Aprenda a fazer a batata frita McDonald’s

http://img.ibxk.com.br/2015/01/22/22192343192331.jpg?w=1040Até recentemente, o pessoal do McDonald’s costumava guardar o maior segredo quando o assunto era revelar como seus produtos eram preparados. Contudo, parece que de a rede norte-americana resolveu por um ponto final nas lendas urbanas que rondam as suas cozinhas — como aquela de que os hambúrgueres seriam feitos de minhoca, lembra? —, pois já lançaram vários vídeos mostrando como diversos itens famosos do cardápio são feitos.

Agora, um novo vídeo (disponível apenas em inglês) explica de uma vez por todas como as batatinhas do McDonald’s são preparadas e quais são os ingredientes utilizados. No clipe, Grant Imahara — que fazia parte da equipe do programa “MithBusters” do Discovery Channel — vai até um dos centros de produção da rede de restaurantes e, bem, caça e derruba alguns mitos. E faz isso desconstruindo o processo! Assista:

Para que faça mais sentido, vamos explicar a jornada de Grant na sequência habitual, e não de “trás para frente” como ele faz no vídeo.

Conforme Grant conferiu pessoalmente, as batatas são de verdade e compradas de produtores locais, e são levadas ao centro de produção em caminhões especialmente acondicionados para o transporte. Além disso, o pessoal do McDonald’s explicou que, embora eles utilizem tubérculos de diversas variedades, a companhia não trabalha com batatas modificadas geneticamente.

Quando chegam ao centro de produção, os tubérculos são limpos e passam por uma espécie de canhão movido a água em alta pressão que empurra as batatas por um cortador a velocidades entre 100 e 115 quilômetros por hora, aproximadamente. Esse processo garante que todas as batatinhas tenham o mesmo formato.

Na próxima etapa, as batatas são mergulhadas em dextrose — um açúcar natural que ajuda a manter sua cor amarelinha e uniforme — e, depois, elas são tratadas com pirofosfato ácido sódio, uma substância que evita que as fritas fiquem acinzentadas antes de serem enviadas até os restaurantes. É graças a esse processo que todas as batatinhas têm o mesmo sabor, consistência e tonalidade.

Depois, as batatas são parcialmente fritas e, então, passam por um túnel de congelamento — com mais de 40 metros de comprimento —, e esse último passo faz com que elas mantenham aquela casquinha crocante por fora e fiquem macias por dentro depois de prontas. Agora, depois de ver como as batatas são preparadas, vai dizer que você não ficou com vontade de devorar uma porção!

Ufólogos acreditam que a NASA teria capturado imagens de OVNI próximo à Terra

http://img.ibxk.com.br//2015/01/22/22175752113150.jpg?w=1120&h=480&mode=cropImagine que você, sem nada melhor para fazer, decide acessar o canal da NASA e dar uma bisbilhotada no que está acontecendo na Estação Espacial Internacional. Então, de repente, você vê que surge um objeto cinza em cena que parece estar voando próximo à Terra. Aí, você se endireita para ver melhor o que é que apareceu na tela e… a agência espacial corta a transmissão!

Pois de acordo com o pessoal do portal Inquisitr, isso aconteceu no último dia 15 de janeiro, e ufólogos que acompanhavam o canal da NASA que transmite imagens em tempo real capturadas pela Estação Espacial Internacional acreditam que o tal objeto possa ser um OVNI. Assista ao vídeo a seguir:

O suposto objeto foi flagrado por uma câmera de alta definição montada no exterior da estação espacial, e o equipamento faz parte de um projeto da NASA de capturar as mais nítidas imagens do nosso planeta. Evidentemente, o vídeo está fazendo o maior sucesso em sites e canais de ufólogos mundo afora, e o fato de coincidentemente a transmissão ter sido cortada no momento em que o objeto entra em cena só alimenta as especulações.

Na verdade, notícias relacionadas com imagens como essa são bastante comuns e postadas quase diariamente. No entanto, a grande maioria das ocorrências tem fácil explicação, como partículas de poeira que ficam presas nas lentes das câmeras ou distorções provocadas por alguma fonte luminosa. Com respeito ao corte na transmissão em tempo real, esse também é um problema técnico bastante frequente.

No caso do suposto OVNI do vídeo, a agência espacial não ofereceu nenhuma explicação ainda, mas alguns céticos apontaram que o objeto pode se tratar simplesmente da Lua. E você, caro leitor, o que acha?