A polícia holandesa está treinando Águias para derrubar drones

Enquanto os governos criam leis para lidar com uma ameaça em potencial de Drones, a solução parece ser mais simples do que se imagina. A polícia holandesa junto com a empresa em Haia, estão criando aves de rapinas para ajudar na segurança publica com drones desonestos. Realizando treinamento, as águias reconhecem os drones como presas, e atacam os invasores.Até agora, o projeto está sendo estudado e avaliado para ver a viabilidade de um pelotão de águias, pois os Drones estão se tornando mais barato e mais acessíveis, aumentando os temores de que eles poderiam serem usados ​​por criminosos ou terroristas. Nesse sentido, a polícia japonesa também anunciou recentemente que vai implantar um batalhão de anti-drones.

“No futuro, os drones serão utilizados cada vez mais, por isso muitas coisas envolvendo drones vão evoluir”, disse Polícia da Holandesa em um comunicado”. Drones também pode ser utilizado para fins criminosos.”

A empresa de segurança diz que a técnica que eles usam não é prejudicial para as aves e não é perigoso. Na verdade, seus pés são fortemente treinados para protegê-los e te naturalmente uma camada de pele mais grossa e com unhas bem afiadas. Em um comunicado de imprensa, disseram: “Nós usamos instintos de caça naturais das aves, a fim de interceptar drones. Fazemos isso com segurança, rapidez e precisão, O instinto animal de uma ave de rapina é único. Eles são feitos para ser capaz de dominar uma presa em movimento. Às vezes a solução para um problema é mais óbvio do que você imagina”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *