deparar com florestas sinistras nas quais a morte vive à espreita. Contudo, de acordo com o vídeo acima — postado pelo site VICE —, existe no Japão um local real que se encaixa com essa descrição. Trata-se de uma floresta localizada na base do Monte Fuji chamada Aokigahara, também conhecida como a “floresta dos suicídios”.

Segundo o vídeo, Aokigahara é um dos locais mais procurados pelos suicidas no Japão, e mais de 100 corpos são encontrados todos os anos pelas autoridades. Aparentemente, a fama surgiu depois da publicação de um livro no qual um dos personagens comete suicídio na floresta, e o local acabou se tornando popular para essa finalidade. Hoje, até existem placas pelas trilhas para dissuadir os suicidas.

Parque dos mortos

Aokigahara é aberta ao público, mas a partir de determinado ponto, devido à facilidade de que as pessoas acabem se perdendo, o acesso é restrito. E é por esse caminho que os suicidas costumam avançar, amarrando fitas pela trilha para que possam retornar no caso de que mudem de ideia. Assim, é comum que os indecisos acampem durante vários dias entre as árvores, para refletir sobre a decisão de pôr ou não um fim em suas vidas.

Além dos cadáveres, muitas vezes são encontrados objetos ritualísticos, manuais sobre o macabro procedimento e bilhetes de despedida. Historicamente, o suicídio no Japão era um ato ritual cometido pelos antigos samurais, e também existia o costume entre as famílias muito pobres de abandonar os idosos nas florestas. No entanto, hoje a motivação, infelizmente, é completamente diferente.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)