38 dúvidas sobre anticoncepcional respondidas por ginecologistas

38 dúvidas sobre anticoncepcional respondidas por ginecologistas

 

http://2.bp.blogspot.com/-sKV8lg1BQMM/USyYwfOsATI/AAAAAAAAHiA/pSdssVjuypA/s200/anticoncepcional.jpg

 
 
Ginecologistas esclarecem as principais dúvidas das leitoras sobre o método contraceptivo
 
Vai começar a tomar anticoncepcional, mas está com algumas dúvidas? Os ginecologistas Bárbara Murayama, Alfonso Massaguer e Domingos Mantelli esclarecem as 38 perguntas mais frequentes em relação ao método contraceptivo. Vale ressaltar que é indispensável procurar seu médico de confiança para que ele indique as melhores opções para você. Confira as respostas.
 
1 – Qual a melhor pílula para mim?
Bárbara: “Muitos fatores devem ser avaliados antes de escolher o melhor método anticoncepcional, desde antecedentes pessoais, como hipertensão arterial, tabagismo, até fatores como cólicas, inchaço”. Por isso, cada pessoa deve recorrer ao ginecologista para escolher o anticoncepcional e não tomar por conta própria.
 
2 – Quando iniciar uma cartela de pílula pela primeira vez?
Bárbara: “A pílula é uma medicação e como tal só deve ser tomada sob orientação médica. Em geral, iniciamos qualquer método na primeira fase do ciclo, quando a mulher menstrua, assim temos uma garantia que ela não está grávida”.
 
3 – A partir de que dia a pílula começa a fazer efeito?
Bárbara: “Pode haver variação entre as diferentes pílulas. O ideal é manter outro método até o início da segunda cartela, como o preservativo. Assim, também se previne contra DST”.
 
4 – Na pausa entre uma cartela e outra posso ter relações sem medo de engravidar?
Bárbara: “Se estiver tomando a medicação corretamente está protegida na pausa”.
 
5 – E se eu esquecer de tomar um dia?
Bárbara: “As pílulas devem ser tomadas sempre no mesmo horário. Caso haja esquecimento, deve tomar a pílula mesmo assim, mas é preciso manter outro método como preservativo até inicio da próxima cartela. Sempre leia a bula atentamente antes de iniciar. Cada uma tem um esquema em caso de esquecimento”.
 
6 – Quero atrasar ou adiantar minha menstruação; posso continuar a tomar a pílula sem parada?
Bárbara: “Isso pode até acontecer em algumas situações, mas é preciso orientação médica. Porque podem acontecer irregularidades da menstruação. Não se deve fazer isso sem conversar com sua ginecologista antes”.
 
7 – É verdade que é necessário parar a pílula de tempos em tempos para o organismo descansar?
Bárbara: “Não. Mas é preciso fazer acompanhamento médico a cada 6 meses, pois trata-se de medicação”.
 
8 – Se eu não tiver relações por um longo período, preciso continuar tomando pílula?
Bárbara: “Se o uso da pílula for somente para evitar gestações, a ginecologista pode sugerir que a paciente interrompa. Mas se houver outras funções, como auxílio no tratamento das cólicas, TPM, entre outros, pode ser mantido. Por isso o mais importante é manter visitas regulares a sua médica”.
 
9 – Pílula faz mal?
Bárbara: “É uma medicação, como todo remédio, tem efeitos colaterais, por isso deve ser usada com critério, sob indicação médica”.
 
10 – Pílula serve para tratar doenças ou só é para evitar gravidez?
Bárbara: “Sim. Pode ser usada no tratamento de endometriose, cólicas, TPM, entre outros problemas”.
 
11 – Esqueci de tomar a pílula, e agora? O que devo fazer?
Bárbara: “O ideal é tomar sempre no mesmo horário. Caso esqueça, entre em contato com sua médica e leia a bula da sua medicação”.
 
