9 alimentos que possivelmente não comeria se soubesse como são feitos

Muitos alimentos são fabricados de maneira nojenta e muita gente não sabe disso. Confira uma lista com 9 deles:

Gelatina

Se existe um produto inofensivo, esse é a gelatina. É um alimento livre de colesterol, sem conservantes nem aditivos, que os médicos recomendam para prevenir a osteoporose e a artrose, entre outros benefícios. No entanto, sob seu aspecto inocente e tremelicante oculta-se um monstro. A gelatina é formada por 90% de proteínas obtidas do colágeno. Qual é a matéria prima do colágeno? Recortes de couro do gado sem curtir e partes frescas da cabeça e ossos, cujas gorduras são retiradas, que trituram antes de completar 24 horas do sacrifício do animal, para serem transformados em osseína. Depois de lavá-los várias vezes com ácido, o couro e a osseína são expostos a uma solução de cal, entre 5 e 10 semanas. A substância extraída é depois esterilizada a 145 graus e rapidamente esfriada para solidificar. Daí, pode ir direto para sua cozinha.


Chouriço

Também conhecida como morcilha ou morcela dependendo da região do país, é um embutido feito com sangue de porco coagulado. Primeiro, lavam-se as tripas do porco com sabão e limão repetidas vezes, até deixá-las sem cheiro. O recheio é preparado colocando-se em um panela o sangue fresco do animal condimentado com alho, cebola, açúcar, sal e orégano. Depois de fervido, dá se um nó na extremidade da tripa que é recheada com os ingredientes citados anteriormente com um funil. Outro nó na tripa e ferve-se novamente durante trinta minutos. Se ao mastigar notarmos algo duro na boca, como uma cartilagem, é porque em muitos casos acrescentam triturados de cabeça e miúdos na panela.

Patê

Tem muita gente que não vive sem ele apesar de nem imaginar de como é feito. O patê é elaborado com o descarte de vísceras e de carne de diferentes animais, como vacas, porcos e patos. Para conseguir a textura, o sabor e a consistência que conhecemos, agregam farinhas, temperos, leite, conservantes e outros vários aditivos. Ainda que em geral predomina o sabor de fígado, não é o ingrediente que mais abunda na mistura.

Chocolate

O chocolate também não escapa da lista, parece que ele contém mais coisas que o cacau, segundo o Tecmundo sua barra de chocolate contém, em média, 8 pedaços de barata.

Balas coloridas 

Essas balas, que você pode reconhecer olhando pela foto, são feitas a partir da goma-laca, substância obtida após o esmagamento de insetos e é usada em alimentos que têm essa casca mais dura. A substância também serve para dar um brilho mais intenso nas cores.

Baunilha

Castóreo é uma secreção do castor que contém fezes e urina e serve para impermeabilizar a pele do animal. Mas, pelo seres humanos, é usada para dar sabor e perfume a alimentos de baunilha e framboesa. A substância é liberada pelo órgão FDA (Food and Drug Administration), dos Estados Unidos, para consumo.

Goma de mascar

Muitos chicletes têm na sua composição a lanolina, uma secreção da ovelha que ajuda a deixar a alimento mais macio.

Pão

Não os da padaria, mas os industriais, muitos contêm L-Cyesteine, substância retirada do cabelo.

Salsicha

 

Em uma simples salsicha que é feita com um mix de restos de carne de boi, frango e suína, podemos encontrar o focinho de um porco, coágulos de sangue de um frango, gordura do pescoço e restos de carne de boi como o cérebro, além de muito sal e corantes para disfarçar o sabor.

Deixe seu Comentario!

    Atualmente Temos 1 comentário Quero comentar!
  1. claudia disse:

      Não consegui ler nada por causa dessa porcaria de anuncio!!!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)