12 – O que é a pílula anticoncepcional? Do que ela é feita?
Alfonso: “É um comprimido que contém hormônios e que evita uma gravidez indesejada. Os hormônios usuais são estrogênio e progesterona”.
 
13 – Como funciona a pílula anticoncepcional?
Alfonso: “A principal função é inibir a ovulação, mas elas também dificultam uma gravidez por alterarem: o endométrio (local de implantação dos embriões no útero); trompas, dificultando a movimentação destas e portanto a comunicação entre espermatozóide e óvulo; muco cervical, dificultando a entrada dos espermatozóides no útero”.
 
14 – Faz mal usar a pílula anticoncepcional sem menstruação?
Alfonso: “Não faz mal se a paciente tiver um controle regular pelo seu ginecologista”.
 
15 – Quais as vantagens da pílula anticoncepcional sem estrogênio?
Alfonso: “Não há os potenciais riscos do estrogênio, que são doenças cardiovasculares (como trombose), aumento de pressão e redução na produção de leite”.
 
16 – Quais as vantagens e desvantagens do uso contínuo do anticoncepcional?
Alfonso: “As pílulas de progesterona são de uso contínuo, tendo como principal desvantagem o sangramento genital irregular e irregularidade menstrual”.
 
17 – O anticoncepcional pode ser usado durante a amamentação?
Alfonso: “Aqueles só com progesterona sim”.
 
18 – O anticoncepcional engorda mesmo ou isso é mito? Qual anticoncepcional não engorda?
Domingos: “Mito. Nenhum anticoncepcional engorda. O que pode ocorrer é alguns anticoncepcionais reterem mais líquido e com isso ocorre um inchaço. Mas dizer que engorda é mito. Já existe no mercado alguns anticoncepcionais com diuréticos em sua fórmula, o que diminui esse efeito colateral indesejado”.
 
19 – Qual pílula engorda mais ou tem mais efeitos colaterais?
Bárbara: “Hoje a maioria das pílulas tem doses baixas de hormônios, o que diminui efeitos colaterais como dor de cabeça, inchaço, enjoos, entre outros”.
 
20 – Anticoncepcional mancha a pele?
Domingos: “Depende. Alguns anticoncepcionais cuja dosagem de estrogênio é alta, podem levar a manchas de pele, principalmente na região da face, se exposta ao sol sem fotoproteção adequada”.
 
21 – Anticoncepcional é bom para crescimento de cabelo?
Domingos: “Alguns tipos de anticoncepcionais tem ação anti androgênica, o que faz melhorar a oleosidade dos cabelos e também diminui a sua queda. Mas não são todos que possuem essas propriedades”.
 
22 – Anticoncepcional pode causar varizes?
Domingos: “Em mulheres que já tem uma predisposição a varizes ou que apresentam uma insuficiência venosa prévia, o anticoncepcional pode agravar esse quadro e levar ao aparecimento de varizes”.
 
23 – O que são e para que servem os hormônios bio-idênticos?
Alfonso: “São hormônios idênticos aos produzidos no nosso organismo. Podem ser produzidos em laboratório ou não, mas a molécula é a mesma do produzido no nosso corpo”.
 
24 – Quais os principais benefícios do uso terapêutico da pílula anticoncepcional?
Alfonso: “São vários: redução de cistos ovarianos; redução de doença fibrocística e cistos mamários; redução do fluxo e cólica menstrual; redução de tumor de ovário e endométrio; controle de ovário policístico; regulação de ciclo menstrual. Em alguns casos pode ajudar a TPM, melhorar a pele e evitar gravidez indesejada”.
 
25 – Qual a idade mínima para iniciar o uso da pílula anticoncepcional?
Alfonso: “Não dizemos uma idade mínima. É possível o uso em qualquer mulher na idade reprodutiva (após a primeira menstruação)”.
 
26 – Posso tomar anticoncepcional antes de cirurgias, como por exemplo plásticas ou uma simples extração do dente do siso?
Alfonso: “Pode tomar, mas o ideal é parar o uso se for ficar imobilizada por longo período, pelo risco de trombose”.
 
27 – Se tomarmos contraceptivos por anos, quanto tempo demora para a fertilidade normalizar?
Domingos: “Geralmente no mês seguinte à parada do anticoncepcional, a mulher já tem sua fertilidade retomada. Pode ocorrer em algumas mulheres de levar um tempo um pouco maior para conseguir engravidar, mas essa não é a regra”.
 
28 – Queria saber, se tomando tudo certo, é um método 100% seguro?
Domingos: “Nenhum método contraceptivo é 100% seguro. Todos apresentam um índice de falha pequeno previsto. A eficácia gira em torno de 99%”.
 
29 – É normal a menstruação descer antes, mesmo tomando regularmente? Se isso acontecer, há o risco de o remédio não estar fazendo efeito?
Domingos: “Pode ocorrer uma irregularidade menstrual em algum momento do período em que esta usando o anticoncepcional, mas isso não quer dizer que ele não esteja fazendo efeito. A tendência é o ciclo voltar ao normal no mês seguinte. Se isso não ocorrer, procure o seu medico pois pode ser necessário mudar de anticoncepcional”.
 
30 – Quais os efeitos colaterais do AC para quem toma continuamente?
Domingos: “O anticoncepcional quando tomado sem a pausa, fará com que a mulher não menstrue, e ao mesmo tempo poderá deixar o ciclo também irregular, podendo ocorrer Spoting sangüíneo ( perda de sangue discreta e irregular) entre os ciclos. Os riscos de ter dores de cabeça e trombose também aumentam. Se a mulher não desejar menstruar mais, deverá procurar um método contraceptivo específico para esse fim, e não ficar tomando o anticoncepcional que deve fazer pausa, continuamente, pois poderá ser prejudicial”.
 
31 – A cartela ainda não acabou, mas ocorre um sangramento por dias. Devo interromper a pílula ou terminar a cartela?
Domingos: “O ideal é não interromper e terminar a cartela. A chance de tudo se normalizar no próximo ciclo é grande. Se parar de tomar, o sangramento pode até se agravar”.
 
32 – A pílula causa enxaquecas?
Domingos: “A dor de cabeça é um dos efeitos colaterais dos anticoncepcionais. Portanto, se a paciente já tinha crises de enxaqueca antes de começar a tomar a pílula, ela poderá se agravar. Caso contrario, apenas uma pequena porcentagem apresenta esse efeito colateral da pílula”.
 
33 – Antibiótico corta o efeito do anticoncepcional. Mito ou verdade?
Domingos: “Verdade. Algumas classes de antibióticos diminuem a eficácia das pílulas anticoncepcionais. Mas não são todos. O seu médico saberá orientar corretamente quanto ao uso e interações entre eles”.
 
34 – A pílula pode baixar a libido da mulher?
Domingos: “A queda da libido é um outro efeito colateral das pílulas anticoncepcionais. Mas também não é uma regra. Depende muito do tipo de anticoncepcional e da dosagem de hormônio que ele possui. Existem algumas mulheres que relatam até mesmo um aumento da libido com o uso de determinados anticoncepcionais”.
 
35 – Até qual idade a mulher pode tomar pílula anticoncepcional?
Alfonso: “Até a menopausa”.
 
36 – Faz mal tomar o mesmo anticoncepcional durante muito tempo?
Alfonso: “Não, se houver um controle ginecológico regular”.
 
37 – Tem problema tomar contínuo mesmo sem ainda não ter sido mãe?
Alfonso: “Não, não há problema”.
 
38 – A mistura de anticoncepcional e cigarro é mesmo perigosa?
Alfonso: “Sim, pois podem aumentar o risco de trombose. Mulheres que fumam e tenham mais de 35 anos não podem tomar pílula”.

Deixe seu Comentario!

Email (Não será publicado) (Obrigatório